OS 5 PIORES TIPOS DE ALUNAS DE ACADEMIA

Matar série é feio e o professor não gosta. Se inspirar no Instagram também.

16256752
Foto: Getty Images

Com o fim das férias e do Carnaval, é hora de voltar à rotina: trabalho, aulas e, claro, academia. Todo o esforço pré-verão pode ter valido a pena, mas agora é preciso recomeçar os treinos para dizer adeus ao que foi herdado nos dias de folia e preparar o corpo para o resto do ano, até o próximo verão.

Basta uma conversa com as amigas para perceber que as academias têm ganhado mais frequentadoras a cada dia. Instrutores e alunos juntos em um ambiente propício para uma vida saudável. O que poderia atrapalhar este convívio?

Perguntamos ao personal trainer Guga Binotto, especialista em Fisiologia do Exercício e em Obesidade e Emagrecimento, quais os tipos de alunas que mais atrapalham e dificultam o bom andamento dos treinos. Confira o ranking, mas não se chateie com qualquer identificação, ok?

5º) As que nunca precisam de orientação:

Não gostam de receber nenhum tipo de auxilio e até evitam cruzar os olhos com os professores para não ter a possibilidade de iniciar uma conversa sobre seu treino. Algumas alunas exercem o mesmo treino por quase um ano apenas por gostar da sequência e se o professor insistir em explicar a importância de reajustar os exercícios, elas são capazes de trocar de academia.

4º) As que “matam” séries ou exercícios: 

Os professores passam horas elaborando uma periodização específica para a aluna, apresentam todo o planejamento e ela concorda com tudo o que esta na planilha. Já no primeiro treino, basta o preparador virar de costas que ela já começa a “matar” um exercício que não agradou ou pular uma série do outro porque demora muito… Todo o planejamento acaba descartado.

3º) As professoras:

Mesmo depois de fazer a avaliação física e do professor elaborar o plano de atividades, ela começa a querer substituir vários exercícios com justificativas muito “justas”:
Este eu não gosto“, “Não simpatizo com aquele“, “O santo não bate com o outro…“. O professor precisa explicar continuamente a importância de cada exercício selecionado e o quanto ele será fundamental para o objetivo final.

2º) As que praticam autossabotagem e culpam o treino: 

Este é o tipo mais comum das academias. Primeiro erro de quem vai começar a “malhar” é sempre o mesmo: pensar que, por estar treinando, pode comer mais, pois está gastando mais energia e calorias. Além disso, existem aquelas alunas que treinam e depois saem para um happy hour (só que todos os dias) para desestressar após um dia puxado de trabalho. Com algumas cervejinhas e petiscos, não há dieta que resista e nem treino que faça milagre!

Obs: Outras personagens muito comuns são as alunas que treinam super bem, cuidam da alimentação durante a semana e se dão o final de semana para matar os desejos. Para quem quer resultados eficientes, isso é muito tempo para comer porcarias. Quando fazem a reavaliação, as desculpas geralmente são as mesmas: “O treino não era correto pra mim”, “A série não era forte o bastante” ou “O professor não me puxou o suficiente“.

1º) Seguidoras de garotas fitness no Instagram: 

Atualmente esta é a classe de alunas que mais atormenta os professores. Olham todas (eu disse TODAS!) as postagens e dicas das blogueiras-praticantes-de-atividades-físicas e querem sempre adaptar este ou aquele exercício para o seu treino. Quanto mais mirabolante ou circense, maior é a vontade de fazer também.  Elas não precisam nem saber se o exercício é realmente seguro ou eficaz, desejam apenas porque a “fulana” faz.

Dica do Guga: Nem tudo o que é publicado por estas pessoas tem realmente uma comprovação científica de que funciona.  O legal seria seguir também pessoas da área para poder trocar ideias e ficar por dentro de quais são as novidades em relação aos treinos.

E mais!
Bateu a culpa? Use nossa calculadora e descubra que atividades fazer para queimar as calorias daquele brigadeiro que não estava na lista da dieta:

16256352

VENCEDOR DO PROJETO NEXT GENERATION APRESENTA COLEÇÃO NO PRÓXIMO DFI

Matéria anterior
16256740

RONALDO FRAGA EM ALTA: PALESTRANTE DO PRÓXIMO DONNA FASHION IGUATEMI GANHARÁ EXPOSIÇÃO EM LONDRES

Próxima Matéria