Coleiras de LED e outros acessórios ajudam a manter segurança do seu pet

Nada melhor do que soltar seu cachorro no gramado do parque e vê-lo correr livre e solto, não é? Mas se você morre de medo de perder o bichinho, alguns acessórios podem te ajudar deixar seu pet mais livre e, ao mesmo tempo, reduzir os riscos de perdê-lo.

  • Continua soberana e em primeiríssimo lugar, a boa e velha chapinha de identificação, com cores, modelos e tamanhos diversos. Não esqueça de colocar o código de área (DDD) do número de telefone. Na praia, por exemplo, há pessoas de diferentes regiões e estados. O valor do acessório costuma ser pequeno (entre 5 e 35 reais), e pode evitar, além da perda de seu mascote, o peso da culpa de ter poupado em algo tão eficaz para a imediata identificação do cão perdido. Basta um celular e seu pet pode ser devolvido minutos depois de seu desaparecimento.
  • Você também pode colocar um microchip em seu cachorro, mas vai precisar do bom senso de quem o encontrou para levá-lo até uma clínica veterinária e ter acesso ao seu cadastro. Nem todas as pessoas sabem que isso é possível.
  • Guias que brilham no escuro facilitam visualização de seu pet também para motoristas e ciclistas. Já está disponível no mercado a coleira de LED, uma luz vibrante que pode brilhar de forma pulsada ou constante no pescoço do animal. E não pense que isso o incomoda, porque a iluminação não atinge seus olhos. Conversando com seus amigos, você de longe vê as estrepolias de seu pet mesmo com pouca – ou nenhuma! – luz natural. O acessório tem cabo USB e a bateria dura muitas horas quando ligada.

Os produtos desse post foram indicados ao Animal Print pela Cobasi.

Leia mais
:: Em oito passos, aprenda a dar remédio para o seu pet sem (muito) sofrimento
:: Gato com cão, cão com hamster… Dicas para adaptar um animal de outra espécie na casa
:: Você sabia que seu pet pode ter pressão alta? Veja como descobrir