Férias sem mascote: os prós e contras de deixar seu cão ou gato na pet shop, na casa de amigos ou em hotéis

Férias sem mascote: os prós e contras de deixar seu cão ou gato na pet shop, na casa de amigos ou em hotéis

O fim deste mês de dezembro, para algumas pessoas, é carregado de tensão. Não bastassem todos os compromissos desta época do ano, começa também a contagem regressiva da tomada de decisão que atormenta boa parte dos proprietários de pets: onde deixar  o cão ou o gato nas férias?

A gente elenca os prós e contras de cada alternativas, caso você ainda não saiba a quem recorrer.

DEIXAR O PET EM CASA

Para quem consegue, é o mais sensato a fazer. O fato de o animal ficar na casa que já está habituado gera um estresse bem menor se comparado àquele em uma mudança de ambiente. O sucesso vai depender do temperamento do animal e do número de dias em que ele vai permanecer sozinho. Se houver uma empregada ou um caseiro responsável pela manutenção do lugar, tanto melhor para seu mascote, que manterá a rotina alimentar. Isso é particularmente importante para peixes e pássaros – e você terá alguém para socorrê-lo em caso de necessidade. Esse papel também pode ser exercido por um parente ou amigo que tenha disponibilidade de fazer uma visita diária. Não esqueça de deixar à mão o telefone de um veterinário para alguma emergência.

CASA DE PARENTES OU AMIGOS

Passar um período na casa de conhecidos pode ser interessante, ainda mais se tem o pet tem vínculos com essa pessoa. Porém, cuidado: por mais boa vontade que tenha seu amigo, a casa dele pode não estar preparada para receber um pet, podendo o animal fugir, voar ou cair de uma sacada. Seu amigo também pode ter seu próprio animal de estimação que, não raro, considere o hóspede como intruso, podendo partir para o ataque.

adorable-1866530

PET SHOP CONHECIDA

Se o seu mascote já passou uma noite nas instalações da pet shop em que costuma tomar banho, estender essa experiência por mais alguns dias pode ser outra alternativa para quem vai sair de férias. Esses locais costumam ser bem adaptados aos pets. Porém, na época do verão, os locais costumam ficar mais cheios, então a atenção exclusiva fica prejudicada. Além disso, seu pet pode ficar estressado na presença de outros bichinhos. Essas animosidades entre os animais precisam ser consideradas na hora de colocá-los em diferentes espaços do estabelecimento, que também deverá ter um rígido controle de ectoparasitas.

DOG HERO – HOSPEDAGEM DOMICILIAR PARA CACHORRO

A plataforma digital para você encontrar uma família temporária para seu bichinho já salvou muita gente. Por meio do site, você escolhe a pessoa que vai ficar com seu mascote. O inconveniente é que no primeiro contato não existe uma experiência prévia para o proprietário se sentir mais seguro em deixar seu bichinho com alguém que acaba de conhecer.

dachshund-1519374

HOTÉIS

Insegurança também bate na consciência quando a opção eleita é um hotel para animais, local nunca antes visitado em que pessoas desconhecidas terão a responsabilidade de cuidar de seu mascote. Alguns hotéis investiram forte no bem-estar de seus hóspedes, que têm direito a passeios, exercícios e até banho de ofurô. Se seu mascote tem uma vida mais reclusa, porém, as atividades podem não se mostrar muito atraentes. Mas há quem adore, em especial cães mais jovens e ativos. É importante conhecer o local antes de deixar seu pet, o que nem sempre é possível em função da distância dos estabelecimentos, inviabilidade que deixa os proprietários inseguros. A indicação de um amigo é uma dica valiosa nessa hora. Há hotéis que disponibilizam câmeras para você ver por onde anda seu pet. Esses locais costumam ter convênio com clínicas veterinárias (o que é bom para a saúde dos hóspedes) e exigir, dias antes do check in, uma série de vacinas e tratamentos para ectoparasitas. Desconfie do hotel que não der atenção a esses procedimentos.

dogs-1615935

Fique ligada!

Qualquer que seja a decisão, lembre-se de que seu pet não estará livre de ficar doente no período de sua ausência, seja pela saudade, seja pelo local estranho que por si só traz desconfiança aos animais. A alteração na rotina pode, por exemplo, fazer com que seu animal retenha a urina por mais tempo, desencadeando uma infecção urinária. Outros perdem o apetite por dias, comportamento que terá reflexo direto no peso e na pelagem de seu mascote.

Leia também
:: Veja dicas para acostumar seu pet a ficar sozinho em casa
:: Faça você mesma: dar banho no seu mascote em casa pode ser divertido

PeTinder? 8 aplicativos para quem ama bichinhos de estimação

PeTinder? 8 aplicativos para quem ama bichinhos de estimação

Se os pets ocupam cada vez mais espaço na vida das pessoas, por que não fariam o mesmo nos dispositivos móveis?

Separamos alguns aplicativos que podem ajudar – e muito! – a vida de quem tem pet em casa. Vem ver:

1. Perfect Dog 

Funciona como uma enciclopédia de cães para ajudar a escolher o melhor companheiro: são mais de 2 mil fotos e informações de 350 raças.  A busca é feita a partir de um perfil pré- definido pelo futuro dono.

Gratuito, iOS e Android.

:: De pugs fofos a capivaras: 12 perfis de pets que têm conta própria no Instagram
:: Especialista Alexandre Rossi ensina como adestrar seu pet em casa

2. Barkcam

Conhecido como o “Instagram para cachorros”, ajuda os donos a registrarem boas poses de seus bichinhos.
Para isso, o aplicativo emite um som para chamar a atenção do pet para que olhe diretamente para a câmera.

Gratuito, iOS.

3. Pet phone

Ajuda a organizar a vida do seu bichinho: é possível anotar vacinas, medicações, lista de alergias e regras de alimentação.  O dono pode criar uma ficha completa do histórico do animal.

US$ 2,99, iOS.

url

5. BarkBuddy

Cadastra bichinhos para adoção: filtre sua busca por local, idade, sexo ou comportamento e navegue pelas fotos dos animais, clicando no coração quando curtir ou no xis para passar ao próximo.  Ao achar um para adotar, contate diretamente o abrigo.

Gratuito, iOS.

Mais no blog Animal Print
:: Como identificar e o que fazer quando seu pet sofre uma fratura ou luxação

:: Por que a atenção à saúde dos pets deve ser redobrada no inverno
:: Como escolher a ração ideal para o seu pet

6. DogsApp

Desenvolvido por uma empresa carioca, foi lançado em 2014 como uma rede de amizades que tem cães como elos.
Também oferece serviços e produtos geolocalizados, com informações sobre pet shops, clínicas e hotéis.

Gratuito, iOS e Android.

6a00d8341bf67c53ef01901df07968970b

6. PeTinder

Versão canina do app de paquera Tinder, busca pets a até 100km de distância em uma seleção de imagens.  Se o interesse for recíproco, os donos podem interagir.

Gratuito, iOS e Android.

7. Dog Dater

Divulga no perfil do bichinho se ele está disponível para adoção, cruzamento ou venda.  Dá para criar vários perfis e achar animais em todo Brasil.

Gratuito, iOS.

dog_with_Ipad_blog

8. Klooff

Fotos de cães, gatos e pássaros para curtir e comentar: veja os pets mais populares do dia e os mais famosos.  Na opção “ Featured”, há categorias divertidas como “ hipsters” e “ fanáticos por futebol”.

Gratuito, iOS e Android.