10 cuidados para ter com os pés no verão

Uso de calçados abertos e cremes hidratantes são alguns dos aliados para a estação

Foto: Pexels, reprodução
Foto: Pexels, reprodução

Assim como o corpo, os pés também precisam de cuidado no verão, e não pense que as opções são apenas hidratação e protetor solar. Por estarem mais expostos devido ao calor, os pés ficam suscetíveis ao ressecamento, a rachaduras e micoses, por exemplo. Com as altas temperaturas, eles ainda sofrem com o suor excessivo, que pode provocar odores.

– Muitos casos desagradáveis podem ser resolvidos em casa, com medidas simples. Manter os pés sempre limpos, secos e bem hidratados, por exemplo, é essencial – explica a Giordana Vargas, médica do Centro Clínico Gaúcho.

Foto: Pexels, reprodução

Foto: Pexels, reprodução

Confira dicas de Giordana para manter os pés saudáveis no verão: 

1 – Use sapatos arejados, pois os mais fechados aumentam o calor e a umidade local. Opte por chinelos e sandálias, mas se for necessário o uso de sapatos fechados, escolha tênis de tecidos e evite os sapatos de plástico ou vinil.

2 – Os calçados devem ser alternados, evitando o uso contínuo. Recomenda-se aguardar pelo menos 24 horas antes de calçá-los novamente. Colocar os sapatos para arejar em local ventilado e iluminado ajuda.

3 – A recomendação é lavar todo o pé com sabão, especialmente entre os dedos. E não se esqueça de secar com uma toalha, dando atenção para a região entre dedos.

4 – Não é recomendado lixar os pés, pois a pele “entende” que está sendo agredida e acaba espessando-se mais em busca de proteção. Cremes são mais indicados para afinar as partes com calosidades dos pés.

5 – Hidratantes comuns nem sempre são suficientes. É importante atentar para as opções com substâncias de poder umectante maior, como ureia, D-pantenol, glicerina e lactato de amônia.

Pxabay, Divulgação

Foto: Pixabay, reprodução

6 – O uso de antitranspirantes e antissépticos específicos para os pés são recomendados com a finalidade de amenizar o suor excessivo e o odor.

7 – De comum contato no verão, o cloro das piscinas pode provocar irritação cutânea, coceira e intenso ressecamento da pele. Depois do mergulho, é recomendado um banho de chuveiro e hidratação completa.

8 – Na praia, o contato com a areia deve ser cauteloso, pois pode estar contaminada por lixo, esgoto ou fezes de animais. Doenças de pele podem ser transmitidas no local, como as micoses, bicho de pé e bicho geográfico.

9 – Já a água do mar, quando não poluída, pode beneficiar a pele, uma vez que possui propriedades antissépticas, antibióticas, hidratantes, esfoliantes e nutritivas.

10 – Alguns problemas mais graves precisam de investigação. Se você perceber fungos nas unhas, frieiras, micoses, calosidades, suor excessivo ou espessamento excessivo da planta dos pés, é indicado procurar um médico.

Leia outras dicas de cuidados no verão
:: Antes de pisar na areia: um guia de cuidados para deixar os pés prontos para o verão
:: Guia básico de cuidados da cabeça aos pés para enfrentar o calor numa boa
:: Uma em cada dez mulheres tem dor durante a relação sexual, afirma pesquisa

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna