8 hábitos que aceleram o envelhecimento da pele

Não existe mulher que não se preocupe com a aparência da pele. E, com o passar do tempo, os cuidados com a saúde da cútis devem ser ainda mais intensos. Rugas, linhas de expressão, flacidez e falta de luminosidade tornam-se os principais inimigos da pele com o chegar da idade. Mas de nada adianta gastar tubos de cremes de beleza e muito dinheiro em tratamentos estéticos se você não mudar alguns hábitos.

Cigarro, estresse e açúcar demais estão no topo da lista de hábitos que causam o envelhecimento precoce da pele, por exemplo. A seguir, a biomédica esteta Natalie Lucasech lista outros maus hábitos que favorecem o envelhecimento precoce.

1 – Cigarro

A constante absorção de nicotina prejudica a circulação do sangue na pele, tornando-a ressecada e sem a umidade natural produzida pelo organismo.

2 – Estresse

Quando o estresse se torna crônico, tem repercussões biológicas que afetam a pele, acelerando visivelmente seu envelhecimento: pele com menos brilho, mais fina, com menos elasticidade e com o aparecimento de linhas finas, rugas e manchas de idade, flacidez. Outro dano colateral é a redução da quantidade de colágeno produzida pelo corpo, o que faz a pele perder sua elasticidade.

3 – Exposição excessiva ao sol

O sol é importante para a saúde, pois a partir dele o corpo pode obter a vitamina D, essencial a muitas funções do organismo. Entretanto, a exposição solar exagerada e sem proteção, ao longo da vida, pode aumentar os riscos de manchas e câncer de pele.

4 – Produtos inadequados

Usar produtos inadequados para seu tipo de pele ou produtos corporais na face pode, muitas vezes, prejudicar a região.

– Isso acontece porque algumas formulações são muito agressivas, alteram o pH natural, ressecam a pele ou o contrário, estimulam a oleosidade do local, obstruindo poros e causando manchas, acne e até descamação – explica Natalie Lucasech.

5 – Dormir pouco

Durante o período de sono, nosso organismo realiza funções importantíssimas com consequências diretas à saúde.

– O sono fortalece o sistema imunológico, libera a secreção de hormônios, como o de crescimento e insulina, consolida a memória, deixa a pele mais bonita e saudável, além relaxar e descansar a musculatura – comenta a biomédica.

6 – Não tirar a maquiagem

Se a limpeza da pele no fim do dia não for bem feita, removendo totalmente a maquiagem, os resíduos vão obstruir os poros e impedir que o tecido fique oxigenado. Sem poder respirar, a pele fica oleosa e sem vida. Podem ainda surgir ainda cravos e espinhas.

7 – Má alimentação

Para a especialista, a alimentação é essencial na hora de cuidar da pele.

– Alimentos ricos em nutrientes como selênio, licopeno, flavonoides, vitaminas A, C, E e coenzima Q10 reduzem os radicais livres e atuam na produção de colágeno e elastina. Na falta desses antioxidantes e da hidratação adequada, a pele fica mais flácida e as marcas surgem.

8 – Álcool em excesso

Ninguém precisa evitar aquela taça de vinho durante o jantar, já que ele contém uma importante ação antioxidante. Porém, vale ressaltar que o excesso de bebidas alcoólicas barra a absorção de vários nutrientes e provoca o aumento dos terríveis radicais livres.

Leia também
:: 10 resoluções de make e pele para cuidar da sua beleza em 2017
:: Aprenda a fazer seis receitas de máscaras para pele com ingredientes caseiros

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna