Aprenda seis truques para a chapinha perfeita

Evite os erros mais comuns - e prejudiciais - na hora de alisar os cabelos

Foto: Stock Photos

Faz chapinha com frequência e não quer estragar o fios? Donna traz dicas de profissionais para obter melhores resultados e minimizar os danos:

Não aqueça demais: Temperatura alta não significa resultados melhores. Regule o termostato para um temperatura média a fim de preservar os fios – acredite, com o tempo você vai sentir os resultados.

Proteja os fios: Protetores térmicos também são fortes aliados na luta contra o ressecamento causado pela chapinha. Procure um produto sem fixador, específico para o alisamento, para proteger os fios e obter um resultado mais natural.

Não abuse da chapinha: Antes de usar o aparelho, alise o cabelo o máximo que puder, esticando as mechas com a escova. Só então use a chapinha, fazendo movimentos contínuos. Não segure no alto das mechas para evitar linhas horizontais.

Dê movimento: Se você alisar os fios na vertical, eles ficam espetados e não parecem naturais. O ideal é fazer o movimento em formato de “C”, dando um pouco de volume e movimento às mechas.

Seque o cabelo antes: Chiados e vapor não são um bom sinal. Certifique-se de estar com o cabelo totalmente seco antes de usar a chapinha, a fim de evitar maiores estragos.

Escolha uma chapinha estreita: Mais fáceis de manusear, os aparelhos estreitos possibilitam maior controle e chegam com mais facilidade na região da raiz dos fios, onde o cabelo tende a ser mais cacheado.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna