Cada cabeça, um xampu! Hairstylist ajuda a escolher o produto certo

Houve um tempo em que se acreditava que qualquer xampu era bom o bastante e que o importante mesmo era usar o condicionador certo. Hoje, basta uma olhadela na quantidade de oferta de xampu nas prateleiras para descobrir que essa visão está ultrapassada. A variedade de produtos para lavar os cabelos é tão grande que uma simples decisão sobre que linha usar pode se tornar complexa.

O hair stylist Sheron Delcroix, de Florianópolis, afirma que vale ocupar uns minutos lendo as indicações que cada xampu traz na embalagem. É garantia de fios hidratados, sem aspecto oleoso ou seco, valorizando o que as melenas têm de bom e ou amenizando fragilidades.

Veja as dicas do cabeleireiro e surpreenda-se com as variáveis que você deve observar antes de decidir que xampu usar.

Raiz oleosa e pontas secas

O xampu precisa combinar as duas características.

– Se usar xampu para cabelos oleosos, vai ressecar as pontas. E se usar um para cabelos secos, não vai conseguir limpar bem o couro cabeludo, o que pode causar caspa e seborreia – orienta o cabeleireiro.

Cabelos oleosos curtos ou médios devem ser lavados com produto para cabelos oleosos. Mas, se o cabelo oleoso é longo, o produto certo é para raiz oleosa e pontas sensibilizadas. Dica importante: o couro cabeludo de fios oleosos não deve ser muito massageado. A massagem ativa as glândulas sebáceas e deixa o cabelo ainda mais oleoso.

Cabelo com mechas

Pode ser tratado com um produto para couro cabeludo oleosos na raiz e outro xampu nas pontas, para nutrição dos fios. Dica importante: nunca use xampu para cabelos pintados, pois é o procedimento químico contrário (o cabelo pintado é colorido, o fio com mecha é descolorido)

– O xampu para cabelos com mechas vai tratar e fechar as escamas e dar luminosidade para a fibra – explica Sheron.

Expostos ao sol

O xampu ideal tem de conter filtro solar e indicação de nutrição intensiva.

Pessoas acima de 40 anos

Produtos à base de polímero, que ajuda a repor a matéria-prima do cabelo (que a alimentação não consegue mais suprir).

Cabelo ondulado

Xampu de alta nutrição, pois os fios são naturalmente secos.

Caspa seca X caspa oleosa

A caspa seca cai sobre os ombros. A oleosa forma um sebo no couro cabeludo. O xampu deve indicar especificamente para que tipo de caspa é indicado.

Cabelos pintados

Produto antioxidante e com vitamina E, que ajuda na hidratação e manutenção da cor.

Cabelo danificado

Este fio teve a estrutura rompida. Para resolver, o xampu tem de tratar as três camadas do fio. Você percebe que a estrutura do fio está rompida quando o cabelo quebra facilmente e está opaco.

Fios secos

Xampu à base de óleos para lubrificar o couro cabeludo e a fibra capilar.

Anti-queda

Xampu à base de aminexil ajuda, pois irriga o couro cabeludo e leva mais oxigênio para o bulbo capilar.

– É importante também cuidar da alimentação, evitar água muito quente – diz o cabeleireiro, ao acrescentar que o enxágue mal feito e o uso de condicionador próximo à raiz contribuir tanto para a queda quanto para a proliferação da caspa.

Leia mais
Comente

Hot no Donna