Como escolher a máscara facial ideal para a sua pele

A máscara deve ser escolhida de acordo com o tipo de pele e o benefício que você deseja alcançar

Foto: Lisette Guerra

De uma hidratação simples a efeito firmador: as máscaras faciais são um recurso poderoso para renovar a beleza da pele e podem ser aplicadas em casa, sem ajuda profissional. É preciso, no entanto, ter cuidado na hora de escolher o produto que será utilizado. Paschoal Rossetti Filho, especialista em cosmetologia, dá dicas para quem procura máscaras para resolver um problema específico.

Hidratação: se a pele estiver muito seca, procure máscaras que renovem sua hidratação. As ideais são as que contêm ácido hialurônico ou cristais de oliva.

Limpeza: para remover impurezas escolha máscaras de argila e ácidos específicos, como gluconolactona, lático e glicólico.

Anti-idade: se o objetivo for retardar o envelhecimento, procure máscaras com peptídeos, proteínas e aminoácidos.

Clareamento: para clarear manchas a máscara precisa oferecer Vitamina C ou alguns ácidos específicos como o mandélico.

Caso você queira escolher uma máscara de acordo com seu tipo de pele, leve em conta a composição

Peles seca: máscara de argila branca com alta concentração de silício, enriquecida com glicerina, glicóis e lactato de amônio, que tem grande capacidade de retenção da umidade sobre a pele.

Pele com acne: o mais indicado é uma máscara secativa com ácido salicílico.

Todos os tipos de pele: máscaras nutritivas, formuladas a partir de vitaminas E, C e complexo B, além de peptídeos, óleo de canola e de girassol.

Leia mais
Comente

Hot no Donna