Com tecnologia fusion effect, nova linha de make ganha cores diferentes quando aplicada na pele

Conheça a nova coleção da Make B. d'O Boticário, intitulada "Tropical Colors"

Os termômetros podem indicar que o inverno ainda não acabou, mas, para a indústria da moda e beleza, o verão 2015 é a estação do momento.

Em uma megaestrutura montada dentro do Auditório Ibirapuera, em São Paulo, O Boticário apresentou, na noite desta quarta-feira, a novíssima coleção de maquiagens da linha Make B. Intitulada Tropical Colors e desenvolvida com o top maquiador Fernando Torquatto, os 21 produtos exploram um universo de exuberância e exotismo inspirado nas florestas brasileiras – corres terrosas versus cores ácidas, animal print versus efeitos metálicos, e por aí vai.

Os batons e esmaltes seguem a linha flúor-pastel – rosa, laranja, lilás -, enquanto pincéis de maquiagem ganham estampa de zebra (e surgem até adesivos para as unhas com o mesmo tema). A grande novidade fica por conta da tecnologia fusion effect, presente nas sombras da coleção: através de uma mescla de pigmentos, ela permite que uma mesma sombra tenha cores diferentes quando aplicada na pele, dependendo do ângulo que se enxerga.

O desfile, realizado por Paulo Borges – ninguém menos que o idealizador da São Paulo Fashion Week – re-criava uma floresta tropical lúdica, glamorosa, bucólica e rica em detalhes preciosos. Ao invés de colocada no chão, a passarela ficava em meio a duas longas e requintadas mesas de jantar (com direito a taças, louças e plantas espalhadas por toda a parte), criando uma atmosfera que encantava até o coração mais gelado.

:: Erros e acertos: Torquatto responde as principais dúvidas de make

O styling das modelos acompanhava o clima da coleção: collants e macacões justérrimos e transparentes transformavam-nas em verdadeiras rainhas da selva, com direito a performance, caras e bocas.

Se foi fácil enxergar as maquiagens nas modelos? Não muito. Se uma paleta tão colorida vai fazer sucesso na vida real (considerando a influência cada vez maior do minimalismo e do normcore)? Só o futuro dirá. Mas que o que vimos por lá foi um desfile-espetáculo, foi.

Leia mais
Comente

Hot no Donna