Contorno ou strobing? Os prós e contras de cada uma das técnicas de make para afinar o rosto

Assim como na moda, que de seis em seis meses renova nas passarelas o que será visto nas ruas, o mundo da maquiagem também aposta em novidades a cada temporada. Mas há uma técnica que vem se mantendo entre as mais pedidas nos salões de beleza e, claro, nas buscas pela internet: afinal, como fazer o tal contorno? Após tempos de reinado absoluto, uma nova mania entre as viciadas em pincéis surge para ameaçar o trono. Trata-se do strobing, técnica que, ao contrário do contorno que escurece traços do rosto para afiná-los , ilumina os pontos a que se quer dar destaque.

Parecem opostos? Talvez, mas, para a maquiadora Taís Andrade, que assina um blog de beleza no nosso site, as duas podem até ser aplicadas em conjunto.

— Tenho minhas dúvidas se o contorno será deixado de lado por conta do strobing, até porque acho uma técnica um pouco controversa. Por conta da luminosidade em excesso, quem tem pele oleosa pode não gostar, por exemplo, justamente porque ele salienta mais a luz na pele. Já quem tem pele madura e seca vai aproveitar muito mais — opina.

Tutoriais de make!
:: Como deixar a pele impecável em menos de 10 minutos
:: Passo a passo clássico para destacar os olhos

Para a maquiadora paulista Renata Almeida, o strobing chega, na verdade, com a missão de deixar a maquiagem menos pesada e a pele com uma aparência mais viçosa e saudável:

— O contorno não desaparece, mas vem mais suave, sem aquela marcação forte à la Kardashian, pois quem vai fazer o papel de destaque será o iluminador, mais no estilo Gisele Bündchen — explica.

Veja também
:: Como a rainha dos tutoriais de make Julia Petit transformou sua identidade em marca de sucesso

Para ajudar a definir qual técnica tem mais a ver com o que você busca salientar no make, Donna preparou um guia com a ajuda das profissionais. Vem ver:

contorno

Popularizado pela socialite Kim Kardashian e adorado por quem quer afinar traços do rosto, o contorno consiste em fazer um jogo de sombras com tons escuros e opacos. Ele ainda ajuda a deixar a face mais angulosa e a definir pontos que você quer destacar, como o maxilar.

Para quem quer testar em casa, a técnica pode ser copiada com base, sombra ou pó bronzeador – sempre em um ou dois tons de marrom mais escuros do que a sua pele.

— Nada de usar bronzers luminosos! Para dar certo, o produto precisa ser matte, com acabamento sem brilho — ensina Taís.

:: #DonnaIndica: 13 opções para manter os lábios hidratados no inverno
:: 4 truques para fazer o batom durar mais na boca

maxresdefault

Como fazer

1. Com a pele hidratada e limpa, comece o processo aplicando um primer na chamada zona T (têmporas, testa e nariz). Depois, use a base de sua preferência e termine de uniformizar a pele com corretivo na área dos olhos – a dica é aplicar em formato de triângulo, das olheiras até as bochechas, para evitar o temido efeito panda.

2. Escolha uma base mais clara que sua pele e aplique em pontos estratégicos que você deseja iluminar: centro da testa, linha do nariz, queixo e têmporas.

3. Agora, é a vez de contornar! Comece aplicando o produto mais escuro próximo à raiz dos cabelos, nas laterais do rosto e do nariz, se o seu intuito for afiná-lo – e sempre com movimento de cima para baixo. Para as bochechas, a dica de Taís é traçar uma linha imaginária que vai do topo da orelha até o canto da boca, entre o maxilar e a mandíbula, com um pincel fofo e que tenha a ponta mais chata. Esfume bem para não deixar nada marcado.

4. Para garantir que o make não fique tão pesado, o truque é esfumar bem, de preferência com movimentos circulares. Faça primeiro a testa, depois o nariz e termine nas bochechas.

5. Para finalizar, arremate com iluminador leve nas têmporas e blush rosado para dar um pouco de luz e cor à pele. Atenção às sobrancelhas: limpe o excesso de base e realce-as, se assim achar necessário. Depois, é só complementar os olhos com algumas camadas de máscara para cílios e escolher o batom de sua preferência.

:: Passo a passo! Taís te ensina a fazer o contorno em casa

 

strobing

Lembra da luz estroboscóbica, aquela iluminação de balada que pisca freneticamente, quase como um flash? Foi exatamente daí que veio o nome strobing, técnica de make que visa iluminar pontos estratégicos do rosto. Há quem diga até que é um contorno “ao contrário” _ ao invés de escurecer o que se quer disfarçar, o strobing ilumina o que se quer destacar. E o que tem de tão diferente do iluminador, afinal?

— O strobing não traz nenhuma novidade, na verdade. É mais uma tendência de make, que vem e volta como na moda — explica a maquiadora Taís Andrade.

Leia mais:
:: 6 erros de maquiagem que fazem você parecer mais velha
:: 5 truques de maquiagem para deixar os olhos mais expressivos

Como o recurso é baseado em dar mais luz à pele e definir de um jeito mais suave do que o contorno, é preciso ter cuidado se a sua cútis for mista ou oleosa: quanto mais produto, mais brilho no fim do dia.

— O recomendável é que se evite aplicar muito produto em regiões que costumam ser mais oleosas, como testa, nariz e queixo — sugere Renata Almeida.

Já quem tem pele seca pode se beneficiar ainda mais do strobing e garantir uma pele mais iluminada e viçosa.

— Minha dica é misturar gotinhas de iluminador líquido na base e aplicar no rosto, criando uma linda luminosidade em toda a face — ensina a beauty artist.

gisele3

Como fazer

1. Como a base para o strobing é uma pele com ar saudável, comece o make com um bom hidratante e, depois, um primer iluminador. Continue com a base e o corretivo que você preferir.

2. Não esqueça de aplicar uma camada de pó, principalmente nos olhos, para que os produtos não escorram. A dica é apostar no translúcido, que não deixa a pele pesada.

3. Hora de adicionar brilho! Aplique o iluminador nos cantos internos dos olhos e acima da sobrancelha, bem de leve. Depois, nas têmporas, acima dos lábios, queixo e nas maçãs do rosto, logo acima do blush. Não esqueça também de aplicar na “ponte” do nariz e no centro da testa.

4. Para quem ama pó bronzeador, ele pode aparecer de leve no make – antes das técnicas de iluminação! -, para aquecer um pouco o rosto.

5. Finalize com blush, de preferência em tom pêssego. Aplique de leve e esfume bem, para que não destoe do iluminador.

Use se você: quer destacar pontos de que gosta do rosto e adora make com cara de saudável.
Fique esperta! Como a técnica tem base em iluminador, é fácil errar a mão e acabar com o rosto brilhando demais. Vá definindo os pontos a serem destacados aos poucos – não é necessário aplicar o produto em todos os pontos que citamos.

:: Para brilhar! Como fazer strobing

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna