De que forma podemos nos livrar da celulite?

Após 17 anos de estudo sobre o tema, a dermatologista Doris Hexsel apresenta "Anticelulite"

Foto: Ver Descrição

Perguntaram a uma mulher: o que é melhor do que ser bem-sucedida, charmosa ou milionária? A reposta foi: Ser magra. Seguiram: Há algo melhor do que achar o homem da sua vida ou do que ser feliz? E a resposta continuou a mesma: Ser magra. Perguntaram, então, se havia algo mais importante do que ser magra. Ela respondeu: Não ter celulite.

Antes e depois do ketchup, por David Coimbra

Brincadeiras à parte, o episódio acima foi contado pela médica gaúcha Doris Hexsel para confirmar que atualmente a celulite é o mal estético que mais preocupa as mulheres. Após 17 anos de estudos sobre o tema, a dermatologista se reuniu a outros 10 profissionais para lançar o livro Anticelulite, que aborda o problema desde a origem e mostra formas de prevenir e tratamentos para os “buraquinhos” que tanto incomodam quando chega a hora de colocar o biquíni.

? A ideia de escrever este livro surgiu porque sentimos falta de uma fonte de informação confiável, atualizada e completa sobre este problema tão frequente ? explica Doris. ? Há muita informação publicada sobre celulite, o que não quer dizer que não sejam informações confiáveis, mas estão em lugares diferentes, como revistas, sites, blogs. O livro reúne dados médicos embasados cientificamente.

Para Doris, a celulite vem aumentando consideravelmente com o passar das gerações por causa de hábitos como o uso de hormônios e o consumo de produtos industrializados, com altos teores de açúcares e gorduras.

Segundo ela, é comprovado que as mulheres de antigamente não sofriam tanto desse mal como as jovens de atualmente. Mas alerta: dietas relâmpagos ou da moda não ajudam em nada e podem até piorar a situação.

? Perdas de peso rápidas e significativas conseguem remover gordura de áreas de depósito, melhorando a celulite. Mas essas dietas devem ser evitadas, pois não têm o cuidado de manter os nutrientes necessários ao organismo ou a preocupação em manter o peso estável. O que acontece, quase sempre, é a recuperação do peso e, com isso, o reaparecimento ou piora da celulite, bem como das gorduras localizadas.

O ideal é programar uma visita à dermatologista para avaliar qual a causa da celulite e o melhor tratamento. Se o fato que mais contribui para o aparecimento da celulite em uma determinada paciente é a flacidez, por exemplo, deve-se focar na firmeza da pele.

Já para o caso de uma paciente que apresenta celulite em decorrência de sobrepeso, o tratamento mais adequado provavelmente será aquele que vise mobilizar a gordura localizada.

Há más notícias para aqueles que fogem da academia e não abrem mão das guloseimas: a médica afirma que não há progresso do tratamento sem a ajuda dos exercícios físicos e de uma dieta balanceada.

? A alimentação saudável e a prática de exercícios físicos são recomendações universais para uma boa saúde e, é claro, também para estabilizar e melhorar a celulite. A dieta, mesmo que difícil de ser seguida por muitas mulheres, tem relação direta com a celulite.

Outro dado interessante citado por ela é o fato de que o que mais preocupa as mulheres na hora de deixar o corpo à mostra não é o que o parceiro ou os homens vão achar, mas o convívio social e a opinião de outras mulheres.

A celulite está diretamente relacionada com a baixa autoestima e com a má qualidade de vida de quem não consegue se sentir bem e assumir o corpo. Doris explica que o que falta é persistência nos tratamentos e brinca ao dizer que ela mesmo representa as mulheres nessa batalha diária:

? Eu falo sério ao dizer que, por muitos anos, consegui me manter sem celulite. Mas era esperado que essa condição aparecesse. Luto contra a celulite, me submeto aos tratamentos que tenho indicação, procuro seguir uma dieta saudável e fazer exercícios físicos regulares, apesar do universo conspirar contra. Sou persistente. Permanecerei nesta luta, em causa própria e de todas as mulheres.

Mitos que cercam a celulite contestados por Doris Hexsel

* não é o gás do refrigerante que causa celulite, e sim a grande a quantidade de açúcar. O ideal é substituir as versões normais por light ou zero.

* não é verdade que roupas muito justas causem celulite. Apenas dificultam o retorno venoso e podem deixar os buraquinhos mais à mostra. Já as meias elásticas podem contribuir como prevenção, já que auxiliam na circulação, e ainda funcionam da mesma forma que o sutiã para os seios, deixando as pernas mais bonitas.

* a gelatina não reduz a celulite, assim como não firma a pele. Não existe nenhum estudo científico que comprove essa tese.

Leia mais
Comente

Hot no Donna