Em pó, óleo ou lenços umedecidos: perfumes de grandes marcas ganham versões alternativas

*Gazeta do Povo, especial

Para muitas pessoas, o momento de passar perfume é quase uma cerimônia: a escolha do frasco, a mira do borrifador no pescoço e nos pulsos. Ou nada disso. Grandes marcas da perfumaria têm investido, cada vez mais, em métodos alternativos de aplicar fragrâncias que não o tradicional spray à base de álcool. Perfumes em óleo, em pó e até em lenços umedecidos estão ganhando espaço nas prateleiras. Para Cesar Veiga, especialista em perfumaria do Núcleo de Inteligência Olfativa do Boticário, esses movimentos do mercado representam a procura do consumidor por novidades e diferentes experiências olfativas.

– Essas opções são interessantes, mas a perfumaria tradicional não vai acabar, são apenas complementares.

Ele destaca, ainda, que alguns produtos, como as versões em óleo, na verdade não são tão inéditas:

– Existe uma tendência de retomar historicamente os perfumes concentrados em óleo, que já eram utilizados pelos gregos, romanos e egípcios.

Perfume em óleo

A americana Urban Decay lançou, recentemente, o Go Naked, um perfume em óleo com notas de bergamota italiana, flor de laranjeira e lavanda. O produto é edição limitada, tem 5ml e sai por US$ 24 na Sephora. Na mesma pegada, Georgio Armani produziu uma versão ultraconcentrada em óleo do eau de parfum Sì. Entre as marcas nacionais, o Boticário também produz versões oleosas de seus perfumes, como o óleo desodorante corporal da fragrância Lily, a R$ 64,90 (150ml).

Go Naked: perfume óleo da Urban Decay

Perfumes sólidos

Eles fazem parte da rotina de beleza e sedução de mulheres e homens desde o Egito Antigo, mas têm ganhado espaço nas prateleiras de quem não dispensa um cheirinho bom na pele. Na Lush, por exemplo, as fragrâncias sólidas representam metade das vendas de perfume da marca, de acordo com Renata Pagliarussi, diretora-geral da empresa no Brasil.

00c806ae

Fragrâncias sólidas da Lush

– É um retorno à perfumaria tradicional – diz Renata. – Como vêm em embalagens compactas, são fáceis de carregar e não vazam.

Outra vantagem é em relação à saúde: já que os perfumes sólidos não contêm álcool, são uma boa alternativa para pessoas que têm sensibilidade aos perfumes em spray. E são mais baratos em relação aos frascos tradicionais: Renata explica que muita gente “começa” pelos perfumes sólidos para, mais tarde, adquirir as versões líquidas.

Perfumes em pó

00c806ac

Perfume em pincel da Byredo

Inspirada na cultura japonesa, a Byredo criou o Kabuki perfume, uma fragrância em pó aplicada com um pincel. O produto está à venda por US$ 65 e pode ser entregue no Brasil. Na mesma linha, a marca Viktor Rolf produziu uma versão em pó (US$ 83), para ser aplicado como uma maquiagem, de seus perfumes em spray.

00c806af

A marca Viktor Rolf também investiu nos pincéis

Lenço umedecido

Quer retocar a fragrância ao longo do dia ou caprichar no perfume durante uma viagem? Basta rasgar um sachê e esfregar na pele o lenço umedecido com eau de parfum.

O kit da Pinrose vem com 20 lenços das quatro fragrâncias mais populares entre as consumidoras e custa US$ 24. Como a marca americana só entrega nos Estados Unidos a dica é adicionar este item na sua próxima viagem.

00c80970

Opção em sachê da Pinrose

Leia mais
:: Perfumes, creminhos, talcos e mais: as novidades de beleza do mês
:: A linha de perfumes Shadescents da MAC chega ao Brasil
:: Guerlain divulga nova campanha de perfume com Angelina Jolie 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna