12 erros que prejudicam sua aparência e você não sabe

A rotina de beleza de todo dia pode incluir hábitos que, em vez de nos deixar mais bonitas, acabam prejudicando a nossa aparência. Estamos tão acostumadas com nosso reflexo no espelho que, muitas vezes, não reparamos nesses pequenos deslizes e seus efeitos. Por exemplo: será que você não exagera na quantidade de algum produto? Sabe mesmo a ordem correta de cada item para garantir uma boa make? Para ajudá-la nessa empreitada, consultamos especialistas sobre erros comuns e como evitá-los.

:: S.O.S. pele: os tratamentos estéticos mais recomendados para fazer na temporada outono-inverno
:: Spa em casa! aprenda a fazer 5 máscaras faciais naturais para renovar a pele

Dicas da dermatologista, Renata Heck:

1.Usar água quente para lavar a face e o corpo

A temperatura muito alta da água do banho estimula a oleosidade do couro cabeludo e do rosto. Ao mesmo tempo, ela também promove o ressecamento do restante das áreas corporais. Para evitar esses problemas, prefira o uso de água morna ou fria.

2. Utilizar muito sabonete no banho

O excesso de sabonete atrapalha na hidratação natural da pele, promovendo o ressecamento da mesma. O ideal é usar o produto com moderação, evitando o uso de buchas ou esponjas e sempre fazer a hidratação da pele após o banho.

3. Dormir de maquiagem

Não retirar a maquiagem e “pular” o processo correto higienização da pele no final do dia podem levar à obstrução dos poros e ajudar no desenvolvimento de “cravos” e espinhas. Escolher um demaquilantes para o seu tipo de pele ou um sabonete de limpeza profunda é a opção correta para não prejudicar seu rosto.

bathroom-1296554_960_720

(Reprodução)

Dicas da dermatologista Rachel Garcia:

4. Consumir pouca proteína

Dietas pobres em proteína são prejudiciais à pele porque não fornecem os aminoácidos essenciais para a síntese de colageno, propiciando a flacidez.

5. Consumo excessivo de açúcar

O açúcar, principalmente em excesso, também é prejudicial – e não pelo motivo óbvio de ganho de peso. Ele  gera um fenômeno conhecido como glicação, uma alteraçao nas fibras colágenas da pele, que ajuda a acelerar o envelhecimento.

(Reprodução)

(Foto: Reprodução)

6. Lavar muito pouco os cabelos

Ao contrário da crença de que lavar os cabelos muito seguidamente leva à sua queda, a lavagem não é prejudicial. Os cabelos devem ser lavados sempre que necessário, de acordo com o tipo e os costumes de cada um. Na verdade, o que pode causar queda é deixar o couro cabeludo excessivamente oleoso, o que se dá pela falta de lavagem. Portanto, lavar o cabelo uma vez por semana para manter a “escova” pode não ser uma boa ideia.

:: Site permite contratar serviços de cabeleireiro, maquiador e manicure em domicílio
:: Acne na idade adulta: conheça as causas e saiba como tratar

Dicas da maquiadora Aline Dotto, do Dotto Atelier:

7. Passar lápis de olhos na marca d’água

A cor escura na marca d’água dos olhos faz com que eles fiquem menores e com a aparência pesada. O ideal é passar o lápis  rente à raiz dos cílios inferiores e esfumar com pincel ou sombra marrom. Isso deixa o olhar mais natural, e a durabilidade da maquiagem também aumenta.

8. Não usar filtro solar ou hidratante com filtro antes da maquiagem

A preparação e os cuidados com a pele são extremamente importantes para a aparência e a saúde. Se a pele não estiver hidratada ou protegida, fica exposta a raios solares que vão causando manchas ao longo do tempo. Para hidratar a pele, borrife soro fisiológico antes do filtro e deixe absorver natualmente. A falta de proteção também leva ao acúmulo de maquiagem nos poros, provocando acne e cravos. Para evitar a acne, passe uma pedrinha de gelo depois de limpar a pele para ajudar a fechar os poros.

(Reprodução)

(Reprodução)

9. Abusar do pó compacto

O pó compacto serve para dar acabamento à maquiagem, portanto a aplicação deve ser bem leve. Quando é usado em excesso, dá uma aparência pesada e craquelada, causando um efeito muito artificial. Cuidado ao utilizar o pó com a esponja, pois ela acumula muito produto, ficando mais difícil administrar a quantidade: melhor passar o produto com pincel, sempre dando batidinhas para tirar o excesso.

:: StreetHair POA: Os cabelos que fazem sucesso entre as porto-alegrenses
:: Com que frequência e como se deve lavar os cabelos?

Dicas do visagista Marcelo Maschke, do Salão Rhed Co.

10. Fazer mechas muito marcadas

Às vezes, você vê que outra pessoa ficou muito bem com um determinado corte ou cor de cabelo e não pensa duas vezes antes de dizer para si mesma: também quero! O que acontece é que as pessoas tiram ideias para mechas de canais da internet e acabam interpretando mal, sem pensar em outros detalhes. Na hora de reproduzir em casa, não conseguem atingir o mesmo resultado e acabam causando um visual sem combinação de tons. Além de não ficar bonito, é demorado para recuperar.

11. Sobrancelhas mal feitas

Esse caso é bem comum, pois o design de cada sobrancelha deve ser feito de acordo com os ângulos e os fios delas, além de respeitar o formato do rosto. Tirar em casa ou com amigos, sem um profissional que vá analisar todos os detalhes, pode causar um visual bem problemático.

12. Ter um corte de cabelo inadequado

Preste atenção no que combina com o seu rosto! Só porque o corte está – ou já esteve – na moda, não quer dizer que ele vá ficar bem em você. Na opinião de Marcelo: aquela franja que não combina, a insistência por camadinhas dos anos 80/90 e a finalização com bobs decididamente não favorecem a imagem de ninguém hoje em dia.

(Pixabay)

(Reprodução)

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna