Hidratação e proteção são essenciais para manter a saúde dos pés

No verão, falta de cuidados causa ressecamento e frieiras

Evitar andar descalço em lugares úmidos é uma das recomendações
Evitar andar descalço em lugares úmidos é uma das recomendações Foto: Cleber Gomes

Altas temperaturas pedem dedos de fora em sandálias e rasteirinhas. Mas para usar esse tipo de calçado é preciso estar com os pés livres de calosidades, micoses e frieiras, males comuns no verão. Para evitar o ressecamento dos pés, que se intensifica nessa época do ano, é indicado lixar as calosidades ao menos uma vez por semana e fazer o uso de um bom hidratante. A hidratação de parafina, quente ou fria, também ajuda a evitar as fissuras.

Segundo o coordenador técnico de Podologia da Rede Doctor Feet, Alessandro Guerra, o verão também propicia o desenvolvimento de micoses nos pés, pois os fungos se reproduzem rapidamente, podendo dar origem a um processo infeccioso que, dependendo do fungo ou da região afetada, pode ser superficial ou profundo.

? A melhor maneira para se evitar uma contaminação é não andar descalço nas áreas úmidas das piscinas, vestiários e chuveiros públicos, e não partilhar do uso de lixas, alicates e outros materiais que tenham sido usados por alguém já contaminado ? explica.

Segundo o especialista, é importante utilizar sempre materiais esterilizados. Também é preciso secar bem os pés após o banho, a piscina ou a praia, preferencialmente com papel descartável para que os fungos não fiquem nas toalhas.

O podólogo revela que a micose superficial mais comum é a frieira, conhecida como “pé-de-atleta”, que atinge a pele entre os dedos e a planta dos pés. Para impedir a sua instalação é importante usar sapatos arejados ou usar meias de algodão que absorvem melhor o suor, evitando que os pés fiquem úmidos.

Já a micose de unha é uma doença provocada por fungos que se “alimentam” de queratina, material do qual as unhas são formadas. A doença pode se manifestar de várias formas, como o descolamento (a unha fica oca), formação de manchas e até a deformação e destruição da unha.

? Por essas características, a onicomicose é uma doença de tratamento complicado, pois exige disciplina, paciência, perseverança e muitas vezes o uso de medicação. Para se obter sucesso no tratamento, o fungo deve ser totalmente eliminado da unha doente, que será substituída por outra livre do fungo, levando de seis meses até um ano ? alerta.

Dicas para ter os pés sempre saudáveis:

:: evite o uso de sapatos apertados e procure usar calçados arejados;

:: procure fazer um rodízio de calçados, colocando-os em local arejado entre um uso e outro;

:: use meias de algodão que absorvem mais o suor, evitando que os pés fiquem úmidos;

:: lixe as calosidades ao menos uma vez por semana. Não corte calos ou calosidades;

:: use hidratante próprio para os pés diariamente, massageando as áreas com maior calosidade;

:: se a pele estiver muito seca, passe hidratante e coloque meias para dormir;

:: lave e seque muito bem os pés, principalmente espaços entre os dedos para prevenir o surgimento de frieiras;

:: não ande descalço em lugares úmidos, principalmente em espaços como piscinas, banheiros e vestiários públicos;

:: não compartilhe o uso de toalhas, alicates, lixas e outros materiais;

:: prefira que um podólogo execute o corte de suas unhas. As unhas não podem ser aparadas muito rentes;

:: caso você note o surgimento de algum problema em suas unhas, consulte um podólogo.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna