Dicas para escolher o melhor tipo de depilação para sua pele

Depilação a laser. Foto: Anderson Fetter
Depilação a laser. Foto: Anderson Fetter

Ter uma pele livre de pelos é o desejo de muitas mulheres, principalmente durante o verão. É preciso, no entanto, ficar atenta ao tipo de depilação adequado, já que a prática pode trazer problemas para algumas mulheres. Um exemplo é a foliculite – aquelas bolinhas vermelhas ou esbranquiçadas que coçam, encravam os pelos e deixam manchas escuras na pele. Danyelle Van Straten, proprietária da DepylAction, dá dicas para você acertar na depilação e manter a pele saudável depois do procedimento.

Veja mais
Não depilação: Mulheres questionam padrões de beleza ao abandonar a depilação
Técnica de depilação com linha é opção para remover pelos de áreas sensíveis

Antes:
Danyelle explica que, antes de realizar um procedimento de depilação, o ideal é manter a pele limpa – de preferência com um sabonete neutro, e bem hidratada.
– Além da hidratação, é importante realizar a esfoliação ao menos uma vez na semana, que facilita a remoção dos fios e evita pelos encravados – acrescenta.

Peles sensíveis
Em pelos finos e peles sensíveis, o mais indicado é investir um creme depilatório, linha ou mesmo cera fria, que impedem o pelo de crescer tão rápido.
–  Se a pele foi muito sensível, a dica é o creme depilatório, não se esquecendo de fazer o teste antes da aplicação, e a cera, de preferência morna ou em temperatura ambiente – explica Danyelle.

Cera morna
A dica para manter a pele lisa no verão é a depilação com a cera morna. Mas ela lembra que é preciso ter cuidado e evitar a exposição ao sol 24 horas antes e depois da depilação.
– A cera morna ainda traz outra vantagem, pois a temperatura ajuda a dilatar os poros e facilita a extração dos pelos pela raiz – explica.
Para quem também não possui tempo e deseja reduzir o número de procedimentos, a cera também é indicada.
– É ótima porque, além de remover os pelos pela raiz e retardar seu crescimento, traz benefícios para a pele depilada, deixando-a mais lisa e menos propensa a folicutite.

Fotodepilação
Danyelle alerta que, com a chegada do verão, peles bronzeadas devem ficar longe da fotodepilação.
– O sol pode interferir no resultado deste procedimento, além de causar manchas definitivas na pele.
Já peles claras com fios escuros conseguem um bom resultado com tratamentos deste tipo. O método também é indicado para quem tem os pelos grossos
– Esses procedimentos são eficazes para tratar e prevenir que os pelos encravem – destaca.

Lâmina
Danyelle Van Straten recomenda abandonar o uso da lâmina:
– Os pelos geralmente ficam encravados e, além disso, aumenta a rapidez do crescimento.
Se você seguir optando por esse tipo de depilação, é preciso ficar ainda mais atenta à hidratação da pele.
Seguindo a linha das lâminas, outro método não indicado são os aparelhos elétricos
– Eles cortam o pelo logo na superfície, deixando o aspecto de que estão ainda mais grossos.

Após
Danyelle explica que, após os procedimento, você use cremes e loções à base de aloe vera e rosa mosqueta, que acalmam e regeneram a pele.
– Após as sessões, outra dica importante é utilizar roupas leves, naturais e confortáveis, pois elas evitam que a pele fique irritada – completa.

Como funciona a fotodepilação, método adotado para se livrar da barba
Aprenda como evitar a foliculite, infecção que deixa bolinhas vermelhas na pele após a depilação

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna