7 dicas para ter uma pele bonita no inverno

Basta que a temperatura lá fora comece a diminuir para que nossa pele sinta os primeiros efeitos do inverno. Além dos lábios rachados por conta do frio, é comum que a cútis também fique mais ressecada e, em muitos casos, até descamada.

– Em ambientes úmidos e quentes, a pele em geral é mais lubrificada. Já em lugares secos ou frios, ela perde água em troca com o ambiente, ficando assim desidratada – afirma a dermatologista Keila Mitsunaga.

Até hábitos da rotina, como aquele banho quentinho no final do dia, podem contribuir para a sensação de pele seca.

– Isso acontece porque o banho quente demais tira a camada que chamamos de manto dermolipídico, que funciona como nossa proteção natural. Outros fatores como o frio e o vento, além de aquecedores de ar, também contribuem – explica a dermatologista Fernanda Casagrande.

Leia também:
:: Nada de lábios rachados: cuidados para adotar no inverno
:: Aproveite o inverno para fazer tratamentos de beleza

Já notou que, no inverno, você tende a tomar menos água? Com o termômetro lá embaixo, é normal que muita gente acabe trocando a garrafinha de água por café ou chocolate quente – e o reflexo aparece diretamente na pele. Mas é possível passar pela estação mais fria do ano com a pele viçosa e saudável com alguns cuidados simples, recomendados pelas duas dermatologistas. Veja:

1.Nada de banho muito quente
Mesmo que passar bons minutos embaixo do chuveiro pareça para lá de relaxante, a água quente contribui para deixar a cútis ressecada. O recomendado é manter a temperatura morna e tomar banhos rápidos. Se você passa por uma chuveirada mais de uma vez ao dia, a dica é usar sabonete somente em áreas íntimas (como axilas e virilha) em um dos banhos.

Cuidados-com-a-pele-no-inverno-2

2.Não esqueça o hidratante
Nos dias frios, investir em um bom hidratante é ainda mais importante. Para vencer a preguiça, a sugestão é apostar nos chamados hidroshowers, produtos criados para usar ainda dentro do box. Como a pele ainda está molhada na hora da aplicação, a penetração dos ativos é ainda maior. Também vale optar por versões pensadas exclusivamente para o inverno, com base manteiga ou creme. Na hora de escolher, procure por hidratantes que contenham na fórmula ativos como a ureia, o lactato de amônia, ceramidas e ácido glicólico.

3.Beba bastante água
É normal acabar esquecendo porque, na maioria dos casos, sentimos menos sede no inverno. Mas não quer dizer que você pode abandonar a garrafinha de água, viu? Além de ser fundamental para a saúde, consumir pelo menos 1,5 litro de água por dia ainda ajuda a hidratar a pele e evitar os problemas causados pela baixa temperatura.

4.Esfoliação segue na rotina
Não é porque a pele está mais seca que você precisa deixar a esfoliação de lado – e esta dica vale principalmente para quem tem cútis oleosa.

5.Quanto menos ar-condicionado, melhor
Como o aparelho costumar ressecar a pele, procure usá-lo somente quando necessário. Para ajudar a umidificar o ar, a dica é apostar em um vaporizador ou numa bacia com água.

6.Água termal, para que te quero!
Já testou o poder hidratante da água termal? A dica é dar uma pequena borrifada no rosto logo após o banho, deixar secar e aplicar o hidratante. Ela ajuda a hidratar e prepara a pele para receber um creme mais pesado.

7.Filtro solar sempre
Não é porque o dia está frio e sem sol que você pode deixar de lado o filtro solar. Uma opção prática são as bases que têm protetor na fórmula e facilitam a rotina de beleza pela manhã.

Leia também: 

:: Cuidados para evitar cabelo oleoso
:: Qual o tipo de escova progressiva para o seu cabelo?

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna