Projeto Verão: será que os cremes anti-celulite realmente funcionam?

Ah, a celulite… Que mulher não sofre com os malditos furinhos?

A celulite nada mais é que um acúmulo de gordura e tecidos fibrosos em determinadas regiões que causam irregularidades na pele que está por cima. Essa gordura causa ondulações na pele, popularmente chamadas de “casca de laranja“. Presente na maior parte das mulheres (70 a 80%, segundo pesquisas), ela não é uma doença, e sim uma forma natural que o corpo encontra de armazenar gordura superficial. A celulite aparece por inflamação nas células, resultado de má alimentação, falta de exercício físico, problemas circulatórios, sedentarismo e fatores genéticos.

Para combatê-la, a maioria das mulheres faz dieta, incorpora exercícios aeróbicos na rotina e faz tratamentos estéticos, mas a arma mais popular usada contra ela são os cremes de celulite. A maioria das marcas de beleza tem o seu, com diferentes tipos de preço, embalagens e ativos, mas será que eles funcionam realmente? Será que vale investir nesse tipo de cosmético?

– O creme de celulite é mais caro que os demais cremes por ser mais complexo. Ele precisa ter uma alta concentração de ativos sinérgicos, que agem em diferentes frentes. O creme precisa fortalecer a parede do vaso sanguíneo, melhorar a circulação local,  estimular o esvaziamento dos adipócitos das toxinas estocadas no corpo, drenar as toxinas liberadas, fazer com que o líquido drenado não seja reabsorvido e ainda conter ativos que melhoram a primeira camada da pele, como o retinol. São várias necessidades em um só pote! – diz Karina Zandoná, farmacêutica da Vida Nova Manipulação.

Capriche na massagem!

Capriche na massagem!

A fórmula não é simples. Além de todos essas regrinhas, o creme ainda precisa ser leve, com rápida absorção e cheirinho bacana. Para garantir a eficácia, você também deve prestar atenção nos ativos e passar todos os dias, como manda a embalagem.

– Não adianta passar uma vez ou outra. Sempre aconselho minhas pacientes a aplicarem duas vezes ao dia, ao acordar e antes de dormir, o ano todo e não só no verão. E quanto mais você massagear a pele durante a aplicação, melhor. Preste atenção nos compostos e invista em cremes com cafeína, carnitina, lotus rutina e chá verde, que agem nos adipócitos, na gordura, na inflamação e são antioxidantes – diz a dermatologista Raquel Moura.

Para conseguir uma eficácia ainda melhor, tome bastante água durante o dia, faça exercícios aeróbicos e tenha uma alimentação equilibrada.

::: Leia mais: 10 motivos para investir na drenagem linfática! :::

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna