Questão de rosto! As diferenças e cuidados específicos para cada tipo de pele da face

Conhecer o tipo de pele do rosto, as diferenças físicas e as necessidades de cada uma delas é fundamental para nortear a escolha dos produtos certos e cuidados específicos que se deve ter para mantê-la bonita e saudável. Apesar das características da pele serem definidas geneticamente, diversos fatores externos podem interferir no aspecto que a cútis de cada um vai apresentar: alimentação, uso de medicamentos e produtos cosméticos, nível de estresse e até mesmo as horas de sono por noite. 

Veja também
:: Como combater o envelhecimento precoce da pele?

Para garantir uma derme vibrante, macia, fresca e com boa elasticidade, independentemente do tipo de pele, o ideal é realizar a limpeza do rosto duas vezes ao dia: pela manhã e à noite. Lavar em excesso a face para remover a oleosidade e o brilho pode acabar causando o efeito contrário, fazendo com que a pele produza ainda mais óleo para proteger-se do ressecamento e manter a proteção natural, compensando em excesso o que foi retirado. Além disso, a temperatura da água também deve ser observada: quando muito quente, pode eliminar o manto de gordura presente na primeira camada da derme, o que causa seu ressecamento. Por isso, é recomendado utilizar água em temperatura de fria a morna para a limpeza.

Conheça os quatro tipos de pele de acordo com a classificação da Sociedade Brasileira de Dermatologia e quais as necessidades específicas para melhor cuidar de cada um deles.

Pele normal

Menos frequente dentre todos os tipos de pele, a normal tem textura saudável e aveludada. Além disso, possui elasticidade ideal e produz gordura natural em quantidade adequada. Usualmente, a pele normal apresenta um aspecto rosado, com poros pequenos e pouco visíveis, e é pouco propensa ao desenvolvimento de espinhas e manchas.

No caso das peles normais e secas, o ideal é realizar a higiene diária com sabonetes líquidos, com pH neutro, e complementa o processo com loção ou creme de limpeza.

Mais para cuidar da cútis
:: Manchas na pele? Saiba como evitar e tratar o problema
:: 5 cuidados que mulheres de pele oleosa precisam ter no verão
:: De oleosas a secas: os cuidados com a pele ao acordar e dormir

Pele seca

A perda de água em excesso caracteriza a pele seca, que normalmente tem poros poucos visíveis, pouca luminosidade e é mais propensa a problemas como descamação e vermelhidão. A pele seca também pode apresentar maior tendência ao aparecimento de pequenas rugas e fissuras. Esta condição pode ser causada por fatores genéticos e hormonais, e também por condições ambientais, como o tempo frio ou seco, o vento e a radiação ultravioleta. Banhos demorados e com água muito quente podem provocar ou contribuir para o ressecamento da pele – por isso, no inverno, é necessário redobrar os cuidados com a hidratação por meio de cremes e loções.

cuidados-pele-envelhecimento

Pele oleosa

A pele oleosa tem aspecto mais brilhante, úmido e espesso, por causa da produção de sebo maior do que o normal. Além da herança genética, contribuem para a oleosidade da pele fatores como alterações hormonais, excesso de sol, estresse e uma dieta rica em alimentos com alto teor de gordura. A pele oleosa apresenta os poros dilatados e uma maior tendência à formação de acne, cravos e espinhas.

Para as peles oleosas a mistas, o ideal é optar por sabonetes à base de ingredientes adstringentes com alfa-hidroxiácidos e enxofre, ingredientes que favorecem a remoção das impurezas e a desobstrução dos poros.

Pele mista

É o tipo de pele mais frequente: apresenta aspecto oleoso e poros dilatados na “zona T” (testa, nariz e queixo) e seco nas bochechas e extremidades. A pele mista tem espessura mais fina, com tendência à descamação e ao surgimento de rugas finas e precoces. Uma dica para este tipo de pele é realizar o tratamento de dentro para fora, por meio da alimentação. Legumes, verduras e frutas são fontes de vitaminas e minerais que neutralizam os radicais livres, prevenindo o envelhecimento da pele – aposte nas frutas ricas em vitamina C da estação, como morango, bergamota, laranja e limão. A soja é outro aliado importante por ser rica em isoflavonas, que evitam o ressecamento e melhoram a elasticidade da pele.

Cuidados-com-a-pele-no-inverno-2

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna