SOS cabelos! 5 pecados que detonam seus fios no verão

Foto: Thinkstock
Foto: Thinkstock

Camila Maccari, especial

O verão é sol, praia e piscina. Mas, enquanto você aproveita, seus cabelos pedem cuidados redobrados, já que o combo da alegria provoca danos intensos aos fios. E o pior é que às vezes a gente nem se dá conta do quanto. A convite de Donna, as dermatologistas Fairuz Helena Castro e Mariana Marteleto listam os cinco pecados mais mais comuns contra os cabelos na estação do calor e ensinam como evitá-los:

1. Tostar ao sol sem proteção

Assim como a pele, os cabelos também precisam de proteção antes de ir para o sol.
– A exposição solar intensa causa alteração na cor e ressecamento, podendo levar à diminuição da resistência e àfragilidade dos fios – explica Mariana.
A dica é apostar em produtos leave-in com proteção solar e função hidratante.
– Apesar de não ter a mesma eficácia dos filtros solares para a pele, esses produtos contribuem no cuidado com o cabelo. O uso de chapéus com proteção UV também auxilia, funcionando como barreira física – destaca Fairuz. – As chances de queimadura no couro cabeludo são grandes, principalmente para quem tem pouco cabelo. Se for o caso, o indicado é aplicar protetor solar em spray na região.

2. Deixar secar os fios com água do mar ou da piscina

Um dos erros mais comuns é sair do mar e da piscina e ir direto deitar para uma pegar uma cor – sem fazer aquela paradinha para tirar a água com sal ou cloro.
– O cloro presente na água de piscinas, quando em contato com os fios, pode danificar a cutícula, tornando-os quebradiços e frágeis. Já o sal presente na água do mar resseca, e os grãos de areia causam atrito, danificando a cutícula e deixando os fios com a superfície áspera – explica Mariana.

Fica a dica! Sempre que sair do mar ou da piscina, enxague-os com água dessalinizada. Se não tiver uma ducha por perto, Fairuz indica o uso de água mineral.

3. Lavar o cabelo mais de uma vez ao dia

No verão, mesmo quem não está aproveitando férias à beira-mar acaba lavando o cabelo com mais frequência. No entanto, é importante dar tempo para seu cabelo secar completamente.
– Lavar os cabelos mais de uma vez ao dia não é indicado, pois não há tempo para o couro cabeludo secar antes da próxima lavagem, e a manutenção de umidade pode gerar ou agravar quadros de dermatite e até mesmo deixar mais suscetível à infecção por fungos – destaca Mariana.

4. Usá-lo preso com elástico apertado o tempo inteiro

É calor, e a última coisa que você quer é aquele cabelo grudando no pescoço. Então, nada melhor do que prendê-lo no alto da cabeça com um elástico apertado, certo? Errado! Pode causar danos porque provoca a quebra e queda dos fios. Amarrá-los molhados também não é uma boa ideia.
– O suor, calor e umidade favorecem o aumento da oleosidade do couro cabeludo e o surgimento ou agravamento de dermatites na área – explica Mariana.

5. Deixar de lado a hidratação

O sol e o calor têm efeito instantâneo de ressecamento dos fios. Por isso, hidratação é fundamental: assim, você devolve a umidade e os aminoácidos ao cabelo.
– Pelo menos uma semana, faça uma hidratação com máscara capilar. Mas é importante perceber qual a situação do seu cabelo. Se estiver muito seco, aumente a frequência. Cabelos com química, descoloridos e alisados precisam de mais cuidados, assim como os crespos, naturalmente mais secos – explica Fairuz.

Leia mais:
:: #DonnaIndica: confira cinco marcas daqui para usar e abusar neste verão
::  Editorial! A moda praia para o verão de 2018 é democrática e muito divertida
:: Para ir além do filtro solar: 4 cuidados de beleza para você adotar neste verão

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna