Técnica ainda pouco usada por cabeleireiros ajuda a tirar pontas duplas

E o melhor: segundo especialista, a técnica não diminui o comprimento dos cabelos

Foto: Claudio Vaz

Cabelos bem tratados é o que todas as mulheres querem, mas um problema assombra a maioria delas: as pontas duplas. Não tem jeito, quando elas aparecem, o tratamento mais eficaz é cortar.

No entanto, não é todo corte que diminui o comprimento, ao menos para as adeptas do chamado corte bordado. A novidade promete melhorar o aspecto dos fios e tirar o frizz. Jean Michel é cabeleireiro há seis anos, mas trabalha com o corte bordado apenas há quatro meses. O interesse partiu da vontade de uma cliente, que tinha ouvido falar sobre a nova técnica.

? Pesquisei e resolvi me especializar, já que, aqui em Brasília, são poucos os profissionais que a conhecem ? conta Michel.

O “bordado” no nome é uma referência ao detalhismo e ao perfeccionismo dessa abordagem. Consiste em cortar fio por fio de cabelo, só aqueles que ainda estão crescendo. O cabeleireiro trança pequenas mechas entre os dedos indicador e anelar, e observa os fios rebeldes e com ponta duplas.

? É a partir do olhar que sabemos onde devemos caprichar mais ? afirma Michel.

Outra maneira de perceber os fios quebradiços é por meio do twister, quando o cabelo é torcido deixando as pontas à mostra. O corte bordado veio da Itália e demanda o uso de uma tesoura especial, que sela a cutícula e evita o surgimento de novas pontas. O preço é cerca de 50% maior do que o do corte normal. E o procedimento também é mais demorado: no mínimo, uma hora e meia na cadeira do cabeleireiro.

? É um trabalho que exige paciência e conhecimento ? comenta Michel. Em um primeiro momento, a indicação é que o corte seja feito mensalmente. Depois, a cliente pode fazer a manutenção de três em três meses. É importante continuar o fortalecimento do fio, que, depois de cortados, passa pelo processo de cicatrização. O especialista indica produtos adequados para passar, entre eles, leave-in e finalizadores específicos para cada tipo de cabelo.

Leia mais
Comente

Hot no Donna