Truques para o make perfeito: saiba como aplicar blush

Ganhar bochechas coradas não se resume a esfregar o produto no rosto de qualquer jeito

Com pequenas artimanhas na hora de aplicar o blush, formatos distintos de rosto ganham mais harmonia
Com pequenas artimanhas na hora de aplicar o blush, formatos distintos de rosto ganham mais harmonia Foto: Paschoal Rodriguez / Divulgação

Dominar o blush não é nenhuma arte. Não requer talento, tampouco prática. Mas ter a seu favor alguns truques fáceis pode fazer a diferença na frente do espelho.

Ganhar bochechas coradas não se resume a esfregar o produto no rosto de qualquer jeito e ponto final. Com pequenas artimanhas na hora de aplicar o blush, formatos distintos de rosto ganham mais harmonia.

O resultado é aquele que fará com que suas amigas notem que você está mais bonita, mas sem conseguir adivinhar o porquê. Sim, esse item que mora na sua nécessaire e que você, às vezes, nem dá muita bola, pode fazer toda a diferença no acabamento da maquiagem.

Atemporal

Ao contrário de batons e sombras, que mudam de acordo com as temporadas, o blush é um produto atemporal: não segue tendências.

Portanto, uma vez que você encontrar o seu ar de saúde ideal, não desgrude mais. Ele pode viver para sempre na sua bolsa. Não importa se o seu rosto é oval, quadrado, redondo, triangular ou de qualquer outro formato.

Dicas

Para o maquiador Alex Sander, um truque cai bem em quase todos e requer pouca intimidade com a maquiagem.

Antes de passar o blush, coloque os dedos indicador e médio ao lado do nariz. Este é o espaço que você deve deixar sem o produto: a partir do meio da linha dos olhos em direção às orelhas.

Aqueles pincéis que geralmente acompanham os produtos podem até ser úteis, mas existem pincéis próprios para a aplicação do blush que garantem resultado mais natural e acabamento profissional.

Existem dois tipos de pincel para a aplicação do blush: os chanfrados, com corte anguloso, e os arredondados. Ambos devem ter o tamanho ideal para concentrar o produto apenas onde ele deve ficar.

No entanto, com um pouco de prática e destreza você pode até dispensar a ferramenta, de acordo com Marcos Costa.

? O ideal é o pincel macio. Mas, com habilidade, dá para aplicar até com um algodão ? diz.

Cada rosto um sentença

::: Rosto quadrado

Por ser anguloso, é o mais difícil. O desafio é amenizar os traços duros e trazer mais leveza aos contornos. O ideal é passar o blush não na maçã do rosto, e sim um pouco mais abaixo, sem concentrar o produto num único ponto.

A dica é passar o produto no centro e depois espalhar com um pincel em direção à orelha e à boca, formando uma linha diagonal.

::: Rosto redondo

O blush faz a mesma linha diagonal, mas aqui ele passa pelas maçãs do rosto. Nesse tipo de formato, ele também pode ser aplicado em pequena quantidade na testa, próximo à linha do cabelo, e na linha do maxilar.

No acabamento, um pouco de iluminador na testa, queixo e nariz ajuda a alongar a face.

::: Rosto oval

É um presente. Nele, pode quase tudo. Na maçã do rosto, blush tradicional funciona. Para achar o ponto, dê um sorriso de boca fechada e observe a parte da bochecha que sobe, formando um ” gordinho”. O blush vai ali. O iluminador nas têmporas não é obrigatório, mas bem- vindo.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna