Veja cinco dicas para começar a corrigir a alimentação

Entrar na linha e mudar hábitos alimentares não precisa ser complicado nem sofrido

Foto: Maria Komap

Não há como pensar em preparar o corpo para o verão sem falar em mudanças nos hábitos alimentares. Muitas vezes, no entanto, seguir uma dieta restritiva em calorias não é fácil, ainda mais quando se ainda está na estação famosa pela comilança. De qualquer forma, é possível adotar alguns hábitos que ajudam a mente e o corpo a iniciarem uma revolução. A nutricionista clínica Bruna Pontin, pesquisadora do Instituto Tecnológico em Alimentos para a Saúde da Unisinos, dá algumas dicas sobre como ter uma vida mais saudável e chegar no verão com outra ideia sobre alimentação.

1. A monarquia das refeições: O ideal é observar as quantidades ingeridas, seguindo a regra de tomar café da manhã como rei, almoçar como príncipe e jantar como plebeu.

2. Água faz bem para a pele: Quando estamos bem hidratados, o intestino funciona melhor, eliminamos mais toxinas através da urina, melhoramos a textura da pele, além da aparência das unhas e dos cabelos. A água pode ainda ser substituída por chá de frutas ou ervas, chá verde (estimula o gasto energético pelo organismo) ou chimarrão, sempre servidos sem açúcar.

3. Para aquecer o inverno: Não é necessário ingerir mais calorias no inverno. Para aquecer o corpo nos dias mais frios, a sugestão é optar por alimentos servidos quentes – alguns estudos apontam que alimentos quentes promovem maior saciedade. Entre as refeições aquecidas, as sopas fazem muito sucesso.

4. Perfeita dupla: Invista na dupla colágeno + vitamina C. A vitamina C promove a síntese de colágeno, uma proteína produzida pelo organismo que tem por função principal formar as fibras que dão firmeza à pele. Para conseguir isso, você deve consumir carnes (magras e de preferência peixe ou frango se você estiver controlando o peso) e ovos e adicionar gelatina em pó ou em folha (sem sabor) a sucos, batidas de fruta, flans, cremes, shakes, iogurtes e mousse e frozen de frutas. Outra opção é o chá de cavalinha, rico em silício, mineral envolvido na produção de colágeno.

5. Leite da beleza: Durante o inverno, antes de dormir, aqueça uma xícara de leite (desnatado, se você estiver de olho na balança) e salpique especiarias em pó (canela ou cardamomo, por exemplo) ou saborize com fava de baunilha, para matar a vontade de comer doce. O alto teor de cálcio e de peptídios bioativos presentes no leite favorecem a redução de gordura corporal, agem no aproveitamento da insulina (hormônio relacionado à regulação do metabolismo e da própria fome) e promovem dilatação dos vasos sanguíneos (mais sangue e, consequentemente, nutrientes e oxigênio chegam a todos os tecidos do organismo, inclusive a pele, que acaba melhorando sua aparência).

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna