6 dicas de grandes empresárias e executivas brasileiras para sua carreira

Foto: Warner Bros divulgação
Foto: Warner Bros divulgação

Toda profissional bem sucedida tem algum toque para dar às jovens da sua profissão. Ou alguma dica que, se tivessem recebido anos atrás, quando eram principiantes, as teriam poupado de alguns dissabores e obstáculos. Donna pediu a grandes empresárias e executivas brasileiras qual conselho elas compartilhariam com uma iniciante na vida profissional. Acompanhe o que surgiu e aprenda com quem chegou lá.

:: Como o networking aproxima mulheres e impulsiona carreiras
:: Não gosta do que faz? Veja dicas de como mudar de carreira

1. Não seja reativa a críticas

“Não se sinta injustiçada nesses momentos. A crítica, mesmo quando agressiva ou feita da maneira errada, pode ensinar. Você não tem o poder de controlar o que os outros dizem, tem de ter a inteligência de tentar aprender mesmo nos momentos mais difíceis. Sinto jovens profissionais muito afoitos por elogios. Só elogios não vão trazer o aprendizado nem a força necessária para vencer nos negócios.

Alice Ferraz, empresária de moda e CEO do F*Hits

 

2.  Aprenda a gerir o seu tempo

“Hoje, com a velocidade da tecnologia e o grande volume de informação, temos de lidar com muitas coisas acontecem ao mesmo momento, o que é um desafio constante se organizar. A boa gestão do tempo é uma habilidade necessária em qualquer posição hierárquica e que auxilia as pessoas não só na carreira, mas  também na vida pessoal. Quem por aí não queria um dia com 30 horas? Enquanto for sonho, a dica é foco.”

Chieko Aoki, presidente da Blue Tree Hotels

 

3. Controle seu primeiro impulso

“Não me entenda mal. Eu adoro a criatividade e a impulsividade do jovem, são elas que movem o mundo. Mas o jovem tem a tendência de achar que sabe o tudo o que está errado e que toda mudança deve ser imediata e radical. Com o tempo a gente aprende que cada remédio tem a sua dose e o seu tempo. É preciso primeiro aprender com a prática da profissão, depois fazer as mudanças necessárias.”

Denise Areal, diretora de marketing da Duloren

 

4. Faça sempre mais do que o solicitado

“Todo setor de uma empresa tem seus objetivos, suas metas, que são a prioridade, mas também tem processos a serem melhorados ou oportunidades de prestar um serviço melhor que não são, a princípio, responsabilidade de ninguém. A profissional que cresce, é aquela que além de executar o trabalho, dá uma ideia, tem uma iniciativa, compartilha um levantamento que ela fez, enfim, que acrescenta além da sua obrigação.”

Juciane Casagrande, diretora comercial da Famiglia Valduga

 

5. Mantenha-se informada sobre seu negócio

Algo que sempre me ajudou na carreira foi estar sempre muito bem informada sobre o mercado e sobre o desempenho da empresa. Hoje eu conto com relatórios diários sobre como cada sapato – modelo, cor, tudo – está vendendo em cada parte do país. É olhando para eles que eu tenho ideias. É claro que tenho esses dados porque estou neste posto, mas em qualquer posto, se você trabalha com um produto, você deve estar o mais informada possível sobre ele.”

Maribel Silva, diretora comercial e de marketing da Calçados Beira Rio

 

6. Aprenda o que te faz feliz

“Em décadas de profissão, nunca encontrei um profissional que fosse ao mesmo tempo referência em uma área e que não amasse a sua profissão. Então, ser feliz no trabalho é mais do que um clichê, é um ponto fundamental para ser bem sucedido. Ouço muitas vezes jovens profissionais debatendo o que eles querem fazer das suas carreiras baseados em dinheiro, mas nem a boa remuneração virá se você não ingressar em um ramo que goste.”

Naile Rocha,  superintendente do Shopping Iguatemi Porto Alegre

 

 

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna