10 dicas para não errar na mesa de doces na sua festa de casamento

Foto: William Nihues
Foto: William Nihues

A mesa de doces é um item supervalorizado em eventos sociais no Brasil. Em outros países, por exemplo, não é comum a prática de ter um local específico dentro da festa para colocação dos doces. Sem falar que, normalmente, a bela mesa de doçuras vira a cenografia para o momento do brinde e de muitas fotos da família.

Para não errar neste item que faz bonito em qualquer casamento, conversei com uma das principais assessoras de eventos do Rio Grande do Norte, Liane Dantas, da Master Festas. Entre as dicas, vamos ver que o Sul e o Norte do país têm vários itens em comum neste aspecto. #tudojuntoemisturado

Leia também
:: Alô, noivas: 4 dicas para escolher o vestido, o penteado, e a make ideais
:: Festa de casamento: 4 passos para fazer a lista de convidados sem estresse
:: Festa de casamento: 9 dicas para não errar na escolha do vinho e do espumante

1. Quantos docinhos devo calcular por pessoa?

Nesse item temos uma diferença considerável entre as regiões. No Rio Grande do Sul, temos que levar em consideração se o casamento terá sobremesa no casamento. Se sim, calcule entre 3 a 4 docinhos por pessoa. Se não houver, pode ser de 5 a 7 docinhos por cada convidado.
Já no Rio Grande do Norte, segundo Liane Dantas, a média pode ficar entre 10 a 12 docinhos por pessoa.

Ponto importante: Você precisa analisar e verificar se essa quantidade de docinhos irá preencher e deixar a mesa destinada para esse item com uma apresentação bonita.

2. O fato de ter um bolo interfere na quantidade de docinhos?

Uma constatação: os docinhos fazem mais sucesso nas festas do que o bolo. Então, mesmo tendo um bolo, considere as quantidades citadas acima. Lembre-se que muitos convidados gostam de levar alguns quitutes servidos na festa para casa – e isso deve ser considerado no planejamento.

3. Quanto tempo antes do evento deve ser montada a mesa de doces?

Essa é uma dúvida clássica das noivas em qualquer canto do país: existe um certo o receio de, na hora da festa, os docinhos estarem “suados” ou murchos, com a apresentação prejudicada. Se o local do casamento tiver ar-condicionado, isso não será um problema. Mas o ideal é que a comida não fique por tanto tempo exposta sem nenhuma proteção. Se o local for aberto e estiver quente, o ideal é que seja montado o mais perto possível da hora de consumo ou do início da festa.

4. O que não pode faltar na mesa de doces?

Brigadeiros e chocolates são itens sempre presentes.

5. Como faço a divisão entre os sabores?

O ideal é destinar 10% para os doces com frutas, 30% para os chocolates, e o restante (60%) para os docinhos tradicionais. Liane Dantas faz uma sugestão: é interessante considerar alguns doces sem lactose e/ou fit dependendo do perfil de seus convidados. Neste caso, a quantidade será calculada com base no número de pessoas que tiverem essas restrições.

6. Quando devo comprar as forminhas?

Compre as forminhas somente após a aprovação do projeto de cenografia do seu evento. É importante que o estilo e as cores das formas estejam alinhadas com o restante da festa. Então, nada de ir se jogando por aí, noivinha, comprando aquelas forminhas de flores (que são bem caras, por sinal) antes de saber como será os detalhes de sua decoração. #obolsoagradece

7. Não quero mesa de doces: e agora?

Não se apavore: para tudo se tem uma solução. Você pode colocar um carrinho de brigadeiros ou uma pessoa passando com bandejas de doces pelo salão. Ou ainda uma bike estilosa com docinhos ou várias estações espalhadas pela festa com diferentes doces e chocolates em cada. O mercado oferece opções para todos os gostos, estilos e bolsos.

8. Como montar a mesa de doces?

Nas regiões do Norte, a mesa costuma ser montada de forma simétrica, ou seja, se você colocar um arranjo do lado direito, deve ter outro arranjo do lado esquerdo. Se tiver diferentes alturas de um lado, o mesmo deve ser replicado do outro. Pense em um espelho: um lado deve refletir o outro para que, visualmente, a mesa de doces esteja em harmonia. Você pode, também, optar em montar de forma assimétrica, ou seja, os dois lados da mesa não estarão iguais. Não esqueça de que é importante ver qual será o fundo dessa mesa: você pode posicioná-la na frente de uma parede que já seja bonita ou desenvolver um fundo específico.

9. Quantos bem-casados devo calcular por pessoa?

Calcule dois por pessoa. Se você for muito cautelosa pode considerar até três para cada convidado.

10. Quem deve montar a mesa de doces?

O ideal é a própria doceira monte este local. Ela, melhor do que ninguém, saberá manusear os docinhos de forma mais segura. Por isso, é importante que você avalie, além do sabor, a montagem de algumas mesas de doces feita pelo fornecedor escolhido.

Outro ponto de atenção: as bandejas que serão usadas para apoio dos doces e decoração da mesa nem sempre são fornecidas pelo fornecedor dos doces. É importante que a assessora ou cerimonialista que esteja cuidando do seu casamento alinhe isso entre o fornecedor de decoração e doces, assim você não corre o risco de no dia ficar sem.

Todos os itens abordados aqui você poderá alinhar com a sua cerimonialista, mas é importante você saber de todas as variáveis para não fazer cara de desentendida e nem deixar nenhum ponto passar despercebido. #focanoplanejamento #100%alinhado

Leia também
:: 5 ideias para inspirar sua festa de casamento
:: Como contar a história do casal de maneira criativa no casamento? 6 ideias de storytelling

Leia mais
Comente

Hot no Donna