3 sopas e cremes para aquecer – sem engordar! – no inverno | Roberta Hentschke

Eu acho que toda mulher, algum dia na vida, já se preocupou com a sua forma física. Dieta para emagrecer ou engordar, exercícios e muito espelho. O curioso é que, na maioria das vezes, a alimentação tem um papel de causa-efeito na nossa relação com a própria estética. Por exemplo, se precisamos emagrecer, comemos saladas, frutas (sem contar as dietas específicas lançadas a cada nova edição de revista ou por um médico americano que faz sucesso com as atrizes de Hollywood), iogurtes, cereais, e, no final de semana, o prêmio pelos dias de fome é um super petit gateau que fica mais saboroso ainda por parecer que cometeremos um crime ao comê-lo.

Além da forma física, associamos a comida a alguns sentimentos. Culpa, tristeza, ansiedade. Tudo é uma “desculpa” para comermos de mais ou de menos. Mas não deveria ser assim, pelo contrário. A nossa relação com o alimento deveria ser em prol da saúde.

Existem muitos recursos para melhorar nosso bem-estar que provêm dos alimentos, fonte de energia e cura se soubermos usá-los e respeitá-los. Precisamos, para isso, ter consciência do que estamos comendo e por quê. Sabe aquela velha dica da nutricionista de anotar tudo o que comemos durante a semana? Sempre é um susto né? E é a prova de que muitas vezes vamos empurrando comida para dentro sem ter noção da quantidade e da qualidade do que estamos ingerindo.

Não precisamos contar calorias se aprendermos a observar nosso corpo, ver o que nos faz bem e o que não faz, o que incha e retém liquido e o que não, o que tira o sono, o que nos deixa o dia inteiro com muita sede. Enfim, começar a perceber que os alimentos estão totalmente ligados ao bom funcionamento do corpo e da mente. De repente, a partir disso, vamos poder ter mais consciência do poder de uma alimentação saudável e usar pequenos truques pra alcançar nosso objetivo.

:: Mais dicas sobre alimentação saudável nas colunas da Roberta
:: Outras receitinhas na nossa seção Na Cozinha

Já que estamos em agosto e, em princípio, é inverno, o corpo precisa de um pouco mais de comida e alimentos que esquentem e confortem. Pensou no pão? Não! Não empanturre-se de pão! Ao chegar em casa à noite num dia frio, o que mais gosto de fazer para esquentar o corpo e me alimentar bem são cremes e sopas. Seguem aqui três receitas e dicas de como prepará-los. Ah! Outra questão que levo bastante a sério é preparar o próprio alimento. Colocar a nossa energia (boa) naquilo que vamos comer! Ao chegar em casa, já coloco os legumes para cozinhar enquanto vou fazendo outras coisas. Ficar na cozinha esperando é pedir para atacar tudo o que se vê pela frente.

Creme de mandioquinha com cogumelos

Como fazer:
> Cozinhar a mandioquinha na água. Enquanto isso, cortar os cogumelos em tiras fininhas e refogá-los com óleo de coco (bem pouquinho, só para dar um susto).
> Tirar a mandioquinha da água, descascar e bater no liquidificador.
> Trazer para a panela de novo, acrescentar os cogumelos e deixar cozinhando mais um pouco para pegar o gosto. Importante é ficar mexendo para não levantar fervura e respingar tudo para fora! Temperar com sal e pimenta.
> Para quem quer esquentar o corpo, refogar gengibre junto com os cogumelos e misturar ao creme. É importante dizer que, para muitas pessoas, comer cogumelos à noite pode atrapalhar o sono.

colunaroberta2

Creme de raízes

Dia desses, estava fazendo acupuntura e comentei que tinha a cabeça cheia de pensamentos. O acupunturista e coach de saúde me perguntou se eu estava com os pés frios. Eu sempre estou com os pés frios. O ideal é estarmos com a cabeça fria e as extremidades quentes, ele me disse, me recomendando comer mais raízes para “aterrar” um pouco e sair do mundo das ideias, onde eu estava.

Cheguei em casa e fiz um creme de cenoura, batata doce e mandioquinha. Bem fácil. É só deixar tudo cozinhando na água e, depois que amolecer, bater tudo no liquidificador. Normalmente tempero com sal, pimenta e missô.

* O creme de raízes é o da foto principal que ilustra esta coluna.

Creme de alho poró e pêra

Para finalizar, um creme bem diferente, para um dia especial, cheio de sabor e bem magrinho.

Ingredientes
– 3 alhos-poró
– 3 pêras com casca
– 1 abobrinha
– 1 chuchu
– Missô ou caldo de galinha

Modo de fazer
> Refogar o alho-poró com ghee ou azeite de oliva.
> Acrescentar os demais ingredientes e refogar mais um pouquinho.
> Cobrir com água fervente e deixar cozinhando até que fique tudo bem macio.
> Temperar com missô ou caldo de galinha.
> Quando estiver ok, tirar um pouco da água e bater os ingredientes no liquidificador.
> Temperar com sal e pimenta e servir.

colunaroberta3
Então, bom apetite e… comece a encarar o fato de que o ditado “ você é o que você come” deveria ser o nosso mantra!

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna