4 formas de incentivar seu filho a ser solidário no dia a dia

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Nós, pais, podemos educar pessoas melhores para o mundo ensinando aos nossos filhos valores como doação e amor ao próximo. E quanto mais cedo passarmos esses ensinamentos, mais cedo eles aprendem o real significado do dividir.

Que tal começar a plantar essa sementinha hoje? Veja quatro dicas de como ensinar as crianças a serem mais solidárias, com pequenas ações no dia a dia delas:

Dê o exemplo

Não dizem por aí que exemplo vem de casa? Se quisermos que nossos filhos entendam a importância de respeitar o outro eles devem enxergar isso na gente. Respeitar as regras de trânsito, dizer bom dia, boa tarde e boa noite são alguns exemplos simples que fazem a diferença.

Doe brinquedos e roupas

Uma forma fácil e clara de ensinarmos esses valores é colocando a criança na ação de doar roupas ou brinquedos que não usa mais. Peça que seu filho te ajude na escolha desses itens e explique por que isso está sendo de que forma essa atitude poderá impactar na vida de quem não tem muito. Na hora de selecionar os itens, tome cuidado para doar coisas em bom estado. A ideia é ensinar que estamos repassando adiante pois a criança não brinca mais ou a roupa não serve, e não porque queremos “nos livrar delas”.

Acima de tudo, é importante deixar claro que mesmo que possamos doar nosso pertences a outra criança que não possui tantos, isso não faz com que sejamos melhor do que ela. Somos apenas mais privilegiados  de podermos ajudar.

Envolva-os na causa

Fazer o bem não tem dia ou hora, mas são nessas épocas natalinas que nos sensibilizamos mais com as causas. Que tal combinar com seu filho de juntar moedas (doadas por você, tios, dindos ou avós) e comprar um presente para uma criança carente? Ou então envolvê-los em ações como as cartinhas dos Correios, por exemplo? Levá-los com você quando for fazer a doação também é importante para que ele entenda porque está fazendo essa ação e mostrar a realidade de quem recebe a ajuda.

Incentive o apoio aos amigos

Uma boa forma de fazer o bem é emprestar seu tempo a outra pessoa que precisa de ajuda. O simples fato de sentarmos e ouvirmos um amigo desabafar já faz com que o dia dele (e consequentemente o seu) também fique melhor. Você pode, por exemplo, sugerir ao seu filho que receba um colega novo e se coloque a disposição para o que ele precisar.

Mais colunas da Vanessa
:: “Geração eu”: como lidar com crianças que têm todas suas vontades atendidas
:: O “jogo dos 7 erros” na maternidade: mesmo tentando acertar, toda mãe irá cometer um destes deslizes
:: Ajudar em algumas tarefas contribui para o desenvolvimento de responsabilidade nas crianças

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna