5 segredos que você precisa saber para se vestir bem

Foto: Pexels
Foto: Pexels

Vestir-se bem é uma questão de autoconhecimento, adequação ao seu estilo de vida e profissão. Mas, acima de tudo, deveria ser uma extensão da sua personalidade e um instrumento para comunicar o você gostaria de passar ao mundo. Cada pessoa é singular e por isso não faz sentido seguir regras ou tentar se encaixar em um padrão que você não se identifica. Existem truques e ideias que você pode experimentar para estar cada vez mais confiante ao montar seus looks. Dá uma olhada:

1. Não copie um look completo

Seja comprar o a combinação exata do manequim que você viu na vitrine, ou estudar a foto do Instagram e vestir idêntico. Inspiração é ótimo, mas é importante dar o seu toque pessoal.

2. Não tenha preconceito com lojas e marcas

Com paciência e boa vontade dá para encontrar peças incríveis em qualquer lugar! Aquela loja que parece ser para uma faixa etária diferente da sua, a marca que tem um clima mais praiano e você prefere algo mais formal. Boas surpresas ocorrem quando você se dispõe a abrir a cabeça e explorar outras possibilidades.

3. Não seja escrava das tendências

Tendências são fundamentais para a industria da moda, mas não precisam afetar tanto nosso dia a dia. A melhor forma é aderir o quê lhe agrada e deixar passar aquelas que não te chamam tanta atenção. A cada temporada você pode adicionar um novo elemento, mas não mudar todo seu estilo para estar dentro da “modinha” do momento. A moda serve você e não o contrário.

4. Entenda que usar roupas caras ou marcas de luxo não te deixam mais bem vestida

Logicamente que peças de qualidade, com bons tecidos e caimento impecável fazem toda a diferença. Mas elas não são necessariamente as mais caras ou de grifes, muitas vezes confundimos as coisas. O estilo hi-lo, que é a prática de misturar algo mais chique com algo mais simples, é a forma mais interessante de se vestir atualmente. Muitas vezes marcas locais, peças artesanais, são bem mais especiais (e custam bem menos) que roupas de marcas caríssimas com valor tão alto na etiqueta pelo glamour do nome e não pela qualidade.

5. Não acreditar mais em regras, do que no seu gosto

Apesar da minha profissão falar muito em categorias: de corpo, de estilo etc, não sou a favor de se ater muito às “regras” em detrimento do seu gosto e da sua própria opinião. O mais importante é sua opinião no espelho e como aquele look te faz sentir. Você pode (e deve) aprender sobre proporções, cores, variações de estilo para tomar decisões informadas. Afinal, informação é poder. Mas apenas utilize o quê for relevante para você e a sua verdade.

Leia mais:
:: 5 fórmulas para deixar looks clássicos mais estilosos
:: 7 dicas para looks cheios de estilo e conforto para viajar
:: Maiôs, biquínis maiores e cortes assimétricos: as tendências de moda praia deste verão

Leia mais
Comente

Hot no Donna