Celia Ribeiro: receber bem um hóspede inclui conforto

Moro no mesmo apartamento há mais de 20 anos. Diante das vantagens terraço envidraçado para prolongar o living e árvores, como um biombo verde, tapando a visão de uma esquina movimentada , sempre impliquei com o fato de a sala de jantar ser distante. Em datas especiais, experimentei duas opções. Na primeira, dividi os convidados entre o living e a sala de jantar; na segunda, montei o bufê nesta sala para as pessoas se servirem. Dá para imaginá-las indo e vindo pelo corredor?

Resolvi o problema recebendo no living e reduzindo o número de convidados para 12, divididos em duas mesas com toalhas do mesmo estampado ou uma lisa com os guardanapos estampados e a outra ao contrário. E a sala de jantar? Faz a função de uma espaçosa copa, concentrando os utensílios de serviço e liberando espaço na cozinha.

No living, posso aconchegar 16 pessoas bem sentadas para um happy hour ou uma refeição informal – que exige um bom serviço de copeiro, além de um cardápio condizente, sem necessidade de faca. Guardanapos descartáveis podem ficar numa bandeja com pães e pastas, apoiada na mesinha de centro, enquanto num aparador ficam os guardanapos de tecido, pratos e talheres. A salada é oferecida, já servida, em taças ou cremeiras, sem o pratinho de baixo, como é correto, pois a etiqueta contemporânea privilegia o conforto fora da mesa. Uma sopa-creme é apresentada em canecas de porcelana com um guardanapinho descartável embaixo, devido ao calor da louça.

:: Veja todas as colunas de Celia Ribeiro

Por fim, são montadas, numa mesa junto à parede do living, a grande tigela com risoto e mais uma menor com molho de cogumelos. Retirados os pratos servidos, é deixada livre a mesa para acolher o bufê de sobremesas, de preferência combináveis entre si.

Um lembrete para a lista de presentes de casamento: mesinhas auxiliares.

***

Determinada moda pode surgir de puro acaso. Quando, em 21 de janeiro de 1808, a princesa Carlota Joaquina, após 52 dias em alto-mar, desembarcou de turbante em Salvador, Bahia, assim como todas as senhoras que faziam parte da corte de D. João VI, que fugia da invasão de Napoleão Bonaparte a Portugal, as brasileiras ficaram deslumbradas. O turbante certamente devia ser a última moda para mulheres de alta estirpe na Europa, pensaram as brasileiras, e a moda logo foi seguida pelas baianas e também no Rio, quando a corte por lá se instalou.

*

A verdade é que, durante a viagem de quase dois meses de Lisboa ao Brasil, houve a bordo das naus uma praga de piolhos que quase enlouqueceu Carlota Joaquina e as damas da corte, de tanto coçarem a cabeça. Quem deu o exemplo de coragem para raspar os cabelos foi a temperamental Carlota Joaquina, enfeitando os turbantes com suas régias joias.

000a6b85No filme Carlota Joaquina, com Marieta Severo como protagonista, a princesa aparece assim

:: Etiqueta na prática 

Envie sua pergunta para a Celia: contato@revistadonna.com

Flores no carro da noiva

“Vou me casar na primavera e gostaria de saber se fica estranho colocar flores também no carro que vai me levar à igreja na companhia do meu pai. Será o mesmo que nos levará, a mim e a meu marido, para o local da festa.” REGINA

– Nunca vi arranjo floral num carro da noiva, mas li num atual livro francês (Guide de savoir-vivre) que aparece, eventualmente, decoração floral no interior do carro. Imagino que seja como um tapete baixinho de flores no vão acima do banco traseiro e abaixo da janela traseira, desde que não prejudique a visão do motorista. Pensando bem, já cria uma atmosfera nupcial, e as flores devem ser as mesmas que ornam a igreja, quem sabe até em pétalas.

Empréstimo de programa

“Gosto muito de teatro e de música e frequentemente vou a concertos e peças teatrais e não lembro de pegar o programa. Posso pedi-lo emprestado ao vizinho ou vizinha de poltrona?” RAMIRO

– Se perceber que o programa já foi lido, é viável pedir licença para ver a sequência das músicas ou a distribuição dos personagens no elenco. Se a pessoa está sentada a nossa frente, pede-se licença para ter o programa por alguns instantes. Ao devolvê-lo e agradecer, a capa fica para cima, isto é, com ilustração e letras para que possam ser visualizada. São detalhes da boa educação que, com a proximidade do Porto Alegre em Cena, teremos chance de exercitar.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna