Celia Ribeiro: sonho realizado no final de ano

Christina Dias e sua Kombina, a kombi adaptada como biblioteca móvel
Christina Dias e sua Kombina, a kombi adaptada como biblioteca móvel

A escritora de livros infantis Christina Dias, com 24 livros publicados, percebeu que biografias da infância de personagens verídicos são um excelente filão para crianças e adolescentes. Criam empatia com esses leitores. A autora gaúcha já assinou duas: Ninguém Aprende Samba no Colégio (Editora Globo, 2014), a história da infância de Noel Rosa; e Iberê Menino, editado pela DCL de São Paulo.

Faz algum tempo que Christina, 48 anos, sonha com um museu itinerante para preencher a carência das escolas em proporcionar entretenimento às crianças através das artes. Ela resolveu investir no projeto comprando uma caminhonete, cujo interior adaptou para uma biblioteca com o porta-malas servindo como vitrina. O nome da viatura é Kombina, e por meio dela são realizadas oficinas, exposições, música, teatrinho e brincadeiras antigas como bilboquê, cinco marias e jogo de peteca, criando momentos de nostalgia.

:: Veja todas as colunas de Celia Ribeiro

A Kombina estreou sábado, dia 13 último, no estacionamento do Parcão na esquina com a Mostardeiro, em Porto Alegre, atraindo cerca de 150 pessoas. O teste valeu. Na primeira semana de março, será lançada na caminhonete a Coleção de Livros Únicos, projeto de Marô Barbieri do qual participa um grupo de escritores, incluindo Christina Dias, a própria Marô, mais Assis Brasil, Cintia Moscovich, Waleska de Assis, Carlos Urbim e outros. A coleção é de livros de contos, de diferentes formatos, mas tamanho para ser lido durante a programação de um dia da Kombina.

Estreia da Kombina, no estacionamento do Parcão, em Porto Alegre, reuniu dezenas de pessoas interessadas na biblioteca ambulante (Foto: Luis Ventura, Divulgação)

Estreia da Kombina, no estacionamento do Parcão, em Porto Alegre, reuniu dezenas de pessoas interessadas na biblioteca ambulante (Foto: Luis Ventura, Divulgação)

– Pela repercussão da estreia – diz Christina – percebi, por tudo que este ponto de cultura oferece, que ele tem uma capacidade de abrangência, estacionando em bairros de Porto Alegre, que não caberia nem num grande imóvel. (www.chrisdias.com.br)

***

Carol Teixeira filosofa sobre sexo em seu muito visitado blog A Obscena Senhorita C – que deu nome à sua coleção de joias eróticas apresentada essa semana no Valentina Bar18+. A decoração feérica do bar é própria ao tema com uma cortina de algemas cromadas e um clima de amor, como conceito, sem cair na breguice.

Em meio aos colares e pulseiras de brilhantes da Essere viu-se delicados brincos na forma de chicote, fios de ouro com algemas pendentes e uma chavinha no fecho, mais berloques na forma de cinto de castidade (ou biquíni?), brincos de argola com mulher nua pendente e sandálias de salto altíssimo com brilhantes encrustados nas tiras foram imaginados por Carol Teixeira.

Carol Teixeira no lançamento da sua linha de joias eróticas (Foto: Vini Dalla Rosa, Divulgação)

Carol Teixeira no lançamento da sua linha de joias eróticas (Foto: Vini Dalla Rosa, Divulgação)

” Toda mulher tem o direito de ser tudo e viver todos seus arquétipos de santa, pecadora, doce e poderosa” é uma das máximas de Carol, que usou na festa uma corrente com um coração de duas faces: Love me e Fuck me.

***

CASALZINHO NO BOLO DE FESTA

Olhá só a graça deste casal de noivos, feito em PVA, que Sandra Barcelos domina para seus “personagens” que enfeitam bolos e, em tamanho menor, são lembrancinhas de aniversário, incluindo tecido no processo com material sintético. Algumas de suas figuras têm como referencial as fotos das pessoas que serão o centro de uma festa. Com tantos casamentos marcados para o alto verão, imaginei a leveza de um bolo de casamento com tais personagens. E-mail: artes41@gmail.com.br /
fone: (51) 9752-2299.

bolo

***

FÉRIAS EM JANEIRO

A retomada das relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Cuba é uma boa notícia para acalentar esperanças no novo ano que entra. O presidente Obama e o papa Francisco demonstraram sua capacidade de intermediação diplomática para abrir a economia do país totalitário dos irmãos Castro. Com tantas tensões enfrentadas e não solucionadas, 2014 termina como um ano feliz para mim. Eu e vocês, meus caros leitores, merecemos entrar em férias no mês de janeiro. Até o retorno desta coluna, no primeiro domingo de fevereiro.

Feliz 2015!

Leia mais
Comente

Hot no Donna