Claudia Tajes: meu reino por uma ideia boa

Se tivesse que escolher entre juventude eterna, grana ou que nunca me faltassem ideias, sem dúvida escolheria: que nunca me faltassem ideias. Manter para sempre junto com a pele lisinha as certezas da juventude, por mais atraente que pareça, seria muito cansativo. Já da grana, ou ao menos de mais tranquilidade financeira, me sinto disposta a correr atrás. Basta uma boa ideia.

:: Veja todas as colunas de Claudia Tajes

Todo mundo precisa de ideias. A dona de casa precisa para inventar um cardápio por dia (é uma das coisas mais difíceis do mundo). A professora, para criar o gosto pela leitura nos alunos – ou para fazer com que os números entrem na cabeça deles. O menino, porque há que se variar as brincadeiras. A moça, para se vestir diferente com o guarda-roupa de sempre. O chefe, para que seus funcionários produzam cada vez mais. Os funcionários, porque o sábado e o domingo passam voando. Os apaixonados, já que dizer apenas “eu te amo” pode soar pouco criativo, embora continue sendo a segunda melhor coisa para se ouvir. A primeira: “é benigno” (e quem teve a ideia de dizer isso foi o Woody Allen).

00a88a94O último latido em iluminação

Não é fácil achar uma ideia de verdade, ideia que se destaque da multidão de más ideias que estão sempre de tocaia. Agora mesmo acabei de ver uma boa: um copo que não deixa o conteúdo derramar. Prosaico, mas nunca ninguém havia pensado. Como prosaica foi a embalagem pioneira que abria na parte inferior para deixar o xampu escorrer até o fim. A famosa campanha “o primeiro sutiã a gente nunca esquece”: baita ideia – como a de todos os comerciais de TV que conseguem vender sem parecer que estão nos atolando um produto goela abaixo. O cinema. A Bossa Nova. A minissaia. E a chuteira? Antes dela, os jogadores usavam botas de couro para chutar a bola. Ideia original vale ouro. O Gustavo Tissot, que é diretor de filmes e fotógrafo, teve a ideia de fotografar meninas comuns de um jeito sensual, sem apelação, sem cenários mirabolantes, sem photoshop, apenas com a câmera do iPhone. O projeto bombou no Instagram com o nome de @stayclassy-mag. Choveram candidatas a ensaios de lingerie, ou sem, em clima total intimista. Como sempre acontece quando a ideia é boa, as cópias já começaram. Nem todas, claro, com tanta classe.

00a88a95Classe nas fotos do Gustavo Tissot

 

Também nas profissões a turma anda inovando. Leio n’O Globo que existe o “pendurador profissional de quadros”, especialista que cobra de R$ 200 a R$ 400 por hora. O publicitário Giba Lages, gaúcho que mora em São Paulo, criou uma coleção de luminárias em formato de cão, as Doglights. Pode-se dizer que iluminam para cachorro. E existe “personal” para tudo: arrumar seu armário, abastecer a geladeira, organizar a estante, botar ordem na gaveta das roupas íntimas. Sim, isso existe.

 

Ideias e mais ideias: as maratonas literárias, com o pessoal se revezando na leitura de um calhamaço inteiro até a última página. O programa que entrevista gente chegando e gente partindo nos aeroportos. Brinquedos de papelão. Tudo que é reciclado. Comprimidos, porque remédio líquido é ruim pacas. Os derivados da goiaba. Piadas que usam assuntos da hora com inteligência. Meia invisível para usar com tênis e não ficar com chulé. Os livros do Chico Buarque, como se já não bastassem as ideias que ele teve na música. Um grupo de guris (meus orgulhos) ensinando a criançada das creches a jogar paredão. Ideia boa pode até não dar dinheiro, mas sempre deixa alguém feliz. Que elas nunca nos faltem.

00a88a93E a gurizadinha aprende a jogar paredão

***

 

A Sandra Simon, jornalista de texto fino, teve a ideia de escrever um livro infanto-juvenil imaginando as histórias por trás das portas de uma turma de amigos. A gente sobe com o narrador até o último andar do prédio descobrindo moradores que poderiam viver no apartamento ao lado do nosso. Lindo livro, linda ideia. Para comprar e receber em casa: setembro.ideias@gmail.com

 

00a88a96Um linda ideia para presente

<titulo_nota_coluna>
<imagem_nota_coluna>
DN008002141214_11045654_7.JPG

<legenda_imagem_nota>

<credito_foto_nota>
Fotos reprodução

<corpo_texto_nota>
Classe nas fotos do Gustavo Tissot

<titulo_nota_coluna>
<imagem_nota_coluna>
DN008003141214_11045653_7.JPG

<legenda_imagem_nota>
O último latido em iluminação

<corpo_texto_nota>

<titulo_nota_coluna>
<imagem_nota_coluna>
DN008004141214_11045651_7.JPG

<legenda_imagem_nota>
E a gurizadinha aprende a jogar paredão

<corpo_texto_nota>
E a gurizadinha aprende a jogar paredão

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna