Como guardar dinheiro em 2018? 5 dicas práticas para começar a poupar

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Uma das mais tradicionais promessas de ano-novo é guardar dinheiro, né? A gente tenta, tenta… mas a verdade é que poucos conseguem colocar o plano em prática. Um levantamento feito pelo Banco Central mostra que 65% dos brasileiros não pouparam no último ano. Guardar dinheiro não é algo natural, requer esforço para boa parte dos mortais. Por isso a coluna dessa semana reuniu algumas dicas para tentar fazer a resolução de ano-novo entrar para a lista de itens realizados.

No livro Quero ficar rico, de Rafael Seabra, o autor defende que, para resolver os problemas financeiros, ganhar mais dinheiro não é necessariamente a solução: “A riqueza está pouco relacionada a quanto se ganha e muito mais relacionada a quanto se acumula e ao padrão de vida. Se você não consegue viver com 3 mil reais por mês, você também não será capaz de viver com 30”, escreve.

Para começar a guardar dinheiro em 2018, o primeiro passo é iniciar já. Sugiro que você tente, pelo menos, pensar um pouco mais sobre suas finanças pessoais e ver o quanto se dedica a cuidar do dinheiro que você trabalha para receber. Esse já é um excelente primeiro passo, mas não é o suficiente. Por isso tem mais cinco dicas aqui:
Dica 1
Quando estiver se sentindo baixo-astral ou muito empolgado, adie decisões de compras ou vendas. A emoção tende a maximar os estragos financeiros, então procure manter distância ou observar atentamente qual sua relação com o dinheiro quando está triste ou feliz demais. É um bom termômetro.

Dica 2
Conheça suas finanças pessoais. Se alguém perguntar a você agora onde vai parar a maior parte do seu dinheiro, você saberia responder? A maioria dos brasileiros não sabe, pois nem tem um orçamento pessoal. Faça a diferença e tenha organizado o que entra e o que sai todo mês. O método? Sugiro experimentar o caderno, a planilha de excel ou até aplicativos de celular. Teste!

Dica 3
Peça ajuda. Se você está tentando há tempos melhorar sua situação financeira, mas não está conseguindo, eu sugiro um profissional. A lógica é a mesma para quem está acima do peso e vai até um nutricionista. Se sozinha não está sendo fácil, tente um planejador financeiro. O profissional pode adaptar sua necessidade a um valor que você possa pagar e ainda ajuda a enxergar onde estão seus deslizes e pode contribuir para ter mais disciplina nas finanças, já que vocês tendem a ter encontros periódicos durante um tempo. Eu recomendo!

money-2696229_640
Dica 4
Motivação. Sabe o que faz teu olhar brilhar? Aquilo que te energiza é o que pode te ajudar a manter a disciplina nos gastos financeiros. Imprima uma foto seja do lugar para onde quer viajar, do apartamento onde quer morar ou da divida que quer acabar de pagar. Grude na geladeira e faça daquilo um gatilho para se manter na trilha.

Dica 5
Tente ter fôlego no orçamento. Evite parcelar e engessar seu orçamento, pois na maioria das vezes a sensação de bem-estar está ligada às atividades de lazer. Se você gastar quase todo seu dinheiro pagando parcelamentos do cartão de crédito e custos do aluguel, luz, telefone e condomínio vai sobrar pouco para fazer aquilo que te traz contentamento. Evite muitas amarras, mas tenha uma poupança forçada para não escorregar e acabar não reservando nada.

Bora testar?

Leia também
:: Dicas para ensinar as crianças a lidarem com o dinheiro desde cedo
:: 4 dicas de comportamentos para prestar atenção quando você está tentando poupar dinheiro

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna