“Felicidade Por Um Fio”: novo filme da Netflix fala sobre se libertar da busca pela perfeição (e do cabelo liso!)

Foto: Netflix
Foto: Netflix

Se você é assinante da Netflix já deve ter percebido que o serviço de streaming tem valorizado cada vez mais personagens negras em suas produções próprias. Pois na última sexta, 21, foi lançado Felicidade Por Um Fio. Desde o lançamento do trailer, o filme prometia tocar os corações de todas as mulheres que vivem em busca da perfeição, mas que, no fim, percebem que ser elas mesmas é muito melhor.

A comédia romântica conta a história de Violet Jones, uma publicitária perfeccionista além da conta, que não se permite errar. Desiludida no amor, ela começa uma fase real de autoconhecimento e o marco disso tudo é quando, por um erro químico capilar, acaba raspando o cabelo. O longa é uma adaptação de um livro do mesmo título, escrito por Trisha Thomas em 2000.

Resultado de imagem para Nappily Ever After netflix

Eu sempre bato na tecla do quanto é importante esse desapego da química capilar, porque não é só uma mudança de visual, é a gente entendendo que nossa beleza natural vale muito mais que o encaixe no que a sociedade considera belo. Para mim, assim como a protagonista do filme, a libertação do relaxamento (o big chop como chamamos) foi meu recomeço de vida.

Sem muito spoiler, Violet sofria com a pressão estética primeiramente da própria mãe, que não a permitia ficar sem queimar os fios em um pente fervendo para deixar seu cabelo liso. A mãe a mostrava que só assim ela seria alguém notável.

Violet, desde sempre, evitava se divertir na piscina, pegar chuva, tomar banho com os parceiros e qualquer outra coisa que pudesse tirar os fios do lugar. Se identificou? Eu sim, pois sofria muito quando alguma festa de amigos era em uma piscina.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O filme vai muito além de uma comédia romântica clichê, tem profundidade, é uma história de autoaceitação necessária. O que me fez pensar que, às vezes mostramos que somos fortes e inatingíveis, mas na verdade somos vulneráveis e a mídia e a sociedade inteira nos deixaram assim, com esse padrão louco de beleza que está a cada dia se desmanchando mais (ainda bem!).

A Violet, interpretada por Sanaa Lathan, sai da perfeição, simbolizada pelo cabelo liso, e vai para a verdadeira Violet, com seu cabelo natural. Isso aproxima demais a fase da mulher que estamos vivendo hoje, essa quebra de imposição, o empoderamento feminino, a importância da estética em nossas vidas.

Com certeza é uma das melhores obras originais da Netflix e que vai tocar todo mundo que assistir, principalmente quem tem cabelo afro!

Assista ao trailer de Felicidade Por Um Fio:

Leia mais:
:: Marca de maquiagens gaúcha enaltece a beleza da mulher negra: veja fotos do editorial
:: #ModicesInspira: 10 vezes em que Carla Lemos escreveu tudo o que precisávamos ler
:: Dá pra acreditar? Propaganda com família negra é acusada de falta de diversidade por não ter brancos

Leia mais
Comente

Hot no Donna