Lica Paludo: mistura imprevisível

Fotos: Marcos Campos/Divulgação
Fotos: Marcos Campos/Divulgação

A decoração de uma festa (e da nossa casa), não precisa ser previsível e toda combinada. Se na moda já temos a permissão de usar, sem sofrimento, bolsa e sapato em cores diferentes, nos ambientes que nos cercam podemos pensar fora do quadrado e trocar o convencional pela mistura de estilos.

Na foto de abertura, à volta da mesa comunitária, cadeiras, pufes, poltronas e sofás – móveis diferentes, assim como as diferentes histórias que cada um traz consigo. Abaixo, junto à mesa de pães e azeites, o antigo carrinho utilizado para entrega de pães.

A cadeira de jardim mereceu lugar na cabeceira da mesa composta com sofás e cadeiras de diferentes estilos.

No lugar da óbvia mesa, os doces foram dispostos neste arcaz em composição com obras de arte. Outro toque surpreendente: canteiros de flores nos gavetões do antigo móvel.

Para garimpar

– Em viagem, passear por feiras de rua e visitar antiquários é um programa perfeito para descobrir mais do estilo de vida e da história de um lugar. Na Europa, vale colocar no roteiro horas de deleite no Mercado das Pulgas de Paris e na Portobello Road, em Londres. Mais perto de nós, em Buenos Aires, o bairro San Telmo é o paraíso dos antiquários. Se o destino for o Uruguai, reserve lugar na bagagem, pois as lojas de antiguidade de Montevidéu e Punta del Este são irresistíveis.

– Em Florianópolis, uma charmosa feira de antiguidades ocorre aos sábados no Centro. Os tradicionais antiquários da região ocupam as calçadas expondo peças raras nas ruas João Pinto, Tiradentes, Antônio Luz, Victor Meirelles e suas transversais. Uma iniciativa que faz parte do projeto Viva a Cidade Florianópolis.

– Aproveite a inspiração para garimpar em família e descobrir peças bacanas que fazem parte de sua história. Preste atenção em móveis antigos, louças e objetos especiais muitas vezes esquecidos em um depósito ou que passavam despercebidos nas visitas à casa da vovó.

– A mistura de estilos também vale para peças mais contemporâneas. Philippe Starck, um dos meus designers preferidos, é considerado o papa da reinvenção do mobiliário. Sem medo de ousar e misturar, dita tendências com suas criações inusitadas.

Colaboração Katia Dornemann

Leia mais
Comente

Hot no Donna