Luis Felipe Di Mare: homens de atitude

Fotos: Luis Felipe Di Mare/Divulgação
Fotos: Luis Felipe Di Mare/Divulgação

Barbas, bigodes, cabelos grisalhos. Ninguém sabe o que aconteceu. Os homens de hoje são diferentes daqueles da semana passada. E também podem aparecer mudados num piscar de olhos. Meu, seu, cara, guri, rapaz, homem, menino, pai e por aí vai. Os gostos, estilos e idades variam, mas muitos traços e características associados ao universo masculino permanecem (quase) iguais.

Faz tempo que não desfilam em cavalos brancos, mas alguns ainda são reconhecidos como príncipes. Outros são mais ousados, não ligam para questões hierárquicas e ficam mesmo satisfeitos quando o título que ganham é o de macho, ainda que não comprovem isso numa partida de braço de ferro ouvindo rock and roll.

Notoriamente tudo mudou, eles também. Passaram a consumir mais moda, se importam com a saúde e com a virilidade, mas também pensam na pele, nos cabelos e, claro, nas roupas.

Podem ser da geração X, Y, Z ou da nem-nem. Preferem azul ao rosa, mas não escapam das outras cores, muito menos dos vários tons de cinza.

Atraem olhares, às vezes sem fazer esforço, e quase sempre apostam na monocromia. Mas atenção: essa palavra não deve ser associada a monotonia. Cada um imprime sua personalidade no estilo – que vai além da vestimenta. Tudo conta: o styling, os detalhes, os modos, as palavras, os cheiros.

 

00a3aff2

De ontem
Sapatos pesados e caretas com brilho impecável

De hoje
Óculos fashionistas. Vale lentes espelhadas e armações de tartarugas e onças

Pra amanhã
Mais magia, por favor.

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna