Luis Felipe Di Mare: o novo preto

Fotos: Luis Felipe Di Mare/Divulgação
Fotos: Luis Felipe Di Mare/Divulgação

Considerado um clássico e curinga para o guarda-roupa, não é de hoje que o preto é tido como acerto-fashion. Foi lá na década de 20 que o mundo se interessou mais pelas vestimentas pretas criadas por ninguém menos que Coco Chanel. Desde então, o tom se perpetuou como uniforme de simplicidade e elegância e agora surge maximizado tão forte e escuro como nunca vimos antes.

Nas ruas, apesar do calor e dos dias de sol, as pessoas abusam das peças pretas. Seda, poliéster, jérsei e nylon garantem o frescor para aqueles que se mantém fiéis ao pretinho básico. De fato, esperávamos ver mais tons de cinzas e marrons, mas até agora, pelo menos em Londres e Paris, na paleta dos sóbrios, quem domina é o preto.

Com a chegada do Vantablack teremos novidades e podemos até questionar a frase de Batista da Costa, usada por Portinari, que diz “o preto na luz é mais claro que o branco na sombra”. Esse tal de Vantablack na realidade é um material feito de nanotubos de carbono que absorvem 99,96% da luz. Criado por cientistas ingleses, o material é tão escuro que o olho humano não é capaz de enxergar. Por enquanto, a inovação será usada em câmeras e materiais astronômicos. Mas, já que hoje até para a Lua é possível viajar, pode ser que o Vantablack desembarque nas indústrias têxteis mais cedo do que pensamos. Quem sabe o seu próximo vestidinho preto seja invisível?!

 

00a437c1

00a43930

00a43931

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna