Luis Felipe Di Mare: trampolim de manias

Fotos: Luis Felipe Di Mare/Divulgação
Fotos: Luis Felipe Di Mare/Divulgação

Nem vem que não tem. Você pode me dizer que adora um decote profundo e que um jeans perfeitamente lavado é a melhor opção possível para um look casual nota 10. Mas pare, repare e olhe como podem ser interessantes um denim manchado para eles e silhuetas mais larguinhas para elas.

OK. O esporte nos pegou de jeito, as pinceladas artísticas se tornaram irresistíveis como admirar um muro estampado com street art e outros modismos realmente se tornaram febre máxima por toda a parte. Já sabemos e aí? Eis que as temperaturas nesse trópico não param de subir e as pessoas não se cansam mudar, ainda bem! As mulheres cortam os cabelos e os homens dizem bye bye para as barbas grandes e para a figura do hipster.

Na última semana observei muita gente entre Paris e Londres. Gente como a gente. Como quem não quer nada, esse pessoal bacana vai fazendo moda, sem afetação ou pretensão. Fogem do óbvio sozinhos, mas juntos diante do meu nariz, fizeram meu radar apitar. Vejo o que podem se tornar novas manias por aqui… e consequentemente por aí também.

Jaqueta jeans: com lugar cativo no guarda-roupa masculino, elas aparecem com toques especiais e acabamentos diferentes. Tie dye, mistura de tons, detalhes encerados ou estamparia singular.

Cortes inusitados: meninas deixam o piriguetismo de lado e, quase com os pés no chão e pouquíssima maquiagem, aparecem com roupas literalmente podres de cool. Antenadas, conseguem ser sexy sem vulgaridade e sem abusar de peças supercoladas e fendas infinitas.

 

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna