Mentalidade, qual é a sua? Aprenda a focar naquilo que é mais importante para sua vida e sua carreira

Foto: StockSnap
Foto: StockSnap

Tem uma lenda antiga que conta a história de um neto que pergunta ao avô sobre a batalha que acontece dentro das pessoas. Um lado da gente carrega a apatia, a preguiça, o medo, e o outro leva o otimismo, o foco, a disciplina. O menino pergunta: nesta disputa, quem vence? Ao que o velho sábio responde: assim como temos dentro de nós um lobo do mal e do bem, vencerá aquele que você mais alimentar. O conto é antigo e muito conhecido, mas ilustra o mesmo princípio da mentalidade que usamos para definir os passos seguintes que vamos adotar em nossas carreiras.

Parte da mudança na trajetória profissional começa a partir do desejo de dar um próximo passo. Você não precisa saber ainda qual é o passo, mas entender o que já não quer mais na sua vida ajuda muito – até porque no processo de mudança são poucas as respostas prontas.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No livro Mentalidade: Blinde a sua mente para encher o seu bolso, o autor Pablo Paucar afirma que 80% do sucesso é persistência. “As chaves são as pequenas disciplinas que se repetem todos os dias. Entender qual é o conjunto de ações diárias que fecham 80% do sucesso e aí executá-las sem parar”.

Gosto da ideia de mentalizar e verbalizar a mudança que desejo ver. Percebo que a gente costuma ter dificuldade de assumir aquilo que a gente verdadeiramente quer, às vezes dá vergonha, parece pretensioso. Falar em voz alta ou dividir com amigos nossas ambições as torna mais reais e as traz para o plano concreto também. Claro, na sequência, é preciso iniciar já com pequenas mudanças na rotina.

Geralmente o que nos paralisa é pensar a meta como algo grande e distante, difícil de alcançar. Mas se a gente fatiá-la e ir atingindo aos poucos, dia após dia, as pequenas realizações e os pequenos avanços dão uma satisfação bacana de entender que estamos no caminho certo.

Mudar de trabalho, conquistar um novo emprego ou desenvolver um habilidade faz parte de um projeto de focar naquilo que é mais importante. Como ensina o escritor Daniel Goleman no livro Foco, a atenção é como um músculo: se você utiliza pouco ele atrofia, e se você exercita ele se desenvolve. Afinal, onde a gente foca, expande. E mais: “Você recebe da vida o que tem coragem de pedir”, já nos disse a apresentadora americana Opray Winfrey.

Bora mentalizar e realizar!

Leia também
:: 5 passos para controlar o estresse do trabalho no dia a dia
:: Você já ouviu falar em soft skills? 

Leia mais
Comente

Hot no Donna