Moda democrática: 5 dicas para descobrir seu estilo sem cair na mesmice

Uma das questões mais frequentes que escuto é “Como descobrir meu estilo?“. Não há receita de bolo, é uma questão de auto-conhecimento, paciência e disposição para explorar opções e aos poucos ir encontrando o que gosta, o que a inspira e faz sentido na sua vida. Passada essa fase, talvez você descubra que faz o estilo mais básica ou que muitas vezes se pega repetindo as mesmas combinações e caindo na mesmice. As dicas de hoje são simples, mas daquelas que farão toda diferença no resultado final.

1 – Explore comprimentos e shapes diferentes

Não caia em uma rotina fashion, esteja aberta a testar combinações. Se o jeans skinny é seu melhor amigo, vale experimentar o shape mom ou uma versão mais curta do justinho. Se você sempre usa mini saia, entre em uma loja e prove um modelo mídi. Nós estamos sempre em evolução e nosso estilo acompanha. Por isso, dê uma chance ao novo, mas também lembre do próximo item.

Reprodução ShopBop Levi´s.

Foto: ShopBop Levi’s, reprodução

 

Divulgação Net-a-porter Iro.

Foto: Net-a-porter Iro, reprodução

2 – Não use algo porque todo mundo está usando

Lembre-se daquela frase típica de mãe: “você não é todo mundo!”. Não é porque está na moda que você precisa aderir. Use apenas o que te agrada e te deixa confortável. Babados são tendência e você não curte? Deixe passar. Cores estão em alta, mas P&B é seu combo favorito? Continue investindo nele.

Divulgação Zara.

Foto: Zara, divulgação

 

Reprodução Zara.

Foto: Zara, reprodução

3 – Não subestime a importância de uma boa costureira

Encurtar um pouco o vestido, ajustar a perna da calça, a bainha na altura correta… Quanto mais cuidadoso o caimento da roupa, melhor vestida você vai estar. Peças de alfaitaria em geral e calças costumam ser as candidatas mais frequentes às mudanças simples.

Divulgação Zara.

Foto: Zara, divulgação

4 – Invista mais em clássicos e acessórios, gaste menos em peças da moda passageiras

A matemática é simples, é a equação do custo benefício. Divida o valor da peça pela quantidade de vezes que vai usá-la. Uma bolsa clássica, um sapato impecável, um blazer extremamente bem cortado serão super usados, já aquela blusa de paetês coloridos ou a saia de verniz podem não sair tanto do seu armário. Gaste seu dinheiro pensando nisso.

Divulgação Net-a-porter Bottega Veneta.

Foto: Net-a-porter Bottega Veneta, divulgação

5 – O melhor guarda-roupa é aquele que combina entre si e rende

Versatilidade deve ser uma das principais palavras em mente quando você for às compras. Sempre que se encantar com algo na loja, pense no seu guarda-roupa e avalie se o item combina com outras peças. Se conseguir pensar em três formas diferentes de usar, leve. Caso contrário, melhor deixar para a próxima.

Divulgação Net-a-porter The Row.

Foto: Net-a-porter The Row, divulgação

 

Divulgação Net-a-porter Ganni.

Foto: Net-a-porter Ganni, divulgação

 

Divulgação Net-a-porter Equipment.

Foto: Net-a-porter Equipment, divulgação

Confira outras colunas de Roberta Weber
:: Jeans destroyed: como combinar a calça rasgada em looks sofisticados
:: 5 tendências que são a cara do inverno 2017
:: Poá é tendência: confira como adicionar ou combinar a estampa no look

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna