Paisagens lindas, muita cultura e boa gastronomia: confira um roteiro completo por Lima, no Peru

Foto: Lucas Brentano, divulgação
Foto: Lucas Brentano, divulgação

Viajar para o Peru do Brasil é muito fácil. Existem voos diretos, tanto de Porto Alegre como de São Paulo, que levam em torno de 4h30. A moeda local é o Sol e R$ 1,00  equivale a cerca de $ 1,038 soles. O povo peruano é muito querido, receptivo e atencioso, já o trânsito é um caos, então alugar um carro não é a melhor opção. Os táxis não são caros e são o melhor meio de transporte (importante negociar antes da corrida). Do aeroporto o melhor é já reservar um transfer – não se assuste quando chegar em Lima, a zona perto do aeroporto é muito feia, mas depois tudo fica mais bonito.

lima1

Lima é uma cidade que surpreende pela diversidade, atrações, carisma da população e a alta qualidade gastronômica. Para deixar sua viagem a Lima especial, preparamos um roteiro com tudo que você deve conhecer na cidade:

♦ Se você quer se sentir como uma local, a sugestão é se hospedar no Hotel De Autor, um boutique hotel no coração de Miraflores, com pouquinhos quartos e um atendimento especial que faz com que você se sinta em casa.

hotel3

♦ Comece seu passeio por Lima com um city tour pela cidade – uma sugestão é a equipe da Lima Tours . Durante o passeio, conheça o Centro Histórico, com destaque para a Plaza de Armas, onde ficam a Catedral, o Palácio Municipal, o Palácio de Lá Union e, ali pertinho, a famosa Casa O’Higgins, uma das mais antigas da cidade. A Plaza San Martin também é muito linda e merece uma visita.

IMG_1537

♦ Para os grandes apreciadores de arte, a capital conta com excelentes museus. O MATE, Museu do Mario Testino, no bairro Barranco, apresenta algumas das melhores fotos do fotógrafo em uma galeria pequena, mas bem moderna. O MALI, o Museu de Arte de Lima, é um dos principais da cidade. Já o Museu Larco é considerado o melhor museu para conhecer a história do Peru e ainda conta com um restaurante mega charmoso e delicioso para almoçar.

MATE2

♦ Barranco é o bairro mais boêmio de Lima. É lá que a arte, a noite e as raízes do povo peruano são enfatizadas. Além do Museu do Mario Testino, vale visitar a Igreja Santíssima Cruz, a Biblioteca Municipal e a famosa Ponte dos Suspiros. Muitas galerias de arte e lojas de design estão espalhadas pelo bairro, além dos grafites pelas ruas. E o mais fofo: uma casa de cada cor. O point da cultura em Lima.

barranco3

IMG_2154

Uma sugestão de almoço em Barranco é a Taberna Peruana Isolina, um pequeno restaurante bem tradicional com pratos típicos peruanos como o ceviche, lomo saltado e o asado de tiras con frejoles y arroz. Tudo é maravilhoso (e muito bem servido). Um lugar perfeito para provar a verdadeira culinária peruana.

isolina4

♦ O Mercado Inca em Miraflores é o lugar para quem busca os famosos artesanatos locais. Lá encontra-se uma pequena rua cheia de mini mercados com milhões de artigos locais. Mantas, almofadas, roupas e objetos decorativos tomam conta das banquinhas cheias de cores. Lembre-se de pechinchar para fechar o melhor negócio.

mercadoinca4

♦ O shopping Larcomar é um shopping a céu aberto com diversas lojas e restaurantes. É considerado um símbolo da cidade, apesar do estilo bem mais internacional. Conta com lojas multimarcas – conhecidas da maioria – e poucas de lojas peruanas. Um pôr do sol no Larcomar, tomando um bom Pisco Sour no restaurante Tanta, um dos vários restaurante do famoso chef Gáston, é uma excelente dica.

larcomar2

♦ Para jantar, você pode optar por restaurantes de chefs renomados, como o restaurante  Central, considerado o 5º melhor do mundo. Astrid & Gastón, do chef Gastón Acurio, 8º do mundo, também é opção. Maido e o popular, mas requintado, Rafael se somas às ótimas alternativas. Se você quer um jantar descontraído, vá até o Matria, mas se busca badalação, reserve uma mesa no Cala na beira da praia.

central2

♦ Os baladeiros podem gostar da La Destilaria para bons drinks, ou o Madbar no BTH Hotel.

Leia mais
:: Boa gastronomia e paisagens lindas: três dicas para fugir do óbvio no Chile
:: Temporada de verão em Mykonos: conheça oito bares e restaurantes imperdíveis
:: 14 restaurantes para comer bem pagando pouco em Paris

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna