Piangers: A maior maldade do mundo

Pexels
Pexels

A criação de um filho é um acontecimento tão mágico quanto comum, uma chance que a vida nos dá de sermos pessoas melhores. Mas há como ser triste, e cheio de raiva e rancor, quando o relacionamento dos pais não dá certo e os filhos são usados como uma arma de vingança. A mágoa desperta na gente os sentimentos mais baixos. A mágoa desperta na gente a vontade de ser mau, de fazer o mal. A mágoa desperta na gente o contrário de toda a beleza da criação de um filho. Ela nos mostra o nosso pior.

Outras colunas do Piangers?
:: Eu acho que você tá grávida
:: Uma festa móvel
::Coisa mais comum do mundo

Há de se curar com terapia, amigos, álcool, livros, música boa, lugar legal pra sair, amor novo. Há de se curar com a bondade dos outros, pra que nossa maldade diminua, nossa vontade de fazer o mal morra. Não se cura uma mágoa olhando fotos de ex no Instagram. Não se cura mágoa seguindo no Facebook. Não se cura mágoa desejando o mal, mandando mensagem de áudio desaforada no WhatsApp. Se cura com conversa. Não se cura mágoa usando os filhos pra ferir. Se cura com aperto de mão. E abraço, se você tiver uma alma grande.

Proibir um pai de ver seu filho é injustiça, não importa o que diz a lei. Usar um filho para machucar uma mãe é inafiançável, não importa o que diz o livro. O filho é nosso melhor, a chance de sermos melhores, a oportunidade de pensar além de nós mesmos. Mágoa não se cura com agressão, se cura com “me desculpa”. Tem que ser esforço conjunto. Tem que ser eu sei que posso melhorar.

Em um mundo perfeito casais se amariam pra sempre, teriam filhos fortes e de bochechas fofas. Em um mundo perfeito não haveria divórcio litigioso, não haveria vou te botar na justiça, não haveria alienação parental. Em um mundo perfeito você se esforçaria pra ser uma pessoa melhor, abriria mão do orgulho, não usaria uma criança inocente como arma para agredir alguém que te magoou. Assim seria um mundo perfeito. Um mundo que não existe, é claro. Mas todos os dias você pode empurrar a vida pra mais perto dele.
Ou pra mais longe.

Veja todas as colunas do Piangers

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna