Piangers: Eu vou dizer no que eu acredito

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Eu vou dizer no que eu acredito. Eu acredito que não existe céu e inferno, nem deus e nem o demônio, mas pode ser que existam anjos, não aqueles de asa e cabelo encaracolado, mas sim aquelas pessoas boas que andam com a gente na calçada e dizem “bom dia” e “por favor”. Eu vou dizer que eu acredito que talvez tenha umas coisas por aí que a gente não sabe explicar, como quando a gente fala a mesma coisa ao mesmo tempo, ou quando eu estava pensando em você e você ligou. Eu vou dizer que tem alguma coisa aí que a gente não sabe explicar. Como uma música que faz a gente chorar.

Outras colunas de Piangers?
:: Homem que brinca de boneca
:: Casa de Anita
:: O antissocial

Eu vou dizer que não acredito que exista o paraíso, nem ruas de ouro e mansões pra quem se comportou. Eu vou dizer que acredito que o paraíso é aqui, quando crianças correm descalças na grama comendo bergamota. Tem bastante coisa ruim nesta terra, mas eu acredito que não inventaram ainda nada melhor. Que se lambuzar de chocolate. Que quando sai um gol é bonito. Que quando toca o João Gilberto.

Acredito que o paraíso é aqui, quando minha filha segura minha mão; alguém diz que vai ficar tudo bem; a sogra dá um casaco de lã que ela demorou meses pra fazer. Acredito que piadas de sogra são injustas. Acredito que só deviam permitir piadas sem maldade, daquelas que crianças de oito anos podem ouvir. Eu vou dizer que eu acredito que não existe pecado, que tudo é permitido, mas tudo tem uma consequência. Eu vou dizer que acredito que quanto mais informação uma pessoa tem, mais humilde ela é. Eu vou dizer que gosto de quem diz que não tem certeza de nada.

Acho que a morte é escura e fria, um vento gelado no meio do mato. Acho que morrer é solitário e doído. Deve dar um dó de não ter feito mais coisa. Uma coceira pra saber como vai ser o dia depois do dia que eu morrer.

Eu vou dizer que acho que não tem deus, mas talvez tenha, mas tenho quase certeza que não é nenhum desses deuses aí dessas religiões. Acho que tá mais pra uma mulher. Acho que tá mais pra minha mãe, no céu, fazendo com que eu tome as decisões certas, não beba cerveja demais, saia de casa sempre com um casaquinho. Eu vou dizer que acho que, se existe um deus, é um deus pra cada um, e sempre a nossa mãe. Mesmo que a nossa mãe não tenha morrido, é ela lá em cima cuidando da gente. Eu vou dizer que eu não acredito muito nisso, mas acho que dá uma sensação boa imaginar.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna