Sexy, normal ou atrevida? Descubra que estilo inspira você| Ana Clara Garmendia

São 15h41min de uma tarde ensolarada parisiense. É minha estreia na revista Donna. O dia amanheceu quieto por aqui. É o feriado de 11 de novembro. Dia do Armistício, comemora-se o fim da Primeira Guerra Mundial. Assunto sério e os franceses param tudo em respeito a esse momento. Já senti o dia, percebi as cores. Tem um misto do azul do céu, do alaranjado das folhas de outono e do marrom dos troncos das árvores. Tudo isso pode ser transferido para a maneira que vou me vestir hoje. Por que não? Calça laranja, camisa jeans, sombra marrom. Fácil equilibrar.

Enfim, do que vou tratar nessas colunas semanais aqui no Donna? De tudestilo o que me inspira e que pode inspirar vocês também. Nesse frenesi do primeiro post, mostro os novos códigos de moda e você pode perceber como transitar entre eles. Tem um lado super sexy, mas às vezes não está a fim dele? Pode se inspirar no movimento da normalidade, da roupa de fim de semana e também do sportwear, que nada mais é do que usar peças de roupas de ginástica nas produções diárias. Isso quer dizer que vale colocar um scarpin com uma camiseta regata e uma calça larga de alfaiataria. O movimento é mesclar influências com aquilo você realmente acha que a inspira a ficar mais gata, mais sexy ou bem normal.

Tem dias que a gente precisa mesmo é estar sem nenhuma graça para a beleza natural aparecer. Isso se chama dress down. Vestir-se com menos frescura, menos produção, menos agressão visual ou menos montaria, usando o jargão dos fashionistas. Vamos lá? Não esquece: quem comanda essa sinfonia é você! Quer falar comigo? Manda mensagem sobre o que você gostaria de ver aqui na coluna. O que inspira vocês? Eu quero saber! Semana que vem tem mais!

A sexy

O que é ser sexy hoje? Mostrar a pele, mas não tudo. Dá uma passeada no vinil dos anos 80, mistura com o justo dos vestidos comprimento lápis dos anos 90 e coloca uma graça no cabelo. Os turbantes estão na linha nas mais diferentes versões. No make, o valor da boca e da pele perfeita. Produção para nunca mais deixar de usar. Apenas adapte a sua idade.

Donnafoto1

A normal 

A roupa do dia a dia te dá mobilidade, mas não é, de maneira alguma, sem graça. Apesar das calças largas serem vedetes, as leggings justas e mais curtas não saem do jogo. Inspire-se nos sapatos ou sandálias com salto compensado. Confortável e não estraga seu estilo.

Donnafoto2

A atrevida

Misturar estampas e comprimentos ainda é das tarefas mais complicadas para a gente fazer no vestir. As minissaias não desapareceram (já vamos ver que não é bem assim), mas 2014 foi o ano dos comprimentos longos. Como usar? Com os confortáveis compensados. Sapatos pesados que fazem o contraponto com a leveza dos tecidos de verão. As sedas entram forte em vestidos e em camisas.

donnafoto3

A que mistura tudo

Chiara Ferragni é a blogueira italiana que acabou dona de marca própria depois de tanto inventar moda. Ao vestir-se, ela mistura influências diferentes. Minissaia com os sapatos compensados e as malhas em comprimentos diferentes dão um ar de roupa de final de semana. Do tipo: acabou de levantar, misturou tudo, guardou o penteado da noite anterior e ganhou novamente a rua. É um bom modo de viver.

Donnaphoto

A que pisa com cuidado

Para as requintadas existe a delicadeza dos scarpins. Eles estão entre nós. Use e abuse quando puder caminhar bela com eles. Está aí a essência da inspiração: preservar a beleza. Não esqueça. Bye.

donnaphoto5

 

* Fotos: Ana Clara Garmendia

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna