St. Barths, o paraíso que é sinônimo de praias exuberantes no Caribe | Spice Up The Road

Saint Barthélemy – também conhecido como St. Barths, Saint-Barth e Saint-Barts – é um território francês e faz parte das Pequenas Antilhas, uma ilha paradisíaca de colonização francesa no meio do Caribe. Ou seja, sinônimo de praias lindíssimas, pessoas elegantes e educadas, estrutura europeia, hotéis maravilhosos, comida de primeiríssima, muito charme e romantismo.

São 16 lindíssimas praias para todo o tipo de visitante. Shell Beach é uma das mais bonitas e uma das minhas prediletas. Fica a alguns metros do porto de Gustavia e, como o nome já diz, é cheia de conchas na areia. Oferece um restaurante muito bacana, com pé na areia, e um por do sol daqueles. Outra praia linda (com o mar mais azul de todas) é a St. Jean. Badalada, é onde estão localizados o famoso hotel Eden Rock e o restaurante/bar Nikki Beach. Se o que você procura é um lugar calmo e mais paradisíaco, Colombier, considerada a mais linda de St. Barths, é uma ótima opção. Com um mar azul, calmo e transparente, fica escondida em uma reserva ambiental que pode ser acessada por uma trilha com caminhada de 15 minutos ou de barco. É perfeita para a prática de snorkel. Já Grand Cul-de-Sac e sua “irmã menor”, Petit Cul-de-Sac, são basicamente ocupadas por hotéis, garantindo uma relativa tranquilidade e também beleza natural. As praias mais frequentadas por jovens e um dos pontos de surfe mais populares da ilha são Flamant e Lorient. 

:: Spice Up The Road: 7 passos para planejar a sua próxima viagem

Untitled-s

Untitled-sw

ssw

Gustavia fica em uma parte central da ilha e é onde tudo acontece. Restaurantes, bares e lojas estão por ali. É um ótimo lugar para passear depois da praia. Principalmente pela Rue de La République, onde as lojas de grife estão. A Jicky Marine, com vários iates lindos e outros barcos de passeio, também merece uma visita. Outra programação bacana é conhecer o centrinho de St. Jean, que fica entre o Eden Rock e Nikki Beach, com várias lojinhas bonitinhas com produtos praianos.

spiceup2

colunaspice2 

Período e clima

A ilha tem um clima seco, com muito sol e com ventos alísios que ajudam a amenizar o calor. O grande problema é que, às vezes, eles são fortes demais e atrapalham muito um dia de praia (areia no rosto é comum). O período mais chuvoso é entre os meses de setembro a dezembro. De novembro a maio, as noites são um pouco mais frias. E de junho a novembro, esse clima ideal pode ser interrompido por uma tempestade tropical em sua forma mais extrema (furacão), o que faz com que alguns estabelecimentos fechem as portas. A melhor época, então, para visitar a ilha é entre os meses de dezembro e março, quando todos os hotéis e restaurantes estão abertos.

 

Preparação

Brasileiros não precisam fazer visto para entrar em St. Barths, apenas um passaporte com validade de 6 meses e a vacina da febre amarela. A permanência na ilha deve ser de, no máximo, 90 dias, mas isso não é um problema, pois o tempo ideal para desfrutar desse pedacinho do caribe é sete dias. Você pode chegar na ilha de avião ou barco. O avião leva 15 minutos e é uma aventura. O barco em torno de 1 hora, e geralmente balança muito.

colunaspice3

 

Restaurantes

A gastronomia é predominantemente francesa. Mas, como todo local turístico, encontrar-se todo tipo de comida. Restaurantes lindos, charmosos e de comida espetacular são:

Bagatelle

Opção na marina de Gustavia para um jantar divertido. A comida é maravilhosa. Depois de um certo horário, a luz diminui, a música aumenta e o pessoal começa a subir nas cadeiras e dançar. Uma festa!

colunaspice4

On the Rocks

Restaurante do Hotel Eden Rock, fica em cima de rochas na beira do mar. É chique e tranquilo. Quem comanda a cozinha é o famoso Jean-Georges Vongerichten. O cardápio, comida francesa, claro.

colunaspice5

Bonito

Considerado por muitos o melhor da região. Lembra uma casa de praia. A culinária é latino-francesa, com um cardápio bem variado, com opções criativas e gostosas. O lugar é um charme.

colunaspice6

Bartolomeo

Restaurante do Hotel Guanahani & Spa bem típico da cultura francesa: sério, formal, atendimento diferenciado, cardápio recheado e pratos servidos em pequenas porções. A cozinha é comandada pelo Chef Nicola de Marchi. A comida é realmente deliciosa e especial.

colunaspice7

L’isola

É um dos melhores italianos da ilha. Fica em Gustavia, perto das lojas e da marina. O local é sério, com uma luz baixa e um ambiente calmo. O menu oferece sabores típicos da Itália. Tudo bem servido e delicioso.

colunaspice8

 

Onde ficar

A hospedagem na região não é tão acessível, mas a variedade de hotéis e pousadas é grande. Sugiro três hotéis (bem bacanas, ou seja, $$$$):

Hotel Eden Rock

Um dos mais conhecidos de St. Barths, fica entre o aeroporto e o Nikki Beach, bem no centro de St. Jean Bay. Tem vista para os recifes de coral e está em uma praia de areia branca e águas cristalinas (lindíssima). Foi um dos primeiros hotéis da ilha a serem construídos e fica literalmente em cima de uma pedra.

colunaspice9

colunaspice10

Hotel Guanahani & Spa

É um pouco mais afastado de St. Jean e Gustavia.

O único com uma praia particular. É conhecido como um refúgio de luxo, conforto, elegância. O Spa by Clarins é o mais famoso da região. Perfeito para famílias ou quem curte atrações aquáticas.

colunaspice11

colunaspice12

Hotel Isle de France

Em Flamands Beach, ao lado oposto da ilha onde fica o Hotel Guanahani, é o mais novo dos três hotéis e se destaca pela decoração elegante, que se mistura com o azul do mar. É considerado um boutique-hotel de luxo e por isso é o refúgio de muitos famosos que passam por St Barths. Ideal para lua de mel.

colunaspice13

colunaspice14

Aproveite esse paraíso! Bon voyage!

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna