Thamires Tancredi: afinal, quem é que pode usar biquíni?

Vanessa Braga é uma das centenas de meninas que se inscreveram no concurso Garota Verão, promovido pela RBS TV. No último domingo (18), a adolescente de 14 anos desfilou na passarela do Tchê Park como uma das candidatas a representar a cidade de Canguçu, município do sul do Estado, na grande final em Capão da Canoa, marcada para o dia 28 de fevereiro. Vanessa estava de acordo com todos os itens do regulamento do Garota Verão: é solteira, sem filhos, tem entre 14 e 20 anos. Como é menor de idade, precisou da autorização dos pais ou responsáveis legais para participar. Ah, mais uma característica de Vanessa: ela não é magrinha como a maioria das modeletes juvenis – e talvez até se enquadre nos tamanhos plus size. Com os longos fios de cabelo presos em um rabo de cavalo – ou colinha, como chamam os habitantes da Metade Sul – e usando um biquíni verde com estampa tropical na parte de cima, ela deu a volta ao redor da piscina enquanto segurava uma placa com o número 11, procedimento repetido pelas outras 10 garotas que se apresentaram aos jurados antes dela. Vanessa não foi a escolhida como a Garota Verão Canguçu, mas sua foto não para de circular pelo WhatsApp e nas redes sociais – bem mais do que a de qualquer uma das candidatas já escolhidas para a final, aliás. O motivo? Vanessa usou biquíni.
 

 

Fernanda Gentil é jornalista, apresentadora do programa Globo Esporte e foi uma das profissionais mais requisitadas da emissora durante a cobertura da Copa do Mundo, no ano passado. Na última terça-feira (20), a repórter de 28 anos escolheu o mesmo programinha que outros cariocas adoram para as horas de folga: passou o dia na praia. Com o calor de rachar que os termômetros denunciavam durante a última semana no estado fluminense, ela aproveitou para se refrescar na água e reforçar o bronzeado. Horas depois, o portal de notícias R7, braço web da emissora Record, publicou uma matéria com o seguinte título: “Expectativa x realidade: veja o que acontece quando Fernanda Gentil tira a roupa”. A nota seguia com uma generosa galeria de fotos de uma Fernanda sorridente na praia. Nas legendas, multiplicavam-se termos como celulite, bumbum reto e até “elogios” ao figurinista da Globo, que “consegue disfarçar tão bem as imperfeições”. O motivo? Fernanda usou biquíni.

r71

Betty Faria é uma atriz de 73 anos dona de um currículo que enumera mais de 30 novelas, 20 filmes e duas capas da Playboy. Em meados de 2013, depois de ficar 15 dias doente na cama – conforme contou à revista TPM -, Betty foi à praia para comemorar a recuperação. De biquíni, deu um mergulho e pegou onda “estilo jacaré de peito”, como aprendeu desde cedo nas areias de Copacabana. Mas bastou sair da água para atender o primeiro dos telefonemas nada animadores que receberia naquele dia. “Tão detonando você”, revelou o empresário dela. Após ter os flagras de um paparazzo publicados em sites de celebridades, a eterna Tieta viu se multiplicarem nas redes sociais críticas ao figurino escolhido para, bem, ir à praia. O motivo? Betty usou biquíni.

aos-71-anos-betty-faria-usa-biquini-em-praia-carioca447a0bce75b77842ba290d7d0f00916a

Afinal, o que incomoda tanto os olhos e faz vibrar as línguas do mundo quando mulheres como Vanessa, Fernanda e Betty vestem as duas peças do traje de praia? Só pode ser o amor próprio que esse trio tem de sobra.

Veja também
:: 5 frases que as gordinhas não aguentam mais ouvir
:: Os 10 mandamentos plus size

Assim como as outras 10 candidatas que subiram ao palco do Tchê Park naquele domingo de sol, Vanessa queria participar e, talvez, ser escolhida como a Garota Verão de Canguçu – porque ela nada tem de diferente das outras meninas, além do número do manequim. Porém: havia alguma regra sobre o tamanho da cintura de quem quisesse se candidatar? Obviamente, não. Também não constava no regulamento restrição alguma ao peso, à altura, à cor do cabelo ou dos olhos – características essas que são únicas em cada uma das adolescentes. Vanessa estava apta a concorrer como qualquer menina do município entre 14 e 20 anos, e assim o fez. Vanessa não é diferente de nenhuma das demais candidatas a Garota Verão. Vanessa só não é igual aos críticos-de-sofá-e-smartphone que enxergaram problema em uma garota que veste mais do que o tamanho 36 participar de um concurso de beleza. Há quem diga que Vanessa precisou de coragem para vestir um biquíni e subir naquele palco porque queria “quebrar paradigmas”, mas acho que o que ela teve foi apenas vontade. Vontade de participar de um concurso de beleza porque, provavelmente, ela se olha no espelho e se vê tão bonita e normal como a amiga de cinturinha fina – e ela é. Porque Vanessa, como muitas outras pessoas por aí, não se acha diferente por fugir aos padrões – e não é. Vanessa talvez jamais tenha ouvido falar de feminismo e empoderamento, mas ela sabe que vestir um biquíni é um direito dela tanto quanto de qualquer uma das outras candidatas. O pudor, o estranhamento e o preconceito vieram de quem, infelizmente, acredita que Vanessa tem algum motivo para esconder o próprio corpo.

:: “Fui lá e arrasei”, diz a candidata de Canguçu sobre a polêmica no Garota Verão

10897753_334675440055699_6899365044362087542_n

É o mesmo pensamento mesquinho que levou o redator do portal R7 a reunir as fotos de Fernanda Gentil e dizer que ela enganava quem a via na TV ao propôr um “expectativa x realidade”. A manchete continuava com o convidativo e clicável título “veja o que acontece quando Fernanda Gentil tira a roupa”. Sabe o que acontece quando Fernanda tira a roupa? Ela fica pelada. E só. Aliás, pelada não, porque, como qualquer outra mulher que vai à praia, a jornalista estava de biquíni. Mas, para o autor da nota, Fernanda foi a mentirosa do século porque, junto com “o figurinista da Globo, consegue disfarçar todas as imperfeições”. Dúvida que não sai da minha cabeça: alguém lembra de ter ligado a televisão e visto Fernanda dizer que, ao contrário do resto do mundo, não tem nenhuma celulite? Eu também não. Como se a situação já não estivesse complicada para o site de fofocas, a apresentadora rebateu as críticas anunciando que estava grávida de dois meses. Não que ela precisasse de justificativa para a barriguinha – que é dela e não ocupa o espaço de ninguém no mundo -, mas tem como ser melhor? Tem. Algumas horas depois, o portal tirou a matéria do ar – não sem antes ser sufocado por xingamentos, claro – e o diretor do site mandou um email pedindo desculpas. Veja:

Lamentamos profundamente que a galeria de fotos com Fernanda Gentil aproveitando a praia no Rio de Janeiro possa ter constrangido a jornalista, principalmente nesse momento especial na vida de qualquer mulher, que é a gravidez. Optamos, inclusive, por retirá-la do ar.

Classuda que é, Fernanda não só aceitou como também fez questão de levantar alguns tópicos que realmente deveriam gerar polêmica e virar pauta por aí:

E vida que segue, com todos nós dando importância ao que realmente merece e nos esforçando por um mundo melhor não só para o meu, mas para todos os filhos que estão, e que vêm por aí. Senti muita alegria por saber que sou tão querida, e até um pouquinho gostosa, sim. Mas senti vergonha de ser tão falada hoje, dia em que deveríamos estar agindo mais para que Ricardos [surfista morto brutalmente em Santa Catarina] e Larissas [menina vítima de uma bala perdida no Rio] não voltem a nos deixar tão precocemente. Desculpas aceitas, Record. Porque o perdão é uma das primeiras virtudes que quero ensinar ao meu (minha) filho(a).

Print da matéria do portal R7Reprodução da matéria do portal R7

Sabe qual outra virtude pessoas como Fernanda também provavelmente ensinam para os filhos? Que todo mundo envelhece – e isso é motivo de gratidão e orgulho. É esse o discernimento que falta para quem crítica mulheres que, como Betty Faria, usam biquíni aos 73 anos. Ou as quarentonas que usam minissaia, as cinquentonas que vão ao shopping com decotão. Há alguma lei na Constituição que obrigue a cidadã, a partir de determinada idade, a deixar suas peças de roupa preferidas dentro do armário? Em um país libertário como o Brasil, em tese, é óbvio que não. Mas foi com o afinco de perseguir uma criminosa que a patrulha-cricri-das-redes-sociais chamou Betty de “velha baranga, dissituada, sem espelho”. Espirituosa que só, a atriz escreveu um texto para a revista Lola em que confessou que, quando a raiva passou, chegou até a pensar em se cobrir mais.

– Então querem que eu vá à praia de burca, que eu me esconda, que me envergonhe de ter envelhecido? E a minha liberdade? – declarou Betty na publicação.

– Depois de tantas restrições alimentares, remédios para tomar, exercícios a fazer, vícios a evitar, todos próprios da idade, ainda preciso andar de burca? E o prazer, a alegria, meu humor? – completou.

043058968-EXH001

Não, Betty. Dissituados são os que pensam que os anos vividos são motivo para se ter vergonha e comportar-se como alguém a beira da morte, que não tem o direito de ir à praia, tomar uma caipirinha e usar biquíni. Velhos são os que, aos 20 e poucos, acreditam que uma garota não pode se inscrever em um concurso de beleza porque não tem o corpo da Gisele Bündchen. Sem espelho são os que bradam que uma mulher está enganando alguém ao andar pela areia “revelando” celulites. Porque, afinal, todo mundo pode usar biquíni. Vanessas, Fernandas e Bettys por aí: o litoral e as piscinas desse verão escaldante são todinhos de vocês.

As últimas do Donna
Comente
  • Nanna Bricks

    Pode usar um biquíni quem tiver vontade de usá-lo – como sempre foi! Pelo menos nas praias espalhadas pelo mundo a fora…Se agora blogs, portais e outras coisas do gênero passam a criticar tudo , que o façam. A aprovação ou a recusa do fato divulgado pode ser imediata, mas a verdade é que nada muda no mundo com isto! A comunicação imediata é fogo de palha! Arde rápido e depois apaga. Amanhã teremos novo assunto para discutir e assim está caminhando a humanidade! Rumo à banalidade, ao jocoso, ao vulgar, ao ordinário, ao ridículo…Por isto não teremos mais um Honoré de Balzac para nos deliciar, um Paulo Mendes Campos, um Rubem Braga, um John Steinbeck. Hoje é comum e inútil a existência de milhares de pessoas desconhecidas e complexadas mantendo blogs na rede mundial revelando a vida estúpida que levam , contando mentiras, tentando ganhar presentinhos e vantagens das empresas que citam e tudo isto em vão. Continuam sendo, sempre, o lixo da internet! No caso da menina de Canguçu, obesinha de biquíni, tão caricata, coitadinha, deveria até ganhar o concurso. Afinal, igual a ela é a maioria das mulheres que frequentam as praias gaúchas! Pode ser cruel, mas é a pura verdade! As ninfetas esguias e lindinhas são raras e todas participanto do tal concurso, sonhando em não mais ter que passar o verão em Capão da Canoa…

  • kisla santos

    Bom dia, estou, me tratamento de um câncer de mama .Sabe assumi minha careca. O que observo que a sociedade não aceita que eu ando assim.Sociedade que vive de aparência.Da mesma forma como estas mulheres da matéria acima estão felizes com suas vidas, também estou .Me olham como se estive com a data de validade vencida , então olho, sorrio e digo,TENHA UM BOM DIA.,e fico feliz, afinal acredito que consegui quebrar alguns preconceito.Afinal somos normais. Abraços

    • Nadyne Dias

      Parabéns! Hoje em dia temos que fechar os olhos para as opiniões alheias e viver a NOSSA vida. O resto é o resto 😀

    • Cristiana Ferraz Coimbra

      Kisla, quando minha irmã teve câncer de mama e perdeu os cabelos também assumiu a careca. Aliás, assumimos: raspei a cabeça também para sentir como era. E quer saber? Foi libertador! Meu namorado na época foi comigo quando fui raspar o cabelo, que tinha 30 centímetros de cumprimento. Um HOMEM de verdade, como tantos que conheço. O resto não vale nosso tempo. Força e coragem! Lá se vão sete anos do tratamento da minha irmã, que está totalmente curada. Vc tb há de ficar. Conte com minhas orações. Abraços.

    • Jessica Carreiro

      Kisla! Minha sogra teve mieloma múltiplo e infelizmente não esta mais entre nós… Mas ela foi um exemplo de beleza e alto astral ! Foram dois anos de luta e onde ela ia tinha que ser de máscara e chapéu ou lenço…. As pessoas olham mesmo….e sabe o que era legal ? Quando perguntamos se ela queria peruca a resposta foi : que nada ! Minha cabeça é linda e vou assumir ela !!! E o mais legal foi quando eu me dei conta que nós que a acompanhavamos ficávamos mais incomodados com os olhares do que ela ! Então flor ! A sociedade que se lixe flor ! Bola pra frente e faz o que quiser ! Melhoras e excelente recuperação pra VC ! :*

    • Carla Nunes

      Parabéns por ser feliz e expressar isso…tuas lutas, com certeza, te fortaleceram e te deixaram mais preocupada com a tua felicidade, teu bem estar do que com a opinião do outro. Muita saúde e luz para ti.

    • Karen Matias

      Também passei por isso no ano passado e quando me encaravam eu sorria e dizia: Pois não, em que posso ajudar?

    • Beto Schulda

      parabens!! vitoriosa, orgulhoso de voce

    • Miriam Corral

      Você é linda, Kisla. Nem precisa de foto pra saber. Uma mulher que tem o amor-próprio e a segurança para andar por aí do jeitinho que decidiu só pode ser linda. Feias são as que ainda não aprenderam a se amar!

      Muita saúde pra você, viu? Graças aos cientistas sérios, hoje temos muitos recursos para tratar essa doença. Em breve, você poderá olhar para trás e dizer para si mesma: “Eu sou uma vencedora!”. E, depois disso, não haverá absolutamente nada que tenha a capacidade de te causar medo ou tristeza (mas, se tiver, desejo que sempre tenha com quem contar!).

      Ande carequinha, de turbante, de peruca, de faixinha colorida, enfim, do jeito que quiser! A única coisa que importa é que a sua cabeça esteja erguida, não decorada de acordo com gostos alheios!

      Da mesma maneira, seu estado de espírito e sua reação emocional à doença também não devem ser ditados por ninguém. Viva o que precisar viver, sinta o que precisar sentir e supere tudo, mas do seu jeito e ao seu tempo.

      Força, guerreira! Força e alegria! =)

    • Cíntia Gonçales

      Flor, tem 6 meses q acabei um tratamento para linfoma, tb assumi minha careca e os cabelos estão crescendo, estou morrendo de saudade dela. As pessoas olham mesmo, foram pergunta pra minha mãe, se era moda andar careca, olha só q absurdo, minha mãe é uma pessoa muito calma, mas respondeu, disse q se essa moda pegasse, muitas mães enterraram seu filhos muito jovens, e disse q eu estava com câncer. A pessoa nunca mais olhou na cara de minha mãe, com certeza não tem coragem de se desculpar. Relaxa. E tenha um bom tratamento, q a cura venha de jatinho. Deus a abençoe.

    • PauloPennaforte

      Olha, Kisla, no que depender de mim você pode desfilar tranquila e charmosamente sem cabelo. Parabéns pela tua atitude e decisão.

      Eu acho uma graça mulher carequinha, pena que não lançaram a “moda”.

      O que me desagrada é saber que tem gente que se preocupa com a aparência de outra pessoa, como você, e não com sua saúde.

      Tenho uma grande amiga em tratamento de câncer de mama, ela tinha longos cabelos loiro-arruivados lindos. Tentei de todas as maneiras convencê-la a deixar a carequinha, que ela iria ficar tão graciosa quanto com seu longo cabelo, mas como é uma pessoa ultra insegura, saiu correndo atrás de uma peruca ainda antes de começar o tratamento.

      Uma lástima!

    • Danielle Steffen Decruz-sanche

      Eu raspei a cabeça 4x, e me perguntaram se tinha câncer. Não, graças a Deus não. Raspei porque queria, porque deu a louca, porque o cabelo é meu e ponto. Gosto de sentir o vento na cabeça, o frio, a chuva. Cada um cuida da sua vida. Chefe ficou chocado, marido balançou a cabeça e riu, e a vida segue.
      Sinceramente, as pessoas deveriam estar dando apoio a você, te abraçando, te ajudando com a casa, com os filhos, e não te julgando. Isso é coisa de gente mesquinha.
      Cabelo para de crescer quando a gente morre. Mas tem gente que o cérebro (e o bom sendo, e a compaixão, e a humanidade) atrofiou e morreu há muito, muito tempo.

  • Kamylla Lemos

    Thamires arrasando como sempre <3

  • Fernando Barlavento Alves

    Texto sensacional e não sensacionalista ,infelizmente “nós” criamos esse monstro chamado mídia marrom,esse gente desocupada que pensa que cuidar da vida alheia é trampo .
    Penso que são um bando de mortos de fome,jornalistas frustrados ,profissionais de merda ,que não deram certo e não são capazes de partir pra outra ,mas assim como o arroz,o feijão e a cocaína ,tem quem compre ,portanto ,isso não terá fim.

  • Rose Gerling

    Usa biquini quem quiser. Eu não uso mais, me acho gorda, me acho velha, mas admiro quem usa. Eu adorava. Comprei meu primeiro biquini em 1965 em Copacabana, adorava.

  • Marcos

    ORGULHOSO DA PRIMA THA!

  • Karine Paze

    Thamires! parabéns a vc e a equipe, este post reflete profundos valores da vida moderna e que fazem doer a alma e ferir os sentimentos de outras, a profunda busca da perfeição!
    Equipe Donna, vcs são ótimos!

  • Lédio

    Parabéns, excelente matéria, a ignorância é que cria o modismo, aceitar o ser humano é o primeiro passo para uma vida feliz. Quem disse que tem que ser desse jeito ou daquele. Ser você é a melhor coisa. Toda beleza aparece quando conhecemos as pessoas. Quem nunca conheceu alguém que na primeira impressão parecia insuportável e depois tiveram uma grande amizade. Já vi o machismo dizer como o cara deixou aquela mulher “gostosa”, simples ele conheceu o interior e não só a casca, sendo que o inverso também é verdadeiro.

  • ALIMAC

    Cada mulher é linda do seu próprio jeito!

    • Stay Puft

      tem umas q sao feias de todos os jeitos

    • Bia Machado

      Você não coloca sua própria foto porque é feio(a) de todos os jeitos também? Se um espelho não estiver prestando, compre outro.

    • Stay Puft

      kkkkkkkkk, mesmo que eu fosse feio isso nao teria a menor importancia, pq quando chegou a vez das mulheres escolherem como os homens devem ser, elas responderam -bem sucedidos.

      quem escolheu beleza foram os homens…

  • Euripedes

    Não tem nada por admirar, o que esperam de uma mídia que ganha dinheiro usando as pessoas ? É bem visível que a mídia estereotipa o modelo que elas vedem, se não dar mais lucro para eles vão esculhambar mesmo. Já é de muito tempo que a mídia aproveita das mulheres, da desgraça alheia para vender, para ganhar. O carnaval vem ai, e algumas mulheres serão carregadas em carros alegóricos e ganhar milhares de reais para fazer teatro, enquanto um bando de trouxas vão preencher os espaços, pensando que virou festa, enquanto algumas pessoas estarão sorridentes tirando lucro, e curtindo de fato. É papel da mídia atrair, condicionar, para o povo gastar. Atores, jogadores, apresentadores
    ( algumas marionetes); sempre irão fazer de bons mocinhos para alienar o povo a gastar, e mesmo estes quando não derem mais lucros, podem cair na gozação que caem o povo. Novelas e suas revistas; que grande ilusão ficar presos nessas produções ilusórias; parem de ser alienados e preocupados com a mídia, o que eles visam é lucro, e vão fazer o que for preciso, até passar por cima das pessoas. O teatro da lei aurea ja se faz tempo, e até quando vão continuar escravos da modernidade ?

    • Stay Puft

      se liga, é o povo que controla a midia e nao o contrario

  • Danielle Steffen Decruz-sanche

    O problema é que o Brasil não tem nada de libertário. É um país machista e atrasado, onde mulher que presta é aquela que tem corpo, e só. Onde mulher faz cesárea por medo de ficar laceada lá embaixo e perder o companheiro. Onde os salários são diferentes, muito diferentes, pra homem e mulher com mesma função e mesmo desempenho, na mesma empresa.
    O que se entendeu como “liberdade sexual” da década de 70 não foi liberdade coisa nenhuma. Foi sim o brasileiro se sentir no direito, empoderado, de escolher mulheres de acordo com a bunda e cintura (agora de acordo com as tetas também), de realizar o fetiche de ver o troféu dele ser cobiçado por outros machos machistas, mas quem come é só ele, claro. Esse é o problema. Saímos de uma sociedade que valorizava a mãe, o trabalho doméstico, em que as mulheres eram respeitadas por serem parte de uma família, pra cairmos numa sociedade em que não interessa o quanto você estude, não interessa o quanto você se desempenhe, não interessa quão boa mãe você seja, não interessa o seu caráter, o que vale é a bunda que você tem.
    Não estou falando para voltarmos ao que era antes. O que era antes também existia em outros lugares do mundo. Mas o problema é que nos outros lugares do mundo, como Europa ocidental e EUA as coisas andaram no sentido da igualdade de oportunidades, de salários mais decentes, de parceiros mais sensíveis a esses assuntos, de um sexo menos pintocentrado, e assim por diante. Enquanto no Brasil, fala sério, a coisa é centrada no quanto valemos como bonecas infláveis.
    E ainda fazem isso com uma média de 13 cm. Que tristeza a perspectiva de vida da mulher brasileira, ser mulher inflável de algo tão pouco, digamos, interessante.

    • ricardo

      Eu como homem sinto um pouco de discrepância quando o assunto é salário, ganho muito bem mas conheço uma mulher na empresa que tem cargo de confiança e ganha R$3100 reais menos que eu, fico um pouco sem graça por que homens e mulheres tem que ter direitos iguais e acho que essa super mulher merecia ganhar mais do que eu na área em que atua.

    • teca

      Nossa vc foi simplesmente perfeita

    • Giselekam

      Danielle sua mensagem deveria ser lida pelo mundo inteiro, vc foi perfeita!!!

    • Bruna Mendes

      Obrigada por esse texto!

  • Julia flores

    As pessoas preconceituosas que ficam atacando celebridades ou pessoas comuns só fazem porque tem público, se forem ignoradas ou não tiverem sucesso suas postagens,
    irão com certeza diminuir esses ataques de crueldade!!!

  • maria

    Realmente o gordinho sofre em qualquer circunstância. Sofre por ser gordo sendo ponto de referência ” ali perto daquele gordinho” e sofre qdo emagrece pois segue ponto de referência ” ali perto daquele que era gordo aquele que emagreceu” . infelizmente vivemos num mundo em que a aparência vale mais do que outros atributos. As pessoas no geral valorizam o visual. É triste mas é a realidade. Emagrecer hj pra mim é preciso por questão de saúde.. Aparência magra é consequência .. E o resto é o resto pois não dou importância para aqueles que sequer merecem ser um problema em minha vida.

    • Stay Puft

      é dificil de entender que sexualidade tem tudo a ver com estetica?

    • deisegaray

      Olha, não tem mesmo! A não ser que tu esteja falando em escolher pessoas em catálogos. Se tu tem pais com mais de 40 anos, que não fizeram plásticas e moram em academias, deve imaginar que exista sexualidade entre “velhos” e gordinhos enrugados! Sinto muito…

  • Sandra Santos

    oi!primeiro quero dar os parabens pela matéria, e em segundo,quero deixar aqui registrado o meu total apoio as pessoas que asima de tudo tem amor próprio e alto estima pra usarem e serem o que quiserem, independente das opinioens dos outros vamos focar no que realmente é importante em nossas vidas e deixar de lado esses preconceitos tolos!

  • Kelly Mendonça

    Texto perfeito!

  • Karina Riegel

    Isso é coisa de gente pobre de espírito, pessoas que não gostam de si mesmas e criticam os outros por estarem vivendo sem se importar com a opinião besta dessa gente. Não vejo nada demais, querem que elas vão de calça e blusão pra praia??? Vão arranjar algo pra fazer… R7 devia sair do ar…

  • Elidia Rosa

    Humm…que legal ZH, publicar expressões diversas do padrão que este mesmo jormal dissemina nos editoriais de moda por aqui. Que tal passar do discurso e começar exibindo “corpos reais ” em suas matérias?

  • Augusto Barros

    ALELUIA!!!
    Um colunista do Zero Hora que falou algo que preste e não vai ter que escrever um texto no dia seguinte sobre como ele não foi bem compreendido!
    Moça, a senhora não tem um tempinho para dar umas aulas aos seus pares David Coimbra e Paulo Sant’Anna sobre respeito, empatia e caráter?

    • https://www.facebook.com/josianedaniela.mai Josi

      Vdd Augusto…. o colunista esta de PARABÉNS mesmo. E é vergonhoso termos que ler certas coisas de pessoas com ideias tão pequenas, e o pior, que se dizem profissionais. Vergonhoso!!!! Nossa…. adorei a atitude da menina que foi de candidata a garota verão… deveríamos, nós como leitores, bons leitores, apoiar a menina com um grupo de incentivo a carreira dela em uma rede social…. o que acham da ideia??? Não podemos deixar ela parar de sonhar…. vamos lá Vanessa… estamos torcendo por você!!!!!

  • Linda

    Todo mundo é hipócrita. Inclusive quem faz textinhos dizendo que todo mundo é lindo e tal. A verdade é que – infelizmente – é praxe cutucar um amigo, mostrar o vizinho e soltar o comentário maldoso: “Olha [a roupa, o cabelo, o corpo…] daquela fulana ali”. Quem nunca criticou a colega de trabalho mal vestida (de acordo com os próprios conceitos do que é se vestir bem)? Quem nunca falou mal do corte de cabelo de alguém? Quem nunca riu da gordinha, da baixinha, da oriental, da espinhenta…? Todos queremos parecer anjos na hora de nos exibirmos na internet, mas na prática, todo mundo fala de todo mundo. E o hábito está tão arraigado na sociedade, que a maioria o faz sem nem perceber. Muita gente vai ler estas palavras e pensar: “Mas EU não falo dos outros”. Mas fala. Ah, fala!

    • Camila Bandeira

      Lamento lhe informar, minha cara, mas eu não falo mal. Pelo contrário: já perdi alguns amigos por EU criticar (na cara deles) esta mania de julgar os outros. Acho que preferi perder os amigos a fingir ser quem não sou e ir contra meus próprios princípios.
      Algumas vezes julgo algumas atitudes q vejo? Sim, mas faço de todo possível pra falar diretamente para a pessoa.
      Minha religião me ensinou que somos todos espíritos e que nossos corpos são meras cascas. Eu sigo esta filosofia: sempre lembrar que a casca é descartável, mas o espírito é imortal e é nele que temos que nos focar.
      Quer falar de você e das pessoas que você conhece? Ok. Mas não diga que o mundo inteiro é assim, pois existe eu e milhares de outras pessoas que não são hipócritas ao não ver diferença entre pessoas que alguns chamam de “minoria”.

    • Rodrigo Paiva Palhares

      Vaidade é normal em humanos… Essa casca segue por muitas inseguranças ao decorrer da vida e infelizmente até os mais desligados as vezes se sente mal em relação a auto imagem. Sobre você falar na cara, acho perigoso porém é como sou também… Aprendi a apenas não comentar algumas coisas, não irei mentir mas também não darei minha opinião pois as vezes a pessoa está tão mal resolvida com sua aparência ou seu jeito de ser que sua única defesa é o ataque e eu ao menos sempre acabo muito chateado em perder uma amizade por um assunto bobo. Eu posso pensar, “ahhh mas se deixou de ser meu amigo por causa disso não valia a pena”… talvez sim vai saber, todos temos defeitos vai ver aquele simples comentário honesto e sem maldade pode ser visto de outra forma e a pessoa se afastar de quem é sincera com ela e ficar junto com as que só à elogiam, talvez ela só sobreviva dessa forma é uma pena as pessoas chegarem a esse ponto.

    • ricardo

      Eu falo!

  • Sara Leticia Demari

    Texto perfeito! Parabéns. :)

  • Marry Oliverrah

    Certa vez um amigo meu perguntou à ZH, porque nunca há fotos de meninas negras como a bela do dia na praia. A resposta que obteve foi que não há negras veraneando no litoral.
    Como assim?? Negro não vai ao litoral ou o preconceito eh velado mesmo??
    Ou daqui um tempo haverá a cota afro nas praias??

    • Fabi

      É a mesma linha da gordinha, ela pode ter um tamanho 40, mas como tem uns sobrinhas nas laterais não servem no padrão ‘gostosa’ que adoram mostrar… E darem esta resposta é ridícula, afinal é só ir ao nosso litoral e ver que tem muitas negras e negros veraneando…

  • Kasuo Okata

    Muito bem, Augusto Barros! Vc tem toda a razão. Mas, como a Thamires Tancredi arrasou e está tendo muito comentários favoráveis, na capa da Donna este seu post já sumiu! A fogueira das vaidades está pegando fogo na redação. Afinal, em terra de ridículas criaturas que até currículo falso apresentam, uma Thamires no pedaço é perigo constante. O fato é que mentiras não duram para sempre e todo mentiroso é desmascarado por quem lhe é superior!

  • Samantha

    Jornalistas que se acham no direito de escrever matérias falando mal do corpo alheio deveriam ser processados e perder o emprego, porque isso não é liberdade de expressão porcaria nenhuma, isso é violência sim! Aliás, qualquer pessoa deveria aprender a nunca falar do corpo alheio. Se deseja opinar sobre corpo, que fale apenas do seu.

  • Graciele

    Acho uma crueldade das grandes o que estão fazendo e como estão fazendo com o uso da imagem dessa menina de canguçu, admiro ela e acho que devia ter sido sim Garota Verão, uma vez que ao inscrever uma amiga minha me disseram que todos os requisitos e um deles era ter um sorriso legal, estar com uma corpo legal, e qual a ‘ilegalidade’ em ela ser gordinha, nenhuma!!! Ela se gosta, ela se sente bem a ponto de ter coragem de concorrer em um concurso famigerado pela magreza!!! para mim ela não é garota Verão mas a musa do verão, pois de cada dez meninas adolescentes 11 estão com 1 kg a mais e estão morrendo de vergonha de seus corpos, ainda não totalmente definidos, e essa menina assumiu perante um público que só procura beleza a realidade de uma boa quantia de meninas que sofrem por serem gordinhas!

  • Leandro Costa

    Belo Texto, precisamos de jornalistas assim! Parabéns!

  • Deozita Gabiatti

    Maravilhoso texto!

  • Luciana Lumberjack Holystone

    AMEI o artigo!!! e a guria Vanessa SAMBOU na cara da sociedade preconceituosa, DIVOU na passarela do concurso!!! Passamos da hora de superarmos preconceitos machistas que só oprimem as mulheres. Quanto mais exigirem que nos escondamos, mais nós vamos aparecer e esfregar nossa liberdade na cara dos machistas!

  • Ines Tei

    Seu texto é perfeito Thamires, compartilhei no meu Facebook(Ines Tei), quanto a quem pode user biquini, com toda certeza todas as mulheres que se sentirem a vontade com ele. A unica régra é usar e ser feliz!

  • Stay Puft

    bunda e peito ainda eh algo discutivel, de gosto pessoas. Mas NENHUM homem curte mulheres com cintura de barril…
    aceitem que doi menos
    o Mundo ja foi um lugar mais maduro…

    • Miriam Corral

      E por acaso as mulheres vão viver suas vidas baseadas no gosto dos homens? Você é risível, no pior dos sentidos.

    • Stay Puft

      claro q não, mas tb nao adianta reclamar de estar encalhada…

      se eu estudo, quebro a cabeça, e me torno um cara mais competente, é pra ganhar mais e impressionar as mulheres, se eu nao me importasse com a presença delas eu poderia simplesmente me acomodar em ser classe media

    • Miriam Corral

      Notícia pra você: as mulheres também estudam (mais do que os homens, estatisticamente) e também buscam ser competentes em suas profissões. Ninguém mais precisa aturar machista.

      E só um adendo: estar “encalhada” ou não é indiferente no assunto em questão. O artigo trata de liberdades individuais, não de sucesso ou insucesso nos relacionamentos. Você desvirtua o tópico ao voltá-lo para seu próprio umbigo (que, aliás, está malhadinho? Que tal te tratar como uma peça de exposição e ver se você está fisicamente dentro dos padrões vigentes para a beleza masculina, também?).

    • Stay Puft

      a questão é a seguinte: toda mulher tem direito de usar um bikini numa praia, mas se ela se dispõe a se exibir num concurso de beleza, tem de aceitar os criterios q os homens usaram pra avaliar sua beleza, não tem mimimi, nao tem essa de q o q vale eh a beleza interior e blablabla

      ps. meu abdomem eh tanquinho sim, mas isso nunca importou muito com as mulheres, elas querem mesmo eh homem “bem $ucedido”

    • Miriam Corral

      Têm de aceitar coisa nenhuma! Aceitam as que quiserem. E, a propósito, a participação da mocinha adolescente, caso não tenha ficado claro, foi um ato político.

      Mulher gosta de ficar linda, sim, mas geralmente é para ela mesma. E se for para os homens (ou para outras mulheres, também), certamente não será para todos, mas para aquele(s) a quem ela deseja e livremente decide agradar. As exceções ficam entre as mulheres que você declara procurar, as que se interessam apenas pelo dinheiro dos homens a quem se vendem.

      Ninguém aqui falou em beleza interior, aliás. O mimimi está nas suas ideias pré-concebidas, não no debate. A questão, repito, é simplesmente a liberdade individual.

    • Stay Puft

      politica??? e vc quer o que, uma lei pra obrigar homens a fingir que veem beleza nisso??
      o gosto do homem eh o gosto do homem, ele bota no outdoor quem ele quiser

    • Miriam Corral

      Ai, ai… mais um que não sabe o que é política!

      Não vou te explicar porque não tenho paciência nem vontade, mas repito: ninguém aqui – além de você, que tem tanto gosto por desvirtuar discussões e martelar em polêmicas inexistentes – está falando do “gosto do homem”. A questão é, unicamente, a liberdade individual – e, mais especificamente, a liberdade da mulher.

      Alguém te pediu pra achar bonito, por acaso? Respeitar já é suficiente.

    • Stay Puft

      PQP!
      se a gordinha usar o bikini na praia é problema dela, mas se ela entra num concurso de beleza, tem de aceitar ficar em ultimo lugar (caso aconteça). é o HOMEM que escolhe quem ficará em 1°, é o gosto dele.
      que parte vc nao entendeu?

    • Miriam Corral

      A parte que eu não entendi é como você pode ser tão ruim em interpretação de textos básicos.

      Pra começar, você conhece a composição do júri, por acaso? Sabe quantos homens e quantas mulheres o compõem? E alguém está discutindo se ela deve ganhar ou não? Quanta alucinação causada por um textinho tão simples, hein?

    • Stay Puft

      pode até ter mulher no juri, mas com ctza a maioria eh homem, q diabo de concurso de gostosas nao será decidido por homens?
      a discusão começou pq tem gente q acha q o belo foi imposto pela “midia”, quando na verdade foi imposto pelo proprio povo.
      então repito, é bonito quem o povo diz q eh bonito, e feio quem o povo diz q é feio

      mas eh claro q qualquer um pode morar na sua bolha e acreditar no que quiser

    • Miriam Corral

      Com certeza? Concurso de gostosas? Ah, tá.

      E o povo é uma unidade, um todo uniforme, sem distinção de opiniões, não é? Ok.

      O bonito ou o feio não estão em questão. Pela milésima vez, a questão é a liberdade individual. O que se discute aqui é o respeito às pessoas, mais nada. Você é o único alucinado que está vendo pelo em ovo e bradando seus mimimis.

      Leia com calma. Pode ser difícil, mas a perseverança é a chave da compreensão.

    • Stay Puft

      é como eleição, o que conta é a maioria, os outros 49% nao importam
      eu sei muito bem qual é o plano que está sendo arquitetado pelos disgenistas, mas não vai colar…

    • Miriam Corral

      Ai, agora existe um plano!

      Daqui a pouco, sua alucinação o levará a acreditar que os aliens, o FBI e a máfia italiana estão envolvidos no assunto!

  • Kenya Neiva

    AMEI. Não tenho palavras para dizer como me senti representada nessa matéria. Muito obrigada a quem escreveu. Precisamos de mais pessoas assim!

  • Rita Salete Nunes

    Disse tudo Betty ! vcs duas são lindas e são mulheres que vão muito alem da beleza física.

  • rebecca

    Bom vamos lá..poder se inscrever no concurso..eh obvio que você pode, mas não espere ganha_lo. Uma coisa eh a idade ( caso de Betty) e outra eh querer que as pessoas achem bonito uma menina gorda. Vamos ser frios e cruéis , mas também vamos encarar o fato: você prefere ser gorda ou magra se puder escolher? Magra.
    Porque? Porque eh mais bonito e ponto.
    A sociedade não vai mudar o padrão de beleza ,pode ate dizer q maia musculosa, menos muscolosa ,mas gorda não vai ser bonito porque eh o senso de estética.. Então vamos parar de nos enganar e sair vociferando que eh bonito ser gordo..muita hipocrisia..

    • Miriam Corral

      Não é uma questão de peso, Rebecca, mas de dignidade. Tratar o outro com respeito e empatia não deve ser um ato condicionado por aparência física, entendeu? E padrões de beleza, assim como qualquer outro padrão do que quer que seja, não passam de convenções. Não são a verdade, não são eternos e não servem para todo mundo, entendeu?

    • Rubens da Cunha

      ‘A sociedade não vai mudar o padrão de beleza”, olha, aquelas aulinhas de história tão te fazendo falta. É só dar uma olhada nos quadros que pintaram mulheres nuas nos séculos XVIII, XIX, ou perceber que Marilyn Monroe seria tida como gorda, hoje.

  • Lu Amaral

    Show!

  • Tisciany Teixeira

    Texto sensacional, lúcido e lindo, parabéns! :)

  • Rejane Simoes Vilela

    Estes três exemplos provavelmente representam a maioria das mulheres, cada uma na sua idade, a menina Vanessa está de acordo com a maioria das adolescentes que cresceram um pouco mais, tanto na altura quanto na circunferência da cintura, o que eu acho Anormal é menina de 14 anos parecer MULHERÃO de 25. A jornalista Fernanda, na plenitude de sua gestação tem orgulho, como qualquer outra gestante, de exibir sim as modificações do seu corpo que está em estado de graça, mas alguém que só está atrás de fatos nada jornalísticos acha que fazer a besteira de tecer um comentário maldoso ia render bons frutos, jornalismo não é isto. Já a MUSA Betty Faria, não tem nada do que se envergonhar por estar envelhecendo bem, em tempos que aplicações de Hidrogel, próteses superfaturadas, botox, que trazem consequências desastrosas como a apresentadora da própria TV Record Andressa Urach, que teve tratar as graves consequências em um hospital do SUS, as mulheres realmente belas são as que não tem vergonha do seu corpo natural com todas as imperfeições e verdades que só quem tem valores muito maiores tem coragem de ser FELIZ!!!!

  • Michele Nunes

    Venho falar aqui por se tratar de um veiculo do grupo RBS. Mesmo tendo mais de 30 anos e ja tendo revelado muito sucessos pra o mundo da moda, o concurso “Garotão Verão” é sim um concurso preconceituoso e taxativo. Nao tem nem nunca criterios como deveriam ser. Afinal, o que dizer de um concurso que tenta enxergar em uma “representante do verão” uma menina entre 14 e 20 ( ai eu com meus 22 ja nao posso) sem filhos(?) de biquini, todas com um biquini igual seguindo um padrao que nao tem variaçao!! Ai eu vejo as finalistas e semi e penso: os julgadores querem um corpo, um rosto lindo, uma pele linda (ate pq ate hj vi poucas negras ganhando sendo que aqui no Sul temos negras lindas de todos os aspectos) , pq depois chega la no final ganha um candidata toda quadrada, com uma aparencia de Miss Rio Grande do Sul (sim, pq so aqui no estado as misses tem aquele cabelo preto e aquela cara de acompanhante de luxo) e com uma pele tao clara que parece que nunca pisou na praia!! Nao, Grupo RBS, nos queremos que a ganhadora e as finalistas sejam a cara do verão: bronzeadas, com curvas reais e de biquini e com a cara e o corpo do verão, de todas as gauchas!! Que seja seguido o exemplo da Vanessa e vejamos finalistas gordinhas, baixinhas, com corpos reais e que sejam a cara do verão gaucho!!!

  • Michele Nunes

    Espero que meu comentario nao seja excluido devido seu conteudo forte!!

  • Karlesson Lennon

    Bravo! Maravilhoso texto! Mais que isso: texto necessário!

  • Dilson Cunha

    Acho o texto desonesto, intelectualmente, ao colocar o caso da adolescente ao lado do caso da Gentil e de Berh Faria. Nem Gentil nem Beth se submeteram à apreciação de ninguém. Elas não estavam em nenhuma passarela senão a de suas vidas ordinárias. Não é o caso de Vanessa. Ela pediu que a avaliassem. Avaliaram-na. Ela saiu na chuva e se molhou. Querer ver outra coisa além disso é querer tirar leite de pedra. Tanto ela quanto a autora do texto sofrem de um preconceito rebote.

  • Ana Luisa Hering

    Ótimo texto e nobre intenção. No entanto, como é de praxe por aqui, vai ficar tudo no blá blá. Fala-se muito, muda-se nada. Pior, muitas mulheres são as mais fortes defensoras desse modelo Barbie.

  • http://m.com Lazo

    vanessa não está sendo julgada por usar um biquíni…ela está sendo julgada por participar de um concurso de beleza, no qual ela se inscreveu de livre vontade, para se submeter à avaliações feitas por juízes, portanto, ela se sujeitou a se submeter à criticas.
    Agora, chama a atenção ver esse texto publicado no Revista Donna, pois afinal, qual é o padrão de beleza das modelos que ilustram as reportagens de moda desse caderno? Como de costume, Zero Hora mostrando sua incoerência sem fim.

  • Elia M.

    Ótima matéria, parabéns. Só ficou uma dúvida – alguém por acaso olhou para o rosto da menina? Que riqueza de belos traços. Outra coisa, ela tem 14 anos e pode muito bem estar saindo de uma infância de menina gordinha, como acontece muito. Na pior das hipóteses, vai precisar se cuidar muito para não continuar engordando – isso se ela quiser também, afinal, como disse a Betty “Onde está a liberdade?” Se pensarmos um pouco, vamos nos dar conta do quão corajosa foi essa decisão, ainda mais nessa idade, quando tudo é bem mais complicado.

  • vanhalenbr

    Outra coisa é que na minha opinião essa Fernanda Gentil está sim dentro dos padrões de beleza da sociedade e ela está muito linda nessas fotos.
    Os outros casos não se enquadram no padrão de beleza da sociedade, mas foda-se, isso não é nenhum crime e todo mulher tem direito de se vestir como quer

  • Vanessa

    Tomara eu chegar aos 70 e poucos com o corpo ao menos parecido com o da Betty!

  • Luis Carlos Bilhar

    Espetacular o texto e o enfoque. Que o preconceito fique pendurado no armário ao sairmos de casa. Todas as pessoas são belas, com ou sem celulite, muita ou pouca bunda, magras ou fofas, porque beleza não é padrão, mas sim estado de espírito.

  • Juliana Ferreira

    AMEI A REPORTAGEM.PARABÉNS.

  • Iara Chaves

    O culto excessivo ao corpo é incansávelmente nutrido pelos meios de comunicação de maneira enfadonha, tornando as mulheres REAIS e NORMAIS em vítimas de uma sociedade OCA, VAZIA de sentimentos e de CONTEÚDO ! RESPEITO é algo que não se compra no supermercado ! CULTURA e EDUCAÇÃO também estão em falta !!! Enfim, cada um que viva a sua via., afinal este tipo de “Jornalismo” NÃO acrescenta NADA a NINGUÉM !! Quem paga minhas contas SOU EU., portanto…..

  • André Marrão Alvarez Ferreira

    Tem que usar o que te faz sentir bem, danem-se os que fiquem incomodados….

  • Giovana De Figueiredo

    Esta escravidão é o resultado de uma fórmula : opressão ao gênero + sociedade de consumo. Traduzindo : mulheres psicologicamente inferiorizadas e objetificadas são mais fáceis de controlar + quanto mais gastamos mais alimentamos o sistema e o lucro, e o corpo é a plataforma final deste consumo. É foda !

  • Gabi Kilpp

    simplesmente lindaaaasss cada uma delas do seu jeito! uuhhuuuulllll

  • Adriane Anne Laís Sant’Ana de

    Mas eu imaginava a Fernanda assim mesmo, lindaaaa, corpo perfeito. Não entendi a tentativa deles de fazer piadinha.

  • Valéria Cristina Basílio

    Parabéns Thamires, você é uma Mulher lúcida e iluminada. São as corajosas que abrem caminhos para as outras. Beijo

  • Silvia

    as pessoas n veem..a excelente repórter esportiva q Fernanda é….n veem a excelente atriz q a Beti continua sendo….e essa menina de 14 anos tb deve ser uma excelente estudante!!!..ninguém está interessado no caráter ou no profissionalismo…estão interessados na POPUZADA q n canta NADA….mas tem bundão ..siliconada….isso sim!…esse é o biótipo q fica na mídia…e por conta disso…mulheres morrendo em clinicas em busca de um corpo perfeito ,,,,esse tipo de profissional q faz um tipo de matéria dessas…merece ficar desempregado (a)…ou ..lavando banheiro em rodoviária…pq anos de faculdade em Jornalismo.. serve para ser usado com respeito e responsabilidade e n isso!!

  • Giovani Viecelli

    Acho o seguinte> Ninguém têm que regrar nada. Nem o que os outros usam, MAS TAMBÉM NÃO OS COMENTÁRIOS. Ou se regula tudo ou nada. E tudo na vida gera reações e consequências. Somos julgados o tempo todo por quem somos, no que trabalhamos, quais nossas crenças e hábitos, o que dizemos e pensamos. Sempre foi e sempre será assim, isso nunca mudará. Isso falo em termos gerais e vale para todos e ambos os sexos. Não vou entrar na questão do machismo pois ele ainda existe e é atraso de vida, assim como o é o femismo exagerado. Vou me ater mais na questão do post> o tal uso do biquíni. Acho que mesmo uma baleia de 400 kilos, se quiser, que use o tal bikini. Mas tudo é questão de bom senso. Eu, mesmo sendo homem, não gosto de tirar nem a camiseta na praia porque acho que ninguém tem que ficar vendo minha barriga meio fora de forma ou minha brancura exagerada. Porém se os outros querem tirar a camisa, fazer topless ou uma obesa de 400 kilos quiser passar de fio dental, por mim tudo bem. PORÉM, como eu expliquei, todas nossas escolhas geram reações, e falta de senso critico e de adequação podem vir a gerar críticas sim. Entao, eu não fico regulando o que as pessoas usam na praia… mas também não sou hipócrita de dizer que alguém que observa tal situação tenha que achar lindo e não possa criticar o que não acha adequado…Eu como advogado odeio ter que usar gravata por exemplo, mas sou obrigado no escritório. Se eu nao quiser é so não ir mais trabalhar lá….Há roupas mais adequadas para certos tipos de locais e para certos tipos de corpos, há vestimentas mais adequadas para certas temperaturas, ocasiões e evento….uma noiva pode casar de roupa de bordel e no tom vermelho?? pode….um homem pode ir numa festa chique de regata e chinelo?? pode. MUITA COISA PODE. Agora achar que ninguém vai desgostar e que ninguém pode criticar, aí é querer regrar a opinião dos outros. Então se assumam, usem o que quiserem mas pensem antes, sempre que não se usa algo adequado, estamos sim sujeitos a criticas. Como eu disse, pode-se quebrar tais regras, pode-se fazer e usar tudo que quiser, mas também têm que assumir o ônus por más escolhas e aí estar sujeito a criticas.. Como eu disse, quem não aguenta criticas que se preserve e atente para as adequações médias que não gerem críticas..ou rompam os limites mas não fiquem chorando com eventuais comentários. Quem se aceita de fato e têm convicção do que faz e usa não se abala com opiniões…

  • MARILDA

    GENTE ,PORQUE COBRAR TANTO A BELEZA ?O CORPÃO ,PEITO, BUNDA ?CABELÃO ?PERFEIÇÃO AO LIMITE ?SE FOSSE PRA SER ASSIM DEUS TERIA FEITO O SER HUMANO NEM MAQUINAS TIPO BARBIE TODAS COM CORPINHOS IGUAIS E PERFEITOS .AS PESSOAS PRECISAM A APRENDER A SE GOSTAR MAIS COMO SÃO ,PENSAR QUE TUDO PASSA COM O TEMPO E SE ACABA E QUE ATÉ SE PODE PROTELAR ENVELHECER POR ALGUM TEMPO ,NA VERDADE NÃO É BEM ISSO É COMO SE PASSASSE UM FERRO EM ROUPA AMASSADA PARA DAR UMA ALISADA MAS LOGO VOLTA O AMASSADO ,MAS A IDADE VERDADEIRA AINDA ESTA ALI POR BAIXO DA ROUPA PASSADA .VAMOS ENTENDER QUE A CADA ETAPA DE NOSSAS VIDAS TEM SEU ENCANTO E A SABEDORIA ,A SIMPATIA ,A BONDADE ,A HONESTIDADE O CARATER DE CADA UM NÃO DEPENDE DA BELEZA ,VAMOS AMAR E RESPEITAR MAIS E JULGAR MENOS .

  • Selda Wagner Schilklaper

    Linda matéria!

  • Guest

    “MultipliFIcar”. Sério?!

  • Rodrigo Paiva Palhares

    Vejo muita contradição nessa situação. Muito dos que a defenderam buscam o padrão de beleza e se sentiriam “horríveis” se estivessem fora dele o que faz parecer muito “pagar de boazinha”… Meu psicologo uma vez me disse que eu devia me aceitar como eu vim e não como os outros querem ser, sendo que ele era o padrão malhado e que perdia os finais de semana com amigos pois podia malhar mais…. Fácil falar quando não é com você, eu simplesmente abandonei meu psicólogo que é só mais um que faz discurso bonito sendo que eu não estava mal com meu corpo até ele começar a falar tanto no assunto e dar dicas de malhação. Sempre pratiquei esporte desde pequeno e nunca tive muita massa muscular só ficava super magro, atualmente mais barrigudinho eu até me curto mais. Pior é ver gente como Ken Humano brasileiro com leucemia se preocupando com cabelo ou a Andressa que indo retirar o produto pensando em tirar os mindinhos pra caber no sapato. Por favor né.

  • http://www.primeimportados.com.br Juliano Gomes

    Ridiculo, falta de respeito com as outras.

  • Rodrigo Paiva Palhares

    Outra coisa… Não é só mulher que sofre nessas também. Homem se não tiver malhado também corre o risco de ser ridicularizado por ir a praia de sunga por exemplo. Não é atoa que gostava tanto de natação, dança ou qualquer outro tipo de atividade física do que ir para uma academia ouvir papos sobre suplemento e ver homens malhando até o pescoço literalmente malhando o pescoço. Não sei como se contrai essa neurose…

  • Tadeu Merlo

    Eh triste este tipo de pessoas que vive desses fuxicos e intrusões das vidas alheias, mas triste ainda quem consome e paga pra ler estas coisas idiotas. Quanto a menina, ela tem que se sentir feliz e linda, eh uma jovem fofinha, mulher e feliz. Tah mais que certa!!!

  • Nadia

    Adorei este post Fernanda Gentil e Beth Farias não precisam e nem devem provar nada a ninguém! Povo frustrado é quem perde tempo falando ou tentando falar mal delas com certeza queriam ser ou ter o status que elas tem. As duas tem personalidades fortíssimas e que respeito muito e que baita carreira também meu Deus! Que dor de cutuvelo deve estar sentindo quem escreveu e ousou falar sobre as duas
    Hahaha!!!

  • Ricardo Oliveira Andrade

    Essa menina está de parabéns, deu um tapa de luva naquelas pessoas que se acham no direito de ditar o que está certo ou errado. Espero que muitas pessoas leiam essa matéria e reflitam sobre o padrão de qual o corpo ideal, estou fora de forma e não me envergonho disso é essa menina me deu mais coragem ainda de andar sem camisa por aí.

  • kkkkkkk

    essa ai não era a TIETA DO AGRESTE ? , um avião !!! em 1970.

  • Balthazar Damien

    Acho que estão confundindo as coisas. É um concurso de beleza e não tem haver somente com o direito de “usar biquinis”. Nada impede ela de usar numa praia, mas num concurso de beleza? Veja bem, CONCURSO onde as curvas do corpo são valorizadas. Chega de mimimimi. Reportagem sensacionalista.

  • Angela

    Texto muito correto. Muito. Mas talvez tudo comece pela chamada na tv bem preconceituosa da campanha do concurso. Se vc conseguir a “fita” vai perceber que detestável é a ideologia do veículo de comunicacao que, alias, vc representa.
    “No verão, UMA de suas milhares de formas GANHA DESTAQUE…”

  • Gisele Santos

    Acho engraçado que um veículo da própria RBS venha falar sobre esse assunto. O texto afirma que a candidata poderia participar do concurso pq tinha todos os requisitos, mas a gente sabe que meninas fora do padrão nunca chegam ao final do Garota Verão. Não seria mais legal incentivar meninas como ela a participar do concurso mostrando pessoas reais nos comerciais que chamam para as inscrições? Pq a Garota Verão, como vcs mesmo vendem no concurso, é eleita para tentar carreira internacional como modelo e tudo mais. Então não seria mais correto mudar as regras do concurso para que meninas reais pudessem participar. E mais: quando, me digam, este suplemento colocou alguma mulher fora dos padrões de beleza estabelecidos em um editorial de moda? Alguma vez vocês viram um editorial do Donna com meninas e mulheres reais? Com gordurinhas localizadas e celulites? Eu não!

  • Tassi

    Tudo se resume à falta de mato pra o povo capinar ao invés de falar da vida dos outros….pronto.

  • luiz

    mimimi

  • Iguaraci Ruffino

    Na boa….toda mulher pode e DEVE usar biquini. O que define uma mulher de verdade não são as suas celulites, estrias, pneuzinhos, rugas e outras coisinhas idiotas. O que realmente define as curvas de uma mulher é a sua perfeição de caráter, respeito, educação e bondade.
    A vida passa tão rápido, e é pura babaquice ficar ai de mimimi se escondendo da vida. Seja com ou sem celulite, enfrente a vida….e se alguém disser o contrário…mande a merda. Simples assim!

  • Catia

    Admiro a coragem de quem realmente se assume como é e não está nem aí para os comentários dos outros. Isso sim chama-se auto-estima.

  • Paulo César Garcia

    Hipocrisia pouca é bobagem….ler este texto, perfeito em seus argumentos, no site Donna é o cúmulo da hipocrisia….quantas modelos “plus size” já apareceram nas páginas deste caderno??? Durante um período tratei de manter os cadernos arquivados para fazer o levantamento de quantas pessoas negras apareciam em suas páginas…números irrisórios levando-se em conta a proporção étnica da população brasileira…Ou seja, uma publicação que sistematicamente vende um modelo eurocêntrico de beleza magérrima, publicar um texto destes só pode ser visto como uma tentativa de se mostrar politicamente correta.

  • Pingback: O BIQUÍNI LIBERTADOR | Histeria | Coletiva()

  • Magale

    Sou a quarentona que usa mini saia feliz da vida. E descobri que a auto estima deixa qualquer pessoa linda. A jornalista Fernanda Gentil por exemplo não precisa de um grande bumbum pra ganhar a vida, pois é o com a cabeça que ela trabalha. Bete e a jovem que desfilou, e quem mais se arrisque a ser feliz do jeito que for são as responsáveis por quebrar tabus e abrir espaço para que todos (as) se sintam bem agora e futuramente.
    Me lembro da minha vo dizer que moça precisava usar meia calça até no verão. Mostrar as pernas nem pensar. Leila DiniZ colocou biquíni e a barriga de fora exibindo a gravidez. .. tai… Hoje em dia… coisa mais normal do mundo. PARABÉNS A TODAS AS MULHERES E HOMENS QUE SÃO FELIZES E PIONEIROS NAS MUDANÇAS DE COMPORTAMENTO.

  • Guilherme

    A Zh podia ajudar e fiscalizar as postagens em seu site. O “comente esta notícia” é um (proposital?) convite a esses abutres.

  • daniel santana

    Discutir quem pode ou não usar biquíni, isso é perda de tempo. A pessoa usa o que quer e pronto. Se vai ficar adequado, também é outra coisa que só cabe a pessoa. Quanto a candidata de Canguçu, não seria o caso dela ter participado de um concurso plus size, digo, tem vários concursos desse tipo, inclusive de Miss Brasil. Tem espaço para esse tipo de beleza sim, mas não dá para misturar as coisas. Existe sim um padrão para o Garota Verão, que a décadas é utilizado. Não precisa escrever em regulamento. Bom senso também deve fazer parte do perfil de uma candidata. Vou mais além, se observar as ganhadoras dos concursos plus size, verá que elas são as menos “plus size” entre as candidatas, pois mesmo não existisse um número especificando medidas e peso, quem julga sempre tenta chegar o mais próximo do senso comum para concursos de beleza, a “perfeição”. Não sou eu que estou dizendo, é fato, basta pesquisar.

  • Ana Carolina Carneiro

    Adorei! Foi perfeito!

  • Regina S. Silva

    Eu tive câncer de mama em 2003! Na mesma semana que fiz a primeira sessão de quimio, meu cabelo caiu todinho! Tive vergonha de sair à rua com a careca de fora e usei lenço. Hoje eu sei o quanto estava errada e que deveria ter assumido a minha careca, mas se de lenço, as pessoas já ficavam me encarando, como se eu fosse uma aberração, sei lá, imagina se eu andasse sem nada? Hoje em dia, quando passo por alguém de lenço, pois dá perceber que a pessoa não tem cabelo algum, me dá uma vontade de chegar e dizer:”não tenha vergonha, mostre sua careca, o cabelo vai crescer de novo, o importante é que tu estás te tratando e vais sobreviver, tua família e teus amigos estão do teu lado, o resto, é o resto, não importa!” Sou uma sobrevivente e estou limpa à 12 anos, graças a Deus!!!

Hot no Donna