Você sabe congelar da forma correta os alimentos? Veja dicas para não comprometer os nutrientes

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Comida fresquinha é uma delícia, mas a gente sabe que não é todo dia que dá para cozinhar, não é? E quando sobra?

Congelar alimentos é uma forma muito eficaz de conservação, além de economizar tempo, dinheiro e ainda comer bem. Mas existe um jeito certo de fazer esse processo, porque nem tudo pode ser congelado.

Inegavelmente, uma comidinha feita em casa é muito mais nutritiva e “limpa” (você sabe exatamente o que está comendo) do que a de restaurante, além de a contar ser mais barata no final do mês. Por isso, eu mesma faço a minha própria comida, e indico sempre essa prática para meus clientes.

Tenho apenas um dia da semana para cozinhar, que é no domingo. Tiro cerca de duas horas desse dia para investir na minha saúde e na organização da minha semana. No início, pode ser meio chato, mas depois entra na rotina, e os benefícios desse planejamento semanal recompensam!

Eu compro uma variedade de legumes para a semana, penso em algumas preparações diferentes, para não comer todos os dias o mesmo prato, cozinho tudo e guardo em potes – os que eu vou consumir nos próximos dois dias, na geladeira, e o que for pra ser consumido de três pra mais dias, no freezer, congelado.

Mas atenção: congelador não é a mesma coisa que freezer! Aquela porta interna da geladeira que fica com um pouco de gelo não é eficaz em conservar por longos períodos os alimentos, pois a temperatura ali não baixa dos 0°C – e nessa temperatura os microrganismos ainda conseguem se proliferar.

O ideal também é armazenar em potes de vidro, mas, no mundo real, pode ser o de plástico ou em saquinhos. Independente de qual for, é muito importante você colocar uma etiqueta identificando o que está dentro do pote e qual data o alimento foi preparado.

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Veja outras dicas práticas para você congelar corretamente seu alimento:

Higienize bem

O congelamento não mata os microrganismos contaminantes, apenas desacelera/para o processo biológico deles. Portanto, se um alimento estiver contaminado antes de congelar, ele continuará contaminado na hora do consumo. Lave com água corrente todas as frutas, legumes e hortaliças, e deixe de molho em água clorada por 15-20 minutos, depois enxágue.

Se você for deixar os legumes apenas cortadinhos no congelador (sem preparar nenhum prato com eles), o ideal é dar um choque térmico (branqueamento) para que a cor se mantenha viva. Aplique calor, de preferência vapor, e em seguida, mergulhe o alimento em água com gelo. Seque muito bem e armazene.

Feche bem os potes

O oxigênio é o maior inimigo na durabilidade de um alimento congelado. É por isso que devemos armazenar os alimentos em potes ou saquinhos do tamanho da porção, e não colocar um pedacinho pequeno de algo em um pote bem grande. Prefira potes com tampa hermética e saquinhos reutilizáveis com fechamento hermético. Evite o uso de papel alumínio.

Não deixe a comida esfriar em temperatura ambiente. Esse processo pode aumentar a proliferação de microrganismos. Colocar um alimento quente na geladeira ou no freezer não estraga o equipamento, ele foi feito para isso!

Cuide o sal

O ideal é tirar sementes, casca e caroço antes de congelar (depois de congelado fica impossível). Lembre-se de separar os alimentos em porções, por dois motivos:

1) não é adequado recongelar um alimento descongelado. Se você fizer pequenas porções, você pegará apenas o que vai consumir e evitará desperdício.

2) imagine que você queira fazer uma batida com banana congelada: é muito provável que você queime o seu liquidificador tentando bater a banana inteira, do que se ela estiver cortada em pedacinhos! Você pode fazer purê das frutas também, ou congelar o suco delas em forminhas de gelo.

Sempre seque muito bem os legumes antes de congelar, isso evita a formação de cristais de gelo, que comprometem as características de sabor e textura, além de diminuir a conservação dos nutrientes. Pode colocar um papel toalha junto do pote para absorver qualquer umidade residual que tiver.

Cozinhe os alimentos com um pouco menos de sal do que está acostumado, pois depois de descongelado, o sabor do sal se acentua.

Não congele o mesmo alimento de novo

Quanto mais rápido for congelado e mais lento descongelado, melhor vai ser o resultado final. O uso do microondas só é indicado para o degelo de produtos que serão ingeridos na hora e, ainda sim, o alimento pode sofrer mais alterações do que se deixado descongelando por mais tempo. O degelo ocorre de maneira não uniforme e com maior perda de fluidos do alimento (também diminuindo os nutrientes). O ideal é se programar no dia anterior, e deixar o alimento descongelando na parte de baixo da geladeira por cerca de 12h, antes de consumir. Não recongele esse alimento.

Durabilidade

Preparações prontas de alimentos já cozidos, processados e temperados duram cerca de três meses congeladas. Na geladeira, não mais do que cinco dias. Frutas, hortaliças e legumes apenas higienizados e congelados (sem temperos) duram até 12 meses.

Outras dicas

Agora, deixo algumas ficas de como montar uma refeição completa com preparações que você pode ter congelada, para evitar imprevistos e não sair da dieta! Uma refeição saudável é rica em cores e variedade de alimentos! Coma com prazer!

Primeira etapa da refeição: prato de salada crua (temperar apenas na hora de consumir)

Segunda etapa da refeição: dividir o prato em duas metades

½ prato de legumes cozidos/refogados/assados
+
½ prato divide novamente, em parte iguais:

Se você consome produtos de origem animal

– proteína animal: carnes magras
– carboidratos: arroz/massa/polenta/batata
– leguminosas: feijão/lentilha/ervilha

Se você não consome produtos de origem animal

– carboidratos: arroz/massa/polenta/batata
– leguminosas: feijão/lentilha/ervilha
– Frutas: abacaxi/bergamota/morangos/laranja
– Oleaginosas e sementes: castanha de caju/castanha do pará/chia/linhaça dourada

Leia mais:
:: Café, pratos apimentados e mais: veja que alimentos ajudam a perder peso

Leia mais
Comente

Hot no Donna