Britânica de 29 anos luta para convencer médicos a fazer laqueadura

Holly Brockwell, de 29 anos, tem certeza que não quer ter filhos e agora precisa convencer os médicos do serviço público de saúde a fazer uma laqueadura. Casar e ser mãe é um molde enraizado, mas e quando você não se encaixa?

brooks

Reprodução Instagram

— Podemos escolher ficar grávidas aos 16 anos, mas não podemos rejeitar a maternidade aos 29. Parece que nossas decisões apenas são levadas a sério quando elas estão de acordo com a tradição —, disse Brock à BBC.

Leia mais
:: Anticoncepcional engorda? Desvende mitos e verdades sobre a pílula
:: Ginecologista tira dúvidas sobre o uso de anticoncepcional
:: 5 erros que as mulheres cometem ao tomar contraceptivos

Ela conta que a maioria das pessoas não reagem bem à sua decisão e sempre é questionada sobre o assunto – e não é a toa que a britânica tem encontrado vários obstáculos no caminho. O National Health Service (serviço público de saúde britânico) disse a jovem que não haviam cirurgiões disponíveis e que ela seria encaminhada para outro setor, o que significa começar todo o processo novamente.

Holly não usa contraceptivos tradicionais por causa dos efeitos colaterais, que a deixaram doente durante anos. E também não pensa em usar algum dispositivo intrauterino.

— Eu não preciso de contraceptivos reversíveis. Existe uma operação não invasiva de dez minutos que pode resolver este problema para sempre e eu não acredito que, com quase 30 anos e no ano de 2015, ainda tenho que lutar para conseguir esta operação —, afirmou.

:: Causa efeitos colaterais? 7 mitos e verdades sobre a pílula do dia seguinte

Leia mais
Comente

Hot no Donna