Dinheiro é a principal causa de brigas conjugais, aponta pesquisa

(Reprodução)
(Reprodução)

Você lembra o motivo da última briga que teve com seu marido ou namorado? Ciúmes, divisão das tarefas domésticas ou dinheiro? Uma pesquisa realizada no Brasil aponta que, possivelmente, tenha sido por questões financeiras.

Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que a forma como os parceiros(as) gastam o dinheiro é o motivo de briga em 37% dos casos, segundo as mulheres. Na lista das principais razões de desavenças dos casais aparece a divisão das tarefas da casa (25,7%), seguido de ciúmes (19,6%), a educação dos filhos (17%) e bebidas e cigarro (14,7%).

:: Decidi morar com meu namorado: veja como organizar as finanças
:: Mora sozinha? Confira as dicas de como economizar e organizar as contas

Mas o que causa a briga dos casais não é apenas o orçamento apertado da família. Para o educador financeiro José Vignoli, o grande problema está na dificuldade do casal chegar a um consenso sobre a melhor forma de administrar o dinheiro da casa.

(Reprodução)

(Reprodução)

— Uma boa dica é separar uma quantia mensal do orçamento para que cada um possa fazer seus gastos individuais, sem a interferência do outro. Isso ajuda até na manutenção da autoestima, pois cada um vai se sentir responsável em fazer bom uso deste dinheiro — indica o especialista.

Outro dado interessante da pesquisa é três em cada dez mulheres têm o hábito de esconder aquelas comprinhas feitas fora do planejamento financeiro. Principalmente, quando se tratam de roupas novas (11,5%), cosméticos (9,5%) e sapatos (5,4%). O levantamento ouviu 810 mulheres com idade igual ou superior a 18 anos, de todas as classes sociais em todas as capitais e no interior do Brasil.

Leia também:
:: Como organizar as finanças para a chegada do bebê
:: Dicas para mulheres ganharem mais, gastarem menos e investirem
:: Inglesa é suspensa por se negar a usar salto alto e levanta debate sobre sexismo

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna