Fim de ano sem surtar: 8 passos para curtir as festas e chegar “sã e salva” em 2018

Foto: Ricardo Lage
Foto: Ricardo Lage

O mês de dezembro chega trazendo junto não só aquele clichê de que “o tempo passou voando“, mas também todo o kit-fim-de-ano: é preciso ter muita paciência para encarar shoppings lotados, uma infinidade de eventos e celebrações, festinhas de amigo-secreto, organização das férias, montagem da árvore de Natal, ceia, trânsito caótico… Ufa!

Mas é possível não sofrer com o estresse tradicional deste período. O fim de ano, ainda que possa ser cansativo, também tem como ser bom. Donna conversou com a coach e analista em inteligência emocional Semadar Marques para compilar 8 passos para que você fique (mais) zen no meio da loucura de final de ano e chegue até janeiro sem surtos :-)

  1. Planeje-se em detalhes

Liste tudo o que precisa ser feito até o dia 31 de dezembro. Além de minimizar a ansiedade, ajudará você a mensurar o tempo necessário para cada uma das tarefas e quais delas são prioritárias. Organize a lista de presentes, estipule opções e um valor limite para cada um. Você também ganha tempo se pesquisar preços com antecedência pela internet ou até fazer suas compras por lá.

2. Delegue e peça ajuda

Especialistas em gestão do tempo são unânimes em afirmar que delegar é o caminho mais curto para eficiência nas tarefas. Você só ganha quando tem mais tempo para si! Para isso, é preciso aceitar ajuda, desapegar e aprender a confiar, tendo sensibilidade para solicitar a tarefa certa para a pessoa que terá condições de cooperar com você.

3. Permita-se pequenos mimos

Permita-se abandonar-se nas mãos de um profissional que possa cuidar de você com calma. Uma boa massagem, por exemplo, além de aliviar dores nas costas, melhora a circulação sanguínea, oxigena as células, elimina as toxinas, aumentando o seu nível de energia. Além disso vai reduzir as tensões e fazer você esquecer as preocupações, pelo menos por uma hora. Lembre-se: investir este tempinho em você mesma não é egoismo, é autocuidado.

4. Não descuide (tanto) da alimentação

A gente sabe que serão muitas as festas e as pisadas na jaca no final do ano. Mas isso não quer dizer que no dia a dia você não possa planejar e investir esforços para manter uma alimentação saudável. Dá para evitar aquelas comidinhas gordurosas e açucaradas que dão um “alivio imediato” ou conforto, mas que certamente irão aumentar seus níveis de estresse. Não esqueça também de fazer suas refeições em um ambiente calmo e praticar a atenção plena também durante a refeição.

5. Faça uma coisa de cada vez

Sabemos que não é nada fácil, mas tente não ser tããão multitarefa assim. É hora de desacelerar sempre que possível. Quando estiver em alguma atividade, seja trabalhando, fazendo algum exercício físico ou mesmo tomando um banho, procure concentrar-se no que faz, estando presente para si. O excesso de estímulos e informação aumenta a ansiedade e a agitação. Concentrar-se em uma só coisa de cada vez, colocando ali a intenção de fazer algo da melhor forma possível ativa áreas de cerebrais que causam prazer e bem estar. Na prática, significa não levar o celular nem para o banheiro no intuito de “aproveitar melhor o tempo”, ok?

6. Não se culpe tanto, por favor

Sim, em alguns (muitos!) momentos, você realmente não dará conta de tudo. Talvez esqueça um presente ou não consiga honrar com uma tarefa que havia estipulado. E está tudo bem. Você só tem 24 horas, então pegue leve com você mesma. Não exija tanto assim de você e mantenha o foco no que é realmente importante: estar com as pessoas que você ama e que lhe fazem bem. Aceite que existem coisas que podem muito bem ficar para o ano que vem. Quem realmente gosta de você irá aceitar isso numa boa.

7. Não descuide da hora do repouso

É fácil cair na armadilha de dormir pouco no final do ano. Só que isso irá interferir diretamente em sua qualidade de vida e níveis de estresse. Arranje tempo para descansar. Então dê uma dormidinha em qualquer momento que conseguir.

8. Antes de surtar, pense em tudo de bacana que aconteceu no seu ano

Tão importante quanto definir as prioridades e metas para o próximo ano é valorizar as conquistas que ocorreram no ano que passou. Isso dá a sensação de reconhecimento e vai dar ânimo e motivação para os próximos projetos  que você quer por em prática, especialmente quando você estiver em um momento crítico. Agradeça as mínimas conquistas e valorize inclusive os erros que trouxeram o aprendizado que você precisou naquele momento.

Leia mais
:: Perguntas que você precisa se fazer para não desperdiçar seu tempo
:: Fim de ano saudável: 10 dicas para ter uma ceia mais leve
:: Sem erro: dicas de looks para usar nas festas de fim de ano do trabalho

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna