“Foi a maçaneta da porta”: como uma mensagem misteriosa mobiliza famosas nas redes sociais em campanha contra a violência doméstica

Primeiro, foi Preta Gil. Depois, Marjorie Estiano, Luiza Possi, Deborah Secco e Bela Gil postaram em seus perfis do Facebook  mensagens que deixaram muito gente sem entender nada. Olha só:

pretagil

marjo[1

luiza

deb

bela

Ficou com a pulga atrás da orelha? Bem, a ideia era exatamente para despertar a curiosidade das pessoas. Quem clicou no histórico de edições do post matou a charada: trata-se de uma campanha que alerta sobre a violência contra a mulher.

preta2
Intitulada Curiosidade Salva, a campanha busca incentivar que qualquer um denuncie caso suspeite de que uma mulher está sendo vítima de violência dentro da própria casa – e que, por medo, acaba não não fazendo sozinha. Nas postagens das celebs, o que se viu foi – além de muita gente sem entender direito à primeira vista – apoio à causa e até relatos de vítimas que buscaram ajuda. Veja:

coment1

coment3

coment2

 

Veja também
:: Pesquisa revela que 96% dos jovens acreditam que ainda há machismo no Brasil
:: Emma Watson lança ação a favor do feminismo e sofre ameaças por discurso

:: Lei do Feminicídio: Câmara aprova projeto que torna assassinato de mulher crime hediondo

O resultado de iniciativas assim tem sido refletido no aumento do número de denúncias recebidas pelo Ligue 180. Conduzida pela Secretaria de Políticas para as Mulheres, da Presidência da República, uma pesquisa mostra que a ouvidoria recebeu, em média, 84 ligações por hora. Nos seis primeiros meses de 2015, a Central de Atendimento à Mulher contabilizou mais de 360 mil ligações – no ano passado, o número total foi de 480 mil.

Vale lembrar que, de acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), uma em cada três mulheres no mundo já sofreu violência física ou sexual e cerca de 120 milhões de meninas já foram submetidas a sexo forçado.

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna