Modelo responde agências que a recusaram por ser “muito grande”

Há quem acredite que a pressão das agências em cima de modelos para que elas percam peso estava diminuindo, mas não é o que tem acontecido com a modelo sueca Agnes Hedengård, 19 anos. Há poucos dias, ela publicou um vídeo questionando as agências que negaram seu trabalho com a justificativa de que ela está “muito grande” – e eles não estavam se referindo a sua altura, não. No entanto, a jovem afirma que seu IMC (índice de massa corporal) é 17,5, quando o padrão considerado saudável para alguém do tamanho dela estaria entre 18,5 e 24,9.  Até a publicação desta matéria, o vídeo possui mais de dois milhões de visualizações.

:: Plus size não importa? Designers se negam a criar vestido para Melissa McCarthy usar no Oscar
:: Foto de mãe mostrando cicatriz de cesárea e recém-nascido divide opiniões

No vídeo, a modelo, natural de Arvika, no sudeste da Suécia, revelou que está tendo dificuldades para conseguir um trabalho por estar acima do padrão considerado pelas agências e seu clientes, o que a forçou a deixar a modelagem em tempo integral. Modelo há cinco anos, ela conta isto no vídeo publicado em sua conta, no qual ela aparece em frente a um espelho apenas roupa íntima.

– Eu não tenho mais nenhum trabalho porque a indústria pensa que eu sou muito grande. Eles pensam que isto é muito grande. Eles acham que minha bunda é muito grande, e eles pensa que meus quadris são muito largos – diz, enquanto aponta para o próprio corpo.

Ela ainda acrescenta que de acordo com a indústria da moda “não ser mais sempre mais magro”.

– Eu tenho entrado em contato com grandes agências e clientes que realmente querem trabalhar comigo, mas assim que eles conhecem minhas medidas, a história toda muda – acrescenta.

Leia mais
Comente

Hot no Donna